twitter
RSS

Te amo Te odeio Sinto tua falta - Elizabeth Scott

>> segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

 
 
 
Deus! Veja o que você fez comigo.
Veja em que me transformou.
Não sei por que você...
Patrick estava certo, J. Eu me odeio.
Mas odeio você também.
Pág. 150


Amy está saindo da reabilitação. Setenta e cinco dias se tratando do vício das bebidas, drogas, entre outras coisas. Por causa dela, sua melhor amiga morreu. Amy precisa ter responsabilidade. Amy é adolescente.

Te amo Te odeio Sinto tua falta, de Elizabeth Scott (Underworld, 180 páginas, R$ 39,90), é escrito em forma de diário. Um diário pelo qual Amy conversa com sua melhor amiga Julia, que morreu num acidente de carro, enquanto dirigia sob efeito de ácidos. Julia, também, era uma adolescente.

- Quando eu bebia eu me divertia. Eu sentia tudo divertido. Quando bebia, não pensava em meus pais assinando meu boletim cheio de notas máximas com um rápido “bom trabalho” antes de saírem juntos para mais um jantar romântico. Não se preocupava por ser a única pessoa que ria de uma piada que um perdedor fazia na sala de aula. Não me preocupava com nada, e eu e J assistíamos à televisão e ríamos de tudo.
Pág. 58

O diário retrata o regresso de Amy na sociedade, ter que voltar ao colégio, onde todos sabiam o que tinha lhe acontecido. O afastamento dos amigos. A rejeição dos pais dos amigos, que a achavam uma péssima influência.

O convívio com os pais. Amy não estava preparada para isso. Dias de terapia não a preparam para conviver com a dor da perda e rejeição.

De maneira simples e natural, Scott vai descascando, pouco a pouco, a vida de Amy. Ela tem de aprender a lidar com as conseqüências. Aprender que toda ação tem uma reação, então se fizer uma má ação ela retornará com mais força.

Mas nem tudo é triste. À medida que Amy vai amadurecendo nesse ano, conhece pessoas que acreditam nela e que lhe darão forças para continuar.

Li, da mesma autora, Menina Morta-Viva, e fiquei impressionada com a escrita da Scott. Ela consegue falar de temas pesados de maneira tão verdadeira que é impossível não se abalar com a história.Te amo Te odeio Sinto tua falta é tocante. 
 
Apesar de ser uma história curta - 180 páginas -, Scott nos apresenta um relato vívido sobre a dor, a culpa e a tentativa de um novo recomeço. Além de tudo, é uma história sobre cura e aprendizagem. Leia! :D


Photobucket

PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL