twitter
RSS

Dançando sobre cacos de vidro - Ka Hancock

>> segunda-feira, 23 de setembro de 2013



E enquanto eu contemplava meu marido trêmulo, percebi como as palavras do médico haviam sido proféticas. Puxei Mickey para mim e seus braços me envolveram. Qual era o plano de Deus?
Pág. 249



Antes de tudo: você irá precisar de lencinhos de papel. Ka Hancock começou muito bem! Seu livro de estreia é incrível e super emocionante. A escrita lembra um pouco a de Seré Prince (O maior amor do mundo), posso até dizer que também parece com da Hannah Kristin, porém a escrita da Hannah é mais forte e desestabiliza o leitor. Já de Ka Hancock, apesar de ser emocionante e fazer o leitor chorar, ela é mais seca, enxuta nos sentimentos. De qualquer forma, essas três autoras citadas são fenomenais e vale a pena pesquisar e ler seus livros.

Lucy Houston tem um histórico familiar complicado, sua mãe faleceu de câncer, sua irmã mais velha teve câncer, mas se curou e ela própria quase morreu ao tratar de um câncer. Mas irá fazer cinco anos que não apareceu mais nada e mais um pouco e ela poderá comemorar essa vitória. O câncer é uma doença terrível e atinge não só Lucy, mas toda sua família. Estar doente e à beira da morte devastou seu marido. Mas isso são águas passadas, Lucy agora está bem.

Mickey Chandler, marido de Lucy, tem outro histórico familiar complicado. Ele herdou a doença mental da mãe, ele tem transtorno bipolar. E apesar de ser uma doença mental e por vezes precisar se internar na ala psiquiátrica do hospital, na maioria das vezes ele está bem. Basta tomar religiosamente seus medicamentos e ficar atento a qualquer sinal de mudança em seu humor. No princípio, quando conheceu Lucy, tentou fugir dela e do amor. Ele é instável, mentalmente desequilibrado e não queria que ela estivesse perto quando ele tivesse surtos psicóticos. Mas Lucy foi persistente e não aceitou não como resposta. E assim eles se casaram.

Para o casamento dar certo, Mickey e Lucy impuseram regras, como: aceitar a doença de Mickey e entender que as variações de humor não são culpa dele e o principal: jamais ter filhos e passar a herança genética pra eles. Por isso, aos 27 anos Lucy fez uma histerectomia.

O tempo passa, Mickey e Lucy irão comemorar 11 anos de casamento, mas Mickey está internado. Ele teve um forte surto e ainda não teve alta. Lucy acabou de voltar de uma consulta com sua médica e se tudo der certo, serão cinco anos sem câncer. Mas o que ninguém esperava era... Lucy estava grávida! Isso mesmo, não se sabe se foi o destino, Deus ou ambos, o fato era que as trompas de Lucy se religaram e um espermatozoide esperto conseguiu ultrapassar o estreito canal e o improvável aconteceu: Lucy estava grávida.

A partir daqui que a história fica emocionante e complicada. Uma mãe que faz exames religiosamente à espera que o câncer volte, um pai com problema mental que de vez em quando surta e precisa ser internado. Como esse bebê viverá com pais assim? E se esse bebê herdar os genes defeituosos dos pais? E se... São várias as variáveis e tanto Lucy quanto Mickey precisam tomar uma solução quanto a isso.

Enredo marcante, personagens fortes. Ka Hancock escreveu um grande livro. Não vou falar mais do que isso, por que seria spoiler, mas garanto: você, caro leitor, irá se emocionar. A partir da gravidez de Lucy, a autora brinca de parque de diversões e você será jogado diretamente na montanha-russa. Prepare-se. Sou suspeita para falar, porque adoro ‘livros de chorar’. Eu gosto do fato que um autor conseguiu, através das palavras, mexer com meus sentimentos ao ponto de me fazer chorar. Esse poder é impressionante. Há pouco tempo li uma frase sobre isso, algo como: quando a leitura é muito boa e te prende, você não é apenas um leitor lendo sobre um personagem, você é o próprio personagem e sofre (ou ri) no lugar dele. Dançando sobre cacos de vidro (Arqueiro, 336 páginas, R$ 29,90) é isso! Recomendo.

Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL