twitter
RSS

Cair das trevas - Cate Tiernan

>> quarta-feira, 18 de setembro de 2013



Essa é uma das continuações que mais esperei esse ano. Eu simplesmente amei Amada Imortal e precisava desesperadamente da continuação pra saber o que aconteceria entre a Nasty e o deus Viking com quem ela nutria uma ligação mais do que química, mágica e super poderosa. Mas preciso confessar que eu esperava muito mais.

Não me entendam mal, o livro ainda é muito bom, mas caiu um pouco no meu conceito.  Acho que a autora se focou demais na Nasty e no que ela estava pensando e deixou a ação para o final da história.

- Se um imortal mata outro, ele pode tirar a força vital das vítimas e acrescentar a seu próprio poder - prosseguiu River. - Além disso, é uma pessoa a menos para tentar matá-lo.
Pág. 13

Em Cair das trevas (Galera Record, 252 páginas, R$ 30,00), Nasty está há dois meses na casa de River, que funciona como uma escola para imortais aprenderem o real significado da vida, e ela já aprendeu algumas coisas, com por exemplo, o fato de que alguns imortais com menos de 400 anos podem possuir irmãos e quando se tem mais idade mais difícil fica; já que nas eras antigas, a luta pelo poder das famílias era uma luta de sangue e vencia quem era o melhor para levar o nome da família adiante.

Como vimos no livro anterior, a família de Nasty foi dizimada por que era uma das mais poderosas e só ela sobreviveu e depois de 441 anos fugindo e mudando sua vida; ela acabou se deparando com um dos homens que ajudou a matar toda sua família. E por quem tinha uma queda gigantesca.

Ele franziu a testa, e é claro que ficou mais bonito ainda. Reyn não era um garoto bonito; suas feições eram angulares, seu maxilar distinto, sua boca, rígida. Seu nariz era um pouco torto e tinha um calombo na parte de cima, por ter sido quebrado sabe-se lá quantas vezes. E ele tinha se vestido para me impressionar tanto quanto eu fizera: jeans que ainda tinham feno preso na bainha, botas surradas e uma camisa de flanela tão velha que o colarinho estava prestes a cair.
Eu queria comê-lo vivo.
Esquece que falei isso. Choque atrasado.
Pág. 21

A escrita continua bem humorada e tem horas que eu realmente caí na gargalhada. Outras vezes, a coisa ficou tão séria que eu comecei a refletir momentos da minha vida e a pensar no que eu poderia fazer para ser melhor, ser diferente. É, esse livro pode mexer com a gente, rs.

Só que nem tudo é rosa no universo de Nastasya e ela começa a ter pesadelos com seu antigo melhor amigo e as coisas começam a desandar pra ela. Feitiços leves e simples saem do controle, ela perde o emprego e várias coisas estranhas começam a acontecer quando ela está presente. Essas coisas a impressionam e chateiam tanto que ela foge da casa de River e adivinhem quem ela encontra no meio do caminho lindo e pronto para salvá-la? Engana-se quem pensou no gostoso do Reyn, mas nada menos que Incy, seu pesadelo em forma de gente e pasmem, ela vai com ele.

Se não deu pra perceber eu odiei essa parte, até eu que sou mais ingênua percebi que tinham coisas muito erradas com esse amiguinho dela . Mas ela dá uma de besta e começa a fazer várias coisas odiosas com sua turminha novamente e a coisa vai de mal a pior. Pra saber o que acontece, vão ter que ler o livro. O final me dividiu muito e espero que o terceiro seja melhor. Se bem que com tudo o que aconteceu nesse... só posso esperar coisas boas. Pensamento positivo e até lá! 

Série Amada imortal:
1. Amada imortal
2. Cair das trevas
3. Eternally Yours

TRACY ANNY
 
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL