twitter
RSS

Amante da Fantasia - Sherrilyn Kenyon

>> terça-feira, 24 de janeiro de 2012




Cerrando os dentes, ela sentiu lágrimas nos olhos. 
Nesse instante, soube que nunca poderia deixá-lo voltar para aquele livro. 
Nunca.
Pág. 157



Lembram da polêmica sobre a capa? Acho que consegui entender o porquê a Novo Século optou por mudar, depois da votação. Como eu disse, acho... é uma suposição. Logo no prólogo tem a seguinte descrição “com pele e cabelos dourados” e no capítulo 3 “os cabelos dourados caiam livremente em ondas ao redor de uma face com a barba bem feita” (pág. 33). Obviamente as características fenotípicas visíveis de Julian da Macedônia não correspondem com o modelo da capa. Talvez isso tenha influenciado a editora a optar por aquela capa com estátuas, até porque no capítulo 1 diz “O homem retratado era muito atraente, e a imagem, chocante nos detalhes. Se não fossem as profundas marcas do desenho da página, ela juraria que se tratava de uma fotografia de alguma estatua grega antiga” (pág. 15). Mas teve todo um burburinho e a editora voltou com o modelo escolhido por votação. Bemmmmm, cabelo igual ou não, o modelo da capa é um gostoso, e de certa forma lembra Julian.

Julian, um semideus, ignorado pela mãe e pelo pai, desde cedo aprendeu que ele não poderia contar com ninguém. Ainda criança, aprendeu duramente a seguir seus instintos e não confiar em ninguém, mas cansado da solidão ousou ter um amigo. O amigo possuía uma família carinhosa e uma namorada por quem era completamente apaixonado. Julian, aplacado pela inveja, desejou ter o que era de seu amigo, e pediu para que cupido rogasse uma flecha no casal. O amigo a esqueceria e ela se apaixonaria por Julian. Só que, alguém descobriu e deu água do Poço da Memória para eles. Revoltados, Jasão e Penélope foram confrontar Julian. Jasão morreu e, revoltada, Penélope tirou tudo que Julian mais amava: matou seus filhos e suicidou.

Com a praga dos deuses, Julian foi amaldiçoado. Ele vagaria, durante toda a eternidade e além, a ser um escravo sexual. Ele viveria sob um livro e quando evocado seria escravo sexual da mulher durante 1 mês. Ele daria prazer absoluto a ela... mas ele, nem um orgasmo seria permitido e quanto mais prazer sentisse, mais dor sentiria. Essa era sua maldição. 
Os deuses não me concedem nem mesmo a insanidade, para que eu escape dessas memórias. Não me permitem nem mesmo esse conforto.
Pág. 173

Dois mil anos depois.


Grace, terapeuta sexual, e frustrada sexualmente, precisava transar. Mas depois de ser ‘maltratada’ por um homem, ela queria se guardar para alguém que valesse a pena e realmente a amasse. Porém, sua amiga Selena achava que quatro anos de celibato era uma tortura e a presenteia com o livro de Julian da Macedônia. Mesmo sem acreditar em magia, contos de fadas ou qualquer coisa similar, Grace invoca Julian. Invoca três vezes.

Imagine um deus grego nu em pelo na sua frente? Grace quase teve um ataque apoplético. Julian era tudo de bom e mais um pouco, porém ela se recusava a ser um brinquedo nas mãos de um escravo sexual e já que ele seria dela por 1 mês que, então, fossem amigos.

Julian, de cara, estranhou a situação... ele nunca fora rejeitado e nenhuma mulher nunca o tratou como um humano, como um homem de verdade. A vida de Grace e Julian mudaria daí para frente.
Julian hesitou, sendo inundado por dois mil anos de memórias reprimidas. Viu-se como o respeitado líder que fora. O herói da Macedônia. O homem que fizera legiões inteiras de romanos se renderem assim que reconheceram seu estandarte. E
E então viu no que tinha se transformado. Uma concha vazia. Um animal de estimação cobiçado, à disposição de quem o evocava.
Por dois mil anos, vivera sem emoções, sem pronunciar mais do que algumas palavras. Entrara no modo sobrevivência, e nele se perdera.
Até que Grace o alcançasse e descobrisse seu lado humano...
Pág. 279

A convivência entre os dois é fantástica. Julian descobrindo as maravilhas do mundo moderno. Grace tentando fugir das investidas de Julian. A história é uma delícia. E como todo personagem que se preze, é claro que Grace quer quebrar a maldição de Julian... e isso envolve algo com abstinência de sexo entre eles, loucura pela falta... Mas, quem disse que, enquanto não podem transar, eles não podem fazer outras coisinhas? rs

Só de maldade não vou colocar nenhuma citação hot! =p

Amante da Fantasia, de Sherrilyn Kenyon (Novo Século, 336 páginas, R$ 39,90),  é  maravilhoso. Julian é aquele tipo de homem com o qual sonhamos. O tipo dos contos de fadas e como se ainda não bastasse, aprendeu alguma coisa durante os milênios e tem um senso de humor apurado. Garanto que você irá chorar com a história, de uma maneira ou outra. Amante da Fantasia é emocionante e eu rezava para a leitura demorar bastante. Não queria me desapegar dele :( Mal posso esperar para ler o próximo volume da série!  E vocês precisam ler, também !!!

Preciso avisar: essa série é enorme! Mas a Série Mortal da Nora Roberts também, e nem por isso queremos ficar longe de Roarke e Eve! E essa série também tem seu próprio Guia/Manual.


Saga Dark Hunter:

1    Amante da Fantasia   
2    "Dragonswan"(ss)   
3    Night Pleasures       
4    Night Embrace       
5    "Phantom Lover"(ss)       
6    Dance With The Devil       
7    Kiss of the Night       
8    Night Play       
9    "Winter Born"(ss)       
10    Seize the Night       
11    Sins of the Night       
12    Second Chances       
13    Unleash the Night       
14    Dark Side of the Moon       
15    "Until Death Do Us Part"(ss)       
16    "A Hard Day's Night-Searcher"(ss)       
17    Devil May Cry       
18    Acheron       
19    One Silent Night       
20    Bad Moon Rising       
21    No Mercy       
22    Retribution       
23    Time Untime
The Dark-Hunter Companion

ss = short story

 Photobucket

PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL