twitter
RSS

Se eu morrer antes de você - Allison Brennan

>> segunda-feira, 12 de dezembro de 2011


Lucy Kincaid precisa ser treinada. Preciso domá-la.
Ela é o problema. Eu sou a solução
Pág. 382
Lucy Kincaid foi seqüestrada e estuprada durante dois dias por vários homens e tudo que lhe acontecia eram filmado e divulgado na internet. Os usuários que pagavam para ver seu desespero é quem escolhia o que e como fariam com ela. Até sua morte.

Mas Lucy não morreu. De uma família de mercenários, agentes do FBI, Lucy conseguiu ser resgatada ainda com vida.

Seis anos se passaram. Ela tenta viver a vida sem medos, mas o medo de ser seguida, ainda a assombra. Mas ela é corajosa e decidida, fez cursos de defesa pessoal, se engajou na luta por mulheres que sofreram abusos e agora está determinada a dar um fim aos maníacos de internet.

Ela está tendo muito êxito no fato, até que começa a perceber que os maníacos que caíram em sua cilada começam a morrer, incluindo o rapaz que a seqüestrou.

Lucy está com medo. O horror ainda não acabou. Alguém está à sua espreita, ela não sabe quem e nem por que. Mas se recusa a ser apenas uma vítima, novamente. Por sorte, ela pode contar com o sócio de seu irmão, Sean e contar com a ajuda de seus poderosos irmãos, que podem ajudar tanto de maneira lícita quanto ilícita, para desespero do FBI.

À medida que vão chegando mais fundo na verdade, o companheirismo, o carinho e amor vão se desenvolvendo entre Sean e Lucy (e é lindo!).

Muita ação, suspense psicológico e romance, assim é Se eu morrer antes de você, de Allison Brennan (Universo dos Livros, 496 páginas, R$ 44,90). Penetramos na história e sentimos o medo de Lucy, aquela angústia de saber que a qualquer hora o assassino irá lhe pegar. Estudamos o caso juntamente com o FBI e torcemos por Lucy e Sean.

Falando em Sean... 
E não havia nada de superficial em Lucy Kincaid, e absolutamente nada de superficial quanto ao seu desejo por ela.
- O que está se passando por essa sua mente? – Ela perguntou.
- Quero beijar você – ele disse antes de perceber que as palavras saíam da sua boca.
- Você normalmente pede antes?
- Não.
Ela inclinou o queixo para cima em um desafio e pareceu zangada, com as pupilas se dilatando.
- Então não peça.
Pág. 174
- Eu não teria lhe enviado rosas vermelhas.
Ela abriu os olhos e o fitou. Ele esticou a Mao e tocou na face, depois passou os dedos pelos cabelos dela.
- Eu teria lhe mandado margaridas multicoloridas, dúzias delas em amarelo, branco, azul, violeta e rosa e todas as outras cores disponíveis.
- Por que margaridas? – Ela sussurrou.
- Porque elas a fariam sorrir, depois rir, e você voltaria a sorrir todas as vezes que as olhasse. Toda vez que visse uma margarida, você pensaria em mim. Porque ninguém mais lhe mandaria um buquê de flores tão excêntrico.
Pág. 228
Roarke, se cuide!

Allison Brennan escreveu um história fantástica e entrou pra lista das favoritas.


Love Me to Death

Fear no Evil (prequel)
1. Se eu morrer antes de você
2. Love is murder (short story)
3. Beije-me antes de morrer
4. If I Should Die
5. Silenced
6. Stalked
7. Stolen
8. Reckless

Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL