twitter
RSS

[Resenha] Para Amar Clarice- Emília Amaral

>> quarta-feira, 25 de outubro de 2017



Para Amar Clarice (Faro Editorial, 2017, 160 p.) da Emília Amaral é praticamente um glossário sobre a vida e obras da Clarice Lispector, que é considerada como a maior escritora que o Brasil já teve e que pouco sabe-se sobre ela. A Clarice não foi uma pessoa muito adepta de uma vida pública, então o pouco que temos conhecimento é através de suas obras e das poucas entrevistas que deu. Porém, a Emilia que é formada em Letras e mestrada em Teoria Literária fez um estudo sobre o conjunto da obra, Clarice Lispector.

O livro não fala só da vida ou só das obras, é um compilado de tudo o que ela conseguiu reunir sobre a escritora. Que nasceu na Ucrânia em 1920, pouco tempo depois, por causa da Revolução Bolchevique, sua família emigrou para o Brasil, chegando em Maceió em 1921. Três anos depois a família Lispector se muda para Recife. Em 1935, os Lispector se mudam novamente, agora para o Rio de Janeiro onde a Clarice termina no Ginásio e ingressa na faculdade de Direito, um ano depois ela publica seu primeiro conto numa revista semanal.



Em 1943 ela se casa e termina, junto com seu marido, a faculdade de Direito e no mesmo ano ela lança seu primeiro romance, Perto do coração selvagem.  A partir de 1944, a vida dela muda completamente porque ela e o esposo se mudam do Brasil e passam vários anos percorrendo vários países, até que retornam para o Rio, onde permaneceram até a morte da autora em 1977.  

Para amar Clarice começa com uma apresentação da Emilia sobre o livro e em seguida tem o perfil da autora, como se fosse uma linha do tempo de quem foi Clarice Lispector em sua totalidade. São análises que a Emilia fez sobre as obras de uma forma geral, sobre os textos e as personagens. Tudo muito didático, bem simples e bem explicativo.



Cada capítulo é a análise de uma obra da Clarice, sendo utilizados trechos para melhor compreensão. Divididos em: Apresentação da obra, Desenvolvimento, Um adicional e Leitura Complementar. Temos a oportunidade de imergir na mente genial e complexa de Clarice. O que torna a leitura bem interessante tanto para quem já conhece a escrita dela e para quem ainda não teve a oportunidade de se aventurar.


Eu gostei muito da organização do livro, a diagramação está perfeita, as imagens inseridas conversam muito com os textos, a Faro mais uma vez (como sempre) está de parabéns. Não posso deixar de falar na escrita da própria Emilia, que é tão transparente, que faz com que a gente ame mais Clarice de forma bem instantânea. Aaaa, como eu gostaria de ter sido apresentada à Clarice Lispector, nas minhas aulas de literatura do ensino médio, por ela. 





















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL