twitter
RSS

Loucamente Sua - Rachel Gibson

>> sexta-feira, 14 de setembro de 2012



Ele era mais alto do que ela se lembrava.
Seu peito era mais largo. Seus músculos maiores.
A última vez que ficou tão perto dele,
ele bagunçou sua vida e a mudou para sempre.
Ela pensou que ele fosse um cavaleiro de
armadura brilhante, dirigindo um Mustang ligeiramente surrado.
Mas estava errada.
Pág. 38

Bem-vindo a Idaho. Terra das batatas e dos shows pirotécnicos.

Nick Allegrezza era um bastardo. Seu pai teve um caso de uma noite com sua mãe e nunca assumiu a paternidade. Seu pai, Henry, era prefeito de Troly  – cidade do estado de Idaho  –  e assumir a paternidade do filho de uma mulher basca era inadmissível. Nick cresceu na pobreza enquanto via seu pai, sua nova esposa e enteada desfilando na riqueza. Delaney – enteada de seu pai – parecia uma princesa, uma autêntica ‘filhinha do papai’, nariz empinado e intocável. Ele a odiava por tudo que ele não era e não tinha.

Delaney Shaw era criança quando sua mãe se casou com o morador mais rico de Truly. E desde essa época foi orientada a ficar afastada de Nick, mas ele a odiava e sempre encontrava motivos para provocá-la e a fazer chorar. Vivia em guerra com ele até o dia em que ela se rebelou com os pais e foi para uma praia deserta em seu carro. Nick era lindo e proibido. E tudo que ela queria no momento.

Algo aconteceu naquele dia. Delaney foi embora de Truly. Nick fica e tem de enfrentar a revolta da população.

Dez anos se passam.

Henry Shaw – pai de Nick – é um egocêntrico, ou como diria as escritoras de romances de banca: um típico porco chauvinista. Ele está com câncer e tem poucos meses de vida. Ele quer algo, e esse algo só Nick pode lhe dar... mas Nick o odeia, então só lhe sobra uma alternativa. Ele faz um testamento, no mínimo maluco, e se mata!

Para receber sua parte na Herança, Delaney precisa retornar à Truly e permanecer na cidade por um ano; caso ela não cumpra os termos, sua parte irá para Nick. Nick receberá uns terrenos, mas também tem uma condição: não poderá fazer sexo com Delaney.

- Você tem dúvidas, Nick? – Max perguntou.
- Sim. Uma trepada constitui uma relação sexual?
...
- Você – ela disse levantando o queixo e olhando para ele como se fosse algo que ela precisava desgrudar da sola de seu sapato – é mal.
- E sexo oral? – Nick perguntou, olhando fixamente para Delaney.
Pág. 57

Não é como se eles quisessem, mas tudo que é proibido fica mais atraente e irresistível. Loucamente Sua, de Rachel Gibson (Jardim dos Livros, 344 páginas, R$ 24,90) é um romance delicioso daqueles que tem a receita perfeita: dois personagens complemente opostos, geniosos e orgulhosos; cada um com seus problemas e fantasmas a enfrentar; a história é toda trabalhada na tensão sexual, você consegue ver as faíscas saindo sempre que eles se encontram e fica apenas esperando os fogos explodirem.

Ela ficou com o que você deveria ter. E porque eu achava que você a odiasse. Mas você não a odiava. Você furava aqueles pneus porque queria acompanhá-la até em casa. Você disse que a acompanhava para que Henry o visse e ficasse nervoso, mas era mentira. Você disse que tinha tesão por ela. Você tinha um tesão por Delaney Shaw desde que seu pinto aprendeu a ficar ereto, e todos sabem que você pensa com o seu pau.
Pág. 194
 
O ritmo de Rachel é rápido e intenso, você só larga quando a história acaba. Ela consegue dissecar os sentimentos com maestria, ora você fica a favor de Nick ora a favor de Delaney e sempre torcendo para eles se acertarem.

Notei uma pequena falha no enredo, Henry sempre quis ter outros filhos mas, devido a uma contagem baixa de espermas, não teve. Por isso, depois de anos rechaçando Nick ele fez o que fez, já que Nick não aceitou ser registrado quando Henry descobriu que tinha câncer. Se durante mais de vinte anos ele não conseguiu engravidar a mãe de Delaney, como numa única noite engravidou a mãe de Nick? Deve ter sido milagre divino, rs.

Ah, uma informação: Soube que a Geração Editorial comprou a Jardim dos Livros e ‘herdou’ as bombas os livros Sempre ao seu lado e Sem clima para o amor, que foram lançados com erros graves de revisão e tradução. Loucamente Sua não possui erros de revisão, para a alegria do leitor! Só achei estranho uma coisa: as notas de rodapé. Por exemplo, na página 63 tem nota para “arma de choque”. Acho que poderíamos ficar sem essa em particular.

Loucamente Sua é um livro sobre desejo, esperança, sobre não seguir regras e perseguir seus sonhos, mas sobretudo é um livro sobre amor. As páginas finais são emocionantes e é impossível não suspirar na última página! Recomendo.
 
Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL