twitter
RSS

Prazeres da Noite - Sherrilyn Kenyon

>> quinta-feira, 23 de agosto de 2012





 O Sr. Bonitão “Me Agarre” é um vampiro!
Pág. 37


A alma dele rugiu. E foi tão alto que os deuses ouviram. Ártemis resolveu propor um acordo: ela lhe daria a vingança desejada, mas sua alma lhe pertenceria. Ele seria um Dark Hunter (Caçador Negro) e seria imortal. Viveria na escuridão para caçar aqueles que caçam os humanos. Mas não amaria, não constituiria família. Essa seria sua sina, o pagamento da vingança. Apaixonado, Kyrian da Trácia, bonito, rico, àquele pela qual as Parcas (as malditas Parcas, como ele as chama) sorriam, renunciou ao seu reinado, foi banido da sua terra, deserdado pelos pais, foi responsável pelo suicídio do pai e pela invasão dos inimigos... tudo por causa de uma mulher, tudo por amor. Até descobrir que tudo foi em vão, sua mulher forrava a cama para deitar com o inimigo. Amargurada, sua alma clamava por justiça.

Dois mil anos depois.

Kyrian (melhor amigo de Julian da Macedônia) praticamente perdeu toda sua humanidade, ou assim ele achava, dois mil anos sem amor, sem carinho, apenas perseguindo vampiros e demônios que colocam a vida humana em perigo. Num desses dias, é aprisionado e acorda ao lado de uma bela mulher, Amanda Devereaux, que vem de uma excêntrica e numerosa família que possui dons sobrenaturais, sua irmã gêmea caçava vampiros, outra lançava feitiços e fazia poções, uma era bruxa,... Amanda estava cansada de toda essa coisa paranormal em sua vida, ficava afastada de tudo, tanto quanto era permitido, mas caiu justamente nas garras de Kyrian, um imortal poderoso.

Juntos, eles precisam derrotar um poderoso demônio, como nunca antes visto em toda a história da humanidade. Eles precisam ir à caça ao mesmo tempo em que estão sendo caçados. Amanda tem um coração puro, é do dia e das coisas simples. Kyrian é da noite, marcado por profundas cicatrizes, tanto no corpo quanto na alma. Eles não poderiam ser mais diferentes e ao mesmo tempo se completarem, como dois lados de uma mesma moeda. Ela quer família e filhos. Ele só tem a eternidade, sem esperança.

Prazeres da Noite, de Sherrilyn Kenyon (Novo Século, 352 páginas, R$ 39,90), conseguiu superar com maestria, a introdução da série Dark Hunter, Amante da Fantasia. Aliando passado e presente, passando pela mitologia grega até a modernidade com seus super carros e tecnologias, a série é um deleite para os fãs de romances, seja histórico ou contemporâneo.

Kyrian foi torturado durante um mês inteiro, teve todos os ossos quebrados, os dedos arrancados, e agonizou calado, por amor. Porém, quando viu sua própria esposa dando prazer ao inimigo, escolheu morrer. Sua alma escureceu e seu coração partiu. Ele prometeu nunca mais deixar uma mulher lhe dominar.  Amanda precisa provar que seu amor é puro e genuíno, ela precisa sarar a cicatriz, fazer sua alma resplandecer e seu coração bater. Não é fácil, e isso faz a história ficar empolgante. Kyrian é sombrio, mal humorado, sarcástico e despudorado! Amanda não fica atrás. Aliás, não sei qual, dentre todos os personagens presentes, ganha no quesito sarcasmo. As tiradas são ótimas, dão todo um vigor à trama.

Seu olhar voltou aos dela tão rápido que fez com que ela arquejasse. – E para responder a pergunta que você tem tanto medo de fazer, tudo que você tem a fazer é mover seu braço e você saberá.
- Saberei o quê?
- Se eu sou tão apetitoso sem a toalha quanto com ela.
Seu rosto ficou em brasa pela maneira que ele usou as palavras dela para descrever o que ela tinha tanto medo de pensar.
Antes que ela pudesse mover, ela a soltou e deixou cair a toalha, presa ao bracelete dela.
Pág. 88-89

Todos os personagens são marcantes e bem construídos. A química sexual se vê presente logo nas primeiras páginas. E é intensa. Prepare-se para muita ação e emoção. Você vai rir, vai ficar com os olhos marejados e vai querer mais!

Uma observação: tal qual o volume anterior, o personagem é loiro com cabelos compridos e o modelo da capa não condiz com a descrição dele.

A ordem da série é um pouco confusa, mas segundo a ordem do Fantastic Fiction (a que utilizo abaixo), entre Amante da Fantasia e Prazeres da Noite, foi lançado um conto intitulado Dragonswan. Essa história é super interessante. Uma admiradora da história, e antiguidade, estuda uma tapeçaria com dragões estampados, mal sabendo ela que conheceria seu próprio homem-dragão e seria transportada no tempo. Seu amor o transformaria, mas ela precisaria escolher, sozinha no seu tempo ou ao lado dele sem as tecnologias que tanto amava?

Nesse conto se vê presente o estilo da escrita da Kenyon, mas falta enredo, um maior detalhamento da história, justamente por isso foi publicado como conto e deixa a desejar - um pouco - em relação às histórias principais.

Se aventure nessa série! Recomendo.


Saga Dark Hunter:

1    Amante da Fantasia   
2    "Dragonswan"(ss)   
3    Night Pleasures       
4    Night Embrace       
5    "Phantom Lover"(ss)       
6    Dance With The Devil       
7    Kiss of the Night       
8    Night Play       
9    "Winter Born"(ss)       
10    Seize the Night       
11    Sins of the Night       
12    Second Chances       
13    Unleash the Night       
14    Dark Side of the Moon       
15    "Until Death Do Us Part"(ss)       
16    "A Hard Day's Night-Searcher"(ss)       
17    Devil May Cry       
18    Acheron       
19    One Silent Night       
20    Bad Moon Rising       
21    No Mercy       
22    Retribution       
23    Time Untime
The Dark-Hunter Companion

ss = short story 
Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL