twitter
RSS

Série Vida & Paixão - Maya Banks

>> sexta-feira, 7 de junho de 2013

Maya Banks é incrível, não importa se é livro de banca ou livraria. É tudo livro! Não sei porque tanta gente mete pau em livro de banca. A exemplo da Maya Banks, não importa se o livro sai em versão banca ou livraria, a qualidade da escrita é a mesma!!! Claro, a história vai de acordo com o selo, se for num selo hot, a história será hot, se for num selo de romance terá mais romance, mas o sexo tá lá presente. Se for publicar numa série com 200 páginas, a história será mais curta... mas, repito, a qualidade de escrita é a mesma! E a Maya Banks arrasa nessa série Vida&Paixão. Ela conta que tem um carinho especial pela Harlequin Books porque, desde que ela era menina, essa editora já a encantava com as histórias publicadas, que ela costumava ler e eram suas favoritas.

A série Vida&Paixão é composta por quatro histórias, publicadas em dois livros, na série Desejo dueto (ou seja, duas histórias em cada livro). E as histórias tem algo em comum: os quatro personagens masculinos são amigos e sócios, ricos e verdadeiros canalhas. Já as mocinhas têm em comum: se apaixonar pelos trogloditas, sofrerem e chorarem muito, ficarem grávidas e enfim se reerguerem. Todos os personagens são fortes e determinados. Claro, uns doces, outros não, mas no fim todos têm o mesmo objetivo. Afinal, todo mundo procura o tal felizes para sempre.

Maya Banks conta que se emocionou escrevendo essa série e eu quero dizer a ela: Ah, Maya, eu é que me diverti e me emocionei lendo. Obrigada! 




Observando a mulher aninhada aos seus braços com tanta segurança, alguma coisa o abalou. Um anseio que não conhecia e que, se tivesse sentido antes, o teria horrorizado... deveria horrorizá-lo. Descobriu desejando poder se lembrar de todas as coisas que ela descrevera, porque, de repente, pareciam atraentes demais. E, se aquilo não o apavorava, deveria.
Pág. 51

Acho que esse é o personagem mais canalha da série, a sorte é que Rafael perde a memória e assim Bryony tem alguma chance com ele. E sabe qual a pior parte? Ela está grávida dele e ele lhe diz que é impossível já que ela nem mesmo faz o tipo dele. Imagine ouvir isso? É o mesmo que um tapa na cara. Mas, por Bryony ser tão direta e objetiva, Rafael acaba acreditando nela e topa voltar para a ilha onde se conheceram, para ver se a memória dele retorna. E quando ela retorna... É como se eles fossem atropelados por uma retroescavadeira. A verdade é dolorosa e para reconquistá-la ele precisará exagerar. Dar tudo de si ou desistir. E essa será a máxima das histórias seguintes. Eles precisarão ir fundo. Se ajoelhar, arrastar... 

Maya Banks arrasou com os rapazes! As mocinhas vão se sentir satisfeitas.


Nunca mais queria vê-lo. Nunca mais permitiria que outra pessoa tivesse o poder de feri-la tanto quanto ele. As mãos foram automaticamente para o ventre e o roçaram com gentileza sem saber quem queria confortar, seu bebê ou a si mesma.
Pág. 173

Eu disse que Rafael era o mais canalha, né? Pensando bem Ryan não fica atrás. Sua noiva invadiu seu escritório chorando e toda machucada, contando que o irmão dele tentou violentá-la. Mas Ryan acreditou? Não! O irmão havia ligado dizendo que ela o havia seduzido e que depois disse que contaria uma mentira para ele. E o que Ryan fez? Acreditou no irmão, fez um polpudo cheque para ela, a chamou de prostituta e a mandou embora. Ela ajoelhou, implorou, mas ele nem quis saber. Só que ele não a esqueceu, porque ela nunca descontou o cheque. Contrata um detetive particular e a acha, grávida e passando necessidade.

Maya disse que escreveu essa história com um nó na garganta. A história é repleta de angústia e mágoa; os personagens precisam vencer obstáculos difíceis para seguir em frente.




- Não chorar? O que diabos você sugere que eu faça? Como você pôde fazer isso? Como meu pai pôde? Diga, Devon, qual foi o preço que ele deu ao meu futuro?
Pág. 63

Estou indecisa... Depois que vocês lerem a história a seguir, ficará difícil descobrir qual é o pior dos amigos. Que homem iria se casar com uma doce menina por dinheiro e poder? Eu respondo: Devon Carter. E pior que Kelly é tão doce (estilo à personagem de “Como perder um homem em 10 dias”, mas à namorada grudenta que ela finge ser), ele liga durante o expediente dele para dizer que o ama, mudou o toque de celular dele para ele saber quando é ela quem liga. Mas ele gostou? Não! Ele disse que estava cansado de uma menina boba, que era hora dela crescer. E então ela descobre a verdade sobre o casamento e descobre a gravidez.

Essa é uma das heroínas preferidas que a Maya já escreveu, porque Kelly tenta mudar por amor, mas depois ela percebe que ela não precisa mudar, por que o homem que se apaixonar verdadeiramente por ela irá aceitá-la como é, impulsiva e generosa.


- Estou péssima, mas a culpa é só minha. Aceitei tudo isso já sabendo como seria. Só estou frustrada e de coração partido. Vou confrontá-lo, Ash. É idiotice, mas preciso fazer isso.
Pág. 265

Cameron Hollingsworth é o amigo mais rabugento. Ele não gosta de quase ninguém. E seus relacionamentos são de uma noite apenas. Ele conheceu Pippa por ser muito amiga de Kelly (esposa de Devon) e o olhar dela é fogo puro. E ele quer se queimar, a convida para uma noite de muito sexo, mas ele avisa: pela manhã, ela precisará se vestir, ir embora e nunca ligar para ele. E ela faz o prometido. Só que uma das camisinhas de Cam rasgou e ele preciou ligar para ela, para contar e ver o que resolveriam.

Essa foi a história mais triste para mim. Cam já foi casado; perdeu a esposa e o filho num acidente. A gravidez de Pippa é como recordar tudo novamente e ele está ficando louco. Louco de preocupação pela segurança dela e do bebê e louco pelo que está sentindo. Ele não quer amá-la, nem ao bebê, porque perder as pessoas que ama dói muito e ele ainda está devastado e não quer ter que passar por tudo de novo.

Sofre Cam. Sofre Pippa. E sofre o leitor. É muita emoção para uma só história e Maya Banks fechou a série com chave de ouro. E ela deixa um recado: 

A mensagem que deixo para você, leitora, é para que seja exatamente como Pippa. Para que jamais se contente com menos e não tenha medo de ir buscar o que quer”.

Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL