twitter
RSS

[Resenha] Coração de pelúcia - Li Mendi

>> quarta-feira, 13 de maio de 2015



Olá Pessoas! Tudo bem com vocês? 

Hoje eu vou falar de um livro nacional, eu já conhecia a autora e confesso que já gostava dos livros dela e esperava ansiosamente para ler esse. 
A história de Alan e Nanda eu vi como uma oportunidade de superações. Não é dramático, como os livros que eu geralmente apresento pra vocês, mas é tão emocionante quanto. 

Nanda ou melhor Nicole Fernanda, está buscando um recomeço para sua vida depois de passar por uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. Graças ao ex-namorado, ela conheceu o submundo das drogas pesadas, grandes aventuras e tudo mais. Porém, como consequência largou o emprego de editora e a partir daí entrou numa fase de declínio. 

Assim que saiu da clínica, voltou para sua cidade natal e onde não ia lá desde o término do ensino médio, quando se mudou com sua família. Disposta a recomeçar uma nova vida, decidiu mudar de nome. Na verdade, optou apenas pelo Fernanda, excluindo o Nicole, como até então era chamada e que remetia à sua antiga vida. 

Em uma conversa com sua avó, Nanda recebe a indicação de procurar um terapeuta no SPA que ela frequenta, que é perto de casa. Nanda considera a indicação e vai até o spa e é recepcionada por Ema, dona do estabelecimento junto com seu irmão, o terapeuta que Nanda foi procurar por indicação da avó. 

Após preencher o formulário Ema consegue ver que há um horário desmarcado e que pode encaixar Nanda se ela quiser. Eis a questão, ela não queria, porque seria mais um terapeuta que faria ela relembrar dos períodos obscuros que el lutava bravamente para esquecer. Mas foi... Antes de entrar no consultório ela recebeu a instrução de não mexer com a cadela do terapeuta, que se encontra presente na sala... Ao entrar na sala, ela se depara com Alan, um velho conhecido da escola e por quem Nanda já foi afim. Como ela leva um susto ao ver que ele estava cego, a irmã hesita em sair da sala e ainda pergunta se ela o conhece. vendo que Nanda ainda está sem reação Alan pede para que Ema os deixe sozinhos. Ele pergunta se eles se conhecem e que por favor ela fale alguma coisa, porque pode ser que ele não lembre o rosto dela mais. Imediatamente ela cai em si que não pode fazer terapia com ele, alguém conhecido e por quem já foi apaixonada (ela e a cidade toda), mesmo que uma paixão adolescente e ele não precisava saber as coisas pelas quais passou depois de sair da cidade. 

Como o livro tem dois pontos de vista, na parte de Alan ele conta o que passou na cabeça dele quando leu o nome Nicole Fernanda. O primeiro mexeu com o coração dele, embora tenha passado muito tempo, já sente como se tivesse superado a garota por quem sempre foi apaixonado no colegial e que quando teve a chance de sair com ela, foi quando sofreu o acidente de carro que o cegara e em seguida soube que ela tinha se mudado. 
Sabe a parte que ele falou que havia superado? Então, quando ele escuta ela falando que é ELA, a Nic do colégio, pronto as porteiras do coração que estavam fechadas meio que se escancaram. 
"A vida pode acabar quando ainda estamos vivendo. Eu vivi assim, morrendo dia após dia, até entender que eu ainda estava vivo, apenas no escuro. Depois desse processo, descobri que temos que aproveitar as oportunidades de amar alguém enquanto essa pessoa está perto, pois nossa melhora de caráter, o simples desejo ou a saudade não têm a força suficiente para trazer alguém de volta. "
Passado o choque inicial de ambos, eles conversam e Alan pede para ajudar Nic, não como terapeuta. mas na recuperação da forma física dela. Ele tem o hábito de correr e ela está se preparando para participar de um concurso de dança e como não tem parceiro. Então convida Alan para dançar com ela, em troca vai ter que correr com ele e Maj. Com o passar do tempo eles vão criando uma proximidade, uma intimidade e uma relação de confiança. Lógico que algumas coisas foram deixadas de lado para que essa aproximação acontecesse, dúvidas ainda estavam plantadas nas cabeças de ambos. 

Como era de se esperar, depois de um tempo eles passaram a namorar. Porém, eles ficaram preocupados como seria a reação de ambas as famílias, já que ele era cego e ela ainda estava "frágil" perante os parentes sobre o que aconteceu com seu passado. De todos, eles só receberam o apoio mesmo da avó dela. Que no fundo já sabia que eles se encontrariam. 
"Para um Narciso sem espelho, só o amor pode ser suficiente para salvar sua autoimagem."
Uma coisa que eu gostei muito de Alan e Nicole, foi que mesmo com todas as dificuldades, a falta de apoio das pessoas não fizeram com que eles desistissem um do outro e nem de ajudar um ao outro, a relação se tornou mais forte. Como nem tudo são flores nessa vida, acontecem algumas coisas que balança as estruturas do casal, mas nada que o amor não tenha superado. 
"Nenhum relacionamento é igual, e alguns não dão certo porque as pessoas querem amar igual pessoas diferentes."
Esse é um livro para quem gosta de histórias de amor com superações, sem dramas e sem melação. O companheirismo e o aprendizado aqui prevalecem e eu que particularmente não gosto do gênero, curti a leitura, principalmente porque os narradores passam pra gente as lições. Tem momentos que a autora apresenta situações em que os personagem conversam com as leitoras (leitores também) como se essas (es) estivessem presentes na história (de certo modo estamos). 
"Meu amor ultrapassa você merecer, porque ele não se mede pela quantidade das suas qualidades ou defeitos, mas pelo quanto você me preenche onde eu sou um vazio... Depois que eu te amei, nunca mais foi só escuridão."

Espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouco de Alan e Nicole. Mas antes só mais uma das sabedorias da avó de Nic pra vocês: 
"Cada um escreve com os meios que tem e nem todos usam um papel... As pessoas normalmente focam na dificuldade e nas barreiras para alcançar o que desejam."

Beijos e até a próxima...







PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL