twitter
RSS

[Resenha] Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh

>> quinta-feira, 2 de junho de 2016




Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Eu tardo mas não falho! Rs! Por isso estou de volta com a continuação da Família Bedwyn (Ligeiramente Escandalosos, Arqueiro, 288 páginas), este livro é o terceiro da série, e nos conta a história de Freyja, a dama Inglesa com nome de Deusa Nórdica. Freyja, ou Free, como seus irmãos costumam chamá-la, não é nem de longe uma mocinha convencional, ao contrário, Freyja é impetuosa, independente e decidida.

Freyja está com 25 anos, idade em que já deveria estar casada e com filhos, portanto, já é considerada uma solteirona. Entretanto, esse fato não é motivo de tristeza para Free, ela escolheu ser solteira. Afinal, como irmã do Duque de Bewcastle não faltou candidatos para desposar nossa heroína. Ela, porém, desistiu do matrimonio quando o único pretendente que a interessava voltou da guerra casado. Mesmo sendo uma mulher forte, Freyja sentiu muito, e por isso resolveu passar um tempo com Charlotte, sua amiga, na sossegada Bath.

Acontece que, muitas vezes, o destino nos reserva deliciosas surpresas. E foi exatamente isso que aconteceu para Freyja, quando a caminho de Bath, Free e sua dama de companhia precisaram dormir em uma estalagem, e, contrariando todas as possibilidades, um estranho invade seu quarto pedindo ajuda para escapar de uma armadilha. Esse estranho, no entanto, além de ser incrivelmente lindo, forte e sedutor, é o marquês de Hallmare. E ele resolve beijá-la.

Eu falei alguma coisa sobre “deliciosas surpresas”, certo?
Uma estalagem no meio da estrada, uma dama pronta para dormir, um belo e atraente estranho, um beijo... seguido de um soco no nariz.
Pronto! Nossa trama está formada.

Joshua Moore, é como se chama esse atrevido cavalheiro, herdou o título que seria de seu primo, mas esse morreu prematuramente, deixando para Josh a fortuna e toda a responsabilidade que um título da nobreza carrega. Joshua não teve uma vida fácil, mesmo sendo criado na casa dos nobres tios, ele não teve o amor de família, a não ser por suas primas.

O marquês não é um típico mocinho, romântico e perfeito, mas também não é um libertino e nem presunçoso. Josh é atrevido, mas de um jeito bom, ele é brincalhão e lindo. Todavia, assim como Free, ele não quer nem ouvir a palavra: ca-sa-men-to.

Enfim, depois do ocorrido na hospedaria, mais uma vez o acaso resolve aproximar nossos queridinhos, e eles se reencontram na pacifica cidadezinha. A partir disso, o universo não mais teve responsabilidade em todas as vezes que eles se juntaram em Bath. Afinal de contas, entre a nobreza os eventos sociais são praticamente obrigatórios.

E é aí que o livro começa a ficar ainda melhor, cada vez que o marquês e Free se esbarram, é uma novidade diferente. Entre socos e flertes, a nossa gargalhada está devidamente garantida.
Freyja possui a arrogância dos Bedwyn. Joshua é um marquês insolente. Ainda assim, entre provocações mutuas, socos e flertes constantes, inesperadamente, eles se tornam bons amigos.

 “- Coração – Freyja percebeu que ele estava caminhando ao lado dela -, você fica ainda mais atraente quando está furiosa.”

Ninguém é o que aparenta ser, e ainda que Hallmare se apresente sempre bem-humorado, ele tem alguns infortúnios familiares. E quando uma situação complicada lhe apresenta, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima. Free, que adora debochar da aristocracia, aceita no ato. Mas, à medida que os dias vão passando, esse jogo começa a se complicar, pois há um detalhe nada sutil nesta história: a noiva em questão é irmã do duque, que fica sabendo do noivado e exige toda pompa que os Bedwyn merecem. 

À primeira vista, pode-se pensar que trata-se de um enredo corrente. Todavia, a autora é inteligente e criativa, e transforma essa narrativa em uma aventura inédita.

Ligeiramente Escandalosos, bem como os dois livros anteriores desta série, além de todo o romance esperado, há também um caso de mistério a ser desvendado. Encontraremos um suspense leve, mas intrigante. E Mary não decepciona.
Eu convido a todos a conhecerem lady Freyja e lorde Joshua mais de perto.

Abraços, e até o próximo Bedwyn. 
























PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL