twitter
RSS

[Coluna] Eu indico #2: Livros que fazem rir!

>> terça-feira, 17 de maio de 2016




Oi gente! Mês passado estreamos com nossa coluna Eu indico ( se você não viu, confira aqui) e nesse cantinho sempre estaremos fazendo o que o nome da coluna já diz: Indicando! páginas que seguimos, filmes que assistimos, músicas que ouvimos e claro, livros que lemos. E hoje eu vim indicar a vocês livros que fazem rir. Livros que me fizeram passar vergonha no ônibus, que me fizeram gargalhar no aconchego da minha cama, livros que me renderam bons e saudosos momentos. Resolvi então compartilhar isso com vocês, já li muito, mas selecionei os que mais me marcaram... na lista tem chic-lits que tem como característica primordial mocinhas desastradas que nos fazem rir, tem também romance contemporâneo adulto, com uma escrita mais sensual, mas com protagonistas e cenas que me divertiram muito.
 Vamos aos meus escolhidos?

Amor de detetive - Sarah Mason

Ao ouvir o nome dessa autora, já saibam que isso é sinônimo de horas de risadas certas! Por isso ela consta duas vezes nessa lista. 
Neste divertido romance, que foi a estréia de Sarah Mason, Um amor de detetive, os opostos se encontram e para variar também se atraem. Nossa protagonista é a Holly Colshannon é uma ambiciosa e desastrada jornalista da Bristol Gazette que tem a oportunidade de mudar de setor no trabalho, trabalhando ao lado de James Sabine,  um sargento-detetive durão, grosseiro e ressentido. Levados pelo acaso , eles se encontram diversas vezes por conta de uma série de coincidências bastante oportunas. è muito divertido ler a Holly que não entende nada de crimes, se intrometendo nas investigações, dando uma de detetive e irritando o sargento James. Desde a primeira cena do livro você já se diverte, a cena é daquelas de gargalhar, já mostrando o que vamos encontrar no livro. Corre e vai atrás desse livro se você quer dar risadas! Foi o primeiro livro que ri da Sarah e até hoje considero o livro que mais me fez rir...
Alta Sociedade - Sarah Mason

Esse foi o terceiro livro dela que li e me diverti muito... 
"Os olhos da minha mãe arregalam-se quando ela vê o gorro com pompom cor-de-laranja e a jaqueta de camurça marrom que ainda não tirei.
- Meu Deus Clemmie. O que é que você está usando?
Holly deixa de abraçar meu pai e informa:
- Ela está disfarçada.
- Tire isso, Clemmie. Você vai assustar os vizinhos.”p.153"
Esse livro tem como protagonista a Clemmie, irmã da Holly que foi a mocinha em Um amor de detetive citado acima. A Clemmie tem que voltar para casa dos pais depois de perder o emprego por causa de seu namorado cafajeste, enquanto não sabe o que fazer ainda com sua vida, como dar a volta por cima.
Na casa moram seus pais que não são nada convencionais: o pai do seu jeito passivo e observador tenta colocar bom senso em todo mundo, a mãe é uma atriz amadora que abriga um poodle com personalidade forte (risos) e uma gaivota chamada Normam. Também mora na casa o seu irmão Barney que é um sufista desligado que está apaixonado pro uma mulher misteriosa. Ah! E ainda tem o Sam, como eu poderia esquece-lo! O Sam é o amigo de Barney. Bonito, bem sucedido, educado e inteligente e que, foi acolhido pela família quando ficou órfão e vive implicando com a Clemmie (e boa parte da diversão é o Sam quem faz, pois sempre que os dois estão juntos ele tem piadas engraçadas sobre ela). O livro é divertido, tem um pequeno suspense, viagens inusitadas, e muita confusão, tem uma cena com um fusca, que senhor! eu chorei de rir, porque a Holly está presente na historia e quem já leu sua história, sabe do que eu estou falando!

Fiquei com Seu número - Sophie Kinsella

Ler os livros da Sophie são sempre garantia de altas risadas, e vergonha alheia em público. Aqui temos uma protagonista bem intrometida e sem noção, que após ficar com o celular de um estranho, acaba tentando dar uma ajudinha a ele, respondendo todos seus e-mails pessoais. Essa intromissão só poderia resultar em uma coisa: cenas vergonhosas.
O livro conta a história de Poppy, uma mulher super atrapalhada que está de casamento marcado e que consegue perder o anel de noivado que era herança de família. Seu futuro marido faz parte de uma família de escritores e intelectuais que Poppy tem certeza que a odeiam. Como se tudo não pudesse ficar pior, ela passa seu número de celular para todas as pessoas que possam ajuda-la a encontrar o anel, mas minutos depois, seu celular é roubado e ela fica sem conseguir manter contato com ninguémDesesperada, ela encontra um celular no lixo e sai distribuindo o novo número, do celular achado, para a policia e quem mais quiser entrar em contato com ela, para dar noticias sobre o anel. Porém, o celular pertencia a uma ex-assistente de um executivo que comanda uma grande empresa e, óbvio, ele quer o aparelho de volta já que vários emails e mensagens chegam para ele através desse número. Com isso, Poppy se compromete a encaminhar tudo que chegar para ele até que consiga notícias do seu anel. Mas isso nunca permanece assim tão simples não é? ALém do fato da Sophie não ter contado para o noivo que perdeu o anel e que seus futuros sogros estão vindo para visitá-los. É tanta confusão, tantos risos, tantas mentiras. Não tem como não se divertir com esse livro.
Eu sou suspeita pra falar desse tipo de livro porque ele é um dos meus gêneros preferidos e com uma das minhas autoras preferidas, mas acho que pecam somente em as vezes, a autora discorrer com muitos detalhes sobre algo nem sempre relevante e depois sempre terem um final meio corrido... Depois que as coisas se acertam eu acho que poderia ser explorado mais um bocadinho antes de finalizar...

The Virgin- Meghan Quinn

Esse livro é o único ainda não lançado no Brasil, mas ele me fez rir tanto, mais tanto, mais tanto que era impossível não colocá-lo nessa lista e fazer um pedido as editoras para que o lancem aqui e mais pessoas tenham a oportunidade de lê-lo! Para saber o que esperar do livro vejam só essa sinopse:
“Os seios dela se erguiam com alarmante velocidade enquanto a pesada mão dele descia para seu macio, ainda rijo espinheiro...”. Você pode dizer ‘espinheiro’ em um romance? E quanto à espada de carne? Isso é o que era... uma espada de carne.Bem, tanto quanto é possível ser uma espada de carne, ‘matando através das profundezas dos desejos mais obscuros de uma mulher’. E sobre os seios? Eles podiam realmente levantar? Deus, eu não tenho nem ideia do que acontecia quando se tocavam as partes íntimas.
Eu sou uma virgem tentando escrever um romance erótico, mas não consigo escrever uma cena de sexo, graças à minha falta de experiência.
Sabe aqueles avisos de Perigo? Pois esse livro se for lançado deveria com a advertência: Não recomendado para ler em lugares públicos, em casa quando tiver visitas, ele pode causar crises INCONTROLÀVEIS de riso. Eu disse INCONROLÁVEIS! The virgin nos conta a história de Rosie, uma mocinha virgem, que trabalha numa revista para gatos e que colocou na cabeça que quer ser escritora de romances hot, mas que não tem experiencia alguma no assunto. os pais dela dormem em camas separadas, como em séculos passado, e o que ela sabe vem de livros escritos nos anos 80. E ao se dar conta de quanto seu livro está ruim, depois de ouvir seus amigos, ela resolve que precisa perder a virgindade! Aí queridos leitores começa a odisseia mais engraçada que já li, pois Rosie se enverada pelo caminho dos sites de encontros, encontro às cegas, encontros casuais, todos hilários! Gente passei tanta vergonha alheia com essa mocinha, ri até sentir dor na barriga, sério... Você se diverte tanto que nem sente falta do romance que só começa a se desenvolver mais da metade do livro. Tem a cena da depilção, uma com o vibrador, outra com talco... São tantas!Só de lembrar aqui já estou rindo... Mais que recomendado.

A trilogia: A aposta, O desafio, O risco - Rachel Van Dyken

Essa trilogia é muito divertidos e envolventes. os dois primeiros livros são dos irmãos Travis e Jack e o terceiro é sobre um casal amigos deles. Mas quem rouba a cena mesmo é a avó dos meninos! Que figura é aquela meu Deus!? Ela está louca para que os seus netos casem e lhe dê bisneto. Ela faz de tudo para isso, ela não tem limites, estou falando sério. Ela demite o neto da empresa, ela arma reencontro entre os casais e em paralelo ainda tem uma vida amora ativa, que ela faz questão de contar naturalmente, na mesa de jantar. Quando recebi esses livros, jamais imaginaria que eles seguiriam esse viés e só me arrependo de não ter lido antes. 

Aluga-se um noivo - Clara Assis

Aluga-se um noivo (tem resenha completa dele aqui) nos conta a história de Débora que foi traída pelo seu namorado com sua, hoje, ex-amiga. até ai, tudo é aceitável, entendemos que a Débora sofreu uma grande decepção, mas que o natural seria seguir em frente e tentar esquecer tudo isso certo?! Errado! Porque seu irmão, nada sensível, está prestes a se casar e convidou seu melhor amigo, que vem a ser o ex namorado da Débora, para ser seu padrinho e par no casamento. Débora, com seu orgulho ferido e sem querer demonstrar esta sofrendo e ainda gosta de seu ex, juntamente com sua louca amiga Carol, ela decide que tem que encontrar alguém e contratá-lo para que possa acompanhá-la no casamento. Mas o oscar de comédia e diversão vai mesmo para a impulsiva Carol. Ela é a melhor! Tem uma língua desbocada, é direta e faz todas as atrapalhadas que aquela sua melhor amiga também faz. Passei vergonha nos locais públicos em que me arrisquei a ler esse livro, mas também era impossível para de ler. O livro é um romance erótico, com cenas sensuais e sexuais ( as cenas são bem quentes e sem pudores) bem escritas, mas a pitada do humor, fez a diferença na historia. Se você gosta desse estilo super recomendo. Indiquei para várias amigas e todas forma unanimes em dizer o quanto se divertiram e gostaram do livro. Não tenho como contar muitos fatos que ocorrem no livro porque tem segredos e equívocos que se desfazem no decorrer da leitura e a graça é descobrir isso aos poucos, sem saber de nada. O que posso afirmar é que Aluga-se um Noivo é um romance divertidíssimo e fez um bem enorme a minha alma ter feito sua leitura! Precisamos de livros como esse para dar leveza aos nossos dias. 
Mais um romance nacional que sinceramente me surpreendeu positivamente e que recomendo com todo o prazer!

Malícias e Delícias- Tara Sivec
Há muito tempo não me divertia tanto e dava tantas gargalhas com a leitura de um livro, como foi com Malícias & Delícias. Depois de um longo jejum de livros divertidos. num humor bem escrachado e divertido, ele nos apresenta a protagonista Claire, bem no estilo Bridget Jones e Os delírios de consumo de Beck Bloom. Que atualmente, no auge de seus 20 poucos anos, trabalha em um bar e está ajudando sua amiga a vender produtos eróticos. Mas até chegarmos nesse momento, Claire inicia sua história literalmente do começo, desde quando conheceu um rapaz, o Carter, numa festa da faculdade e como as consequências dessa noite a trouxeram na situação em que se encontra.

O livro tem uma escrita muito irreverente e muito envolvente, com um humor adulto, diálogos muitas vezes impróprios com palavrões e palavras um pouco vulgares, mas que só dá um toque a mais a história, como muitos filmes de comedias que já assistimos por aí. Eu não conseguia parar de ler! Passei muita vergonha gargalhando dentro de ônibus indo e vindo do trabalho. No meu setor na hora do almoço, só se ouviam minhas risadas, enquanto as pessoas descansavam. Admito que tiveram algumas situações são bem surreais e até previsíveis, mas a forma como Tara inseriu isso, só agregou positivamente a trama. Palmas para seu sarcasmos, sua escrita real e ao mesmo tempo leve.
Tem resenha dele no blog e para saber mais sobre o que achei sobre o livro é só clicar aqui!



Surpresa Irresistível - Christina Lauren
Esse livro realmente foi um surpresa para mim, uma deliciosa e divertida surpresa. Ele faz parte da série irresistível , das autoras Christina Lauren, que iniciou com o livro Cretino irresistível ( suspiros para Bennet) e nos conta historia de Niall, irmão de Max, que foi o protagonista do segundo livro da série. Eu adorei esse livro! Por ter uma mocinha doida, que me fez rir em muitas cenas, onde eu pude me ver e imaginar amigas minhas na mesma situação, tendo os mesmos pensamentos e por ter um mocinho que foge a esse padrão que está na moda: macho alfa, arrogante, masoquista e sedutor. O Niall é lindo, recem solteiro, tem zero jeito para paquera e nem faz ideia que a Ruby tem uma queda enorme por ele, daquelas paixonites que deixam ela muda, atrapalhada na sua frente. A ruby com seu jeito descolado e que não tem freios na lingua nos rende boas cenas de diversão, mas aliado a isso as carga emocional e sensibilidade que esse livro traz é o que me conquistou de verdade. Meu sonho de consumo: um romance sensual que me faz rir! Corre e vai atrás desse livro para ontem!


Espero que tenham gostado da seleção. Quem não leu algum desses, coloca na sua lista que não vai se arrepender. Quem tiver indicações sobre o tema, por favor, comentem e falem para mim, amo esse estilo e vou adorar acrescentar mais titulos a minha lista. 


Bjos e até a próxima!



PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL