twitter
RSS

[Resenha] Quilômetros de saudade - Angélica Pina

>> quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015



"Quando a gente ama, não importa se a pessoa mora a duas ruas de você ou a milhares de quilômetros de saudade."
Oi Gente! Como foram de Carnaval?! Aqui na Bahia nem preciso dizer que é festa para todos os lados e confesso que eu adoro essa época do ano e aproveito bastante!!
Mas agora vamos voltar ao que interessa e falar sobre a resenha de um livro deveria ter saído no mês passado, no Janeiro Brasileiro, mas não deu. Então esse mês e no próximo estarei trazendo mais resenhas dos livros nacionais para vocês conhecerem autoras novas e bons livros que temos lançados por aqui....

Bom, Quilômetros de saudade é o primeiro livro publicado pela Angelica Pina, publicitária que nasceu e reside em Belo Horizonte. E tenho que dizer que é o terceiro livro que leio em que a personagem é mineira, tem cenas passadas em Minas e eu adorei! Estou cada vez mais com vontade de ir conhecer Minas depois de ler sobre suas cidades, costumes....

Vamos falar agora sobre a historia do livro, que foi minha terceira leitura do ano, logo nas primeiras semanas de 2015 e o li em apenas um dia! Narrado em primeira pessoa, ele nos apresenta a Daniela, uma jovem mineira que juntamente com suas duas amigas, a Aline e a Leticia, vai passar suas férias em Natal. A Dani está com namorado recente e quase não viaja por esse motivo, mas como já havia planejado a tempos esse programa com as meninas, inclusive combinando a data das férias das três, decide ir mesmo sabendo que irá morrer de saudade do perfeito Jorge. A Dani não sabe muito bem lidar com a distância, pois seus próprios pais moram em outro país por causa do trabalho de seu pai.

Durante viagem, a Dani cedendo aos pedidos as amigas, vai a uma boate (contrariada, porque só pensa no Jorge) e acaba conhecendo o Fernando, que mesmo se curando de um fim de namoro, está ali acompanhando seus primos que estão visitando a cidade. Eles iniciam uma conversa e enquanto as amigas curtem a noite, a Dani vai conhecendo mais o Fernando e simpatizando com seu jeito.

Quando retorna a sua cidade, Daniela continua mantendo contato com Fernando, através do telefone e internet, e após sofrer um decepção com Jorge, termina por cada vez mais estreitar essa amizade com Fernando, tornando-o seu confidente. E o Fer por outro lado, age da mesma forma com a Dani, contando sempre para ela tudo de sua vida. O Fernando é um lindo, que me encantou desde sua primeira cena e a cada página foi somente aumentando esse encanto, até a última linha do livro. Ele é gentil, determinado, atencioso, sincero, mas o melhor, bem real sabem?! Aquele carinha bem legal que você pode ter a sorte de encontrar em qualquer esquina da sua vida, não o mocinho irreal típico da maioria dos livros de romances que lemos.

A Dani é muito legal, esforçada, leitura assídua e fã inveterada da Marisa Monte e Sophie Kinsella, mas preciso dizer que fiquei em alguns momentos com vontade de dar umas sacudidas nela, pois quando parece que está tomando a decisão certa ( ufa!) e percebendo que pode ser feliz com ela, começa a agir de forma contrária a tudo que decidiu. Se eu fosse uma das suas amigas, diria umas poucas e boas a ela, muitas vezes ( minhas amigas sabem que sou assim)! Meu coração ficou na mão por causa de algo que ela faz com o Fernando...

Quilômetros me fez relembrar como agimos quando estamos apaixonadas, naquele início de namoro ou aquele mal estar e fossa de quando terminamos um relacionamento. Quantas vezes já comentei com algumas amigas minhas que nossa histórias dariam um bom livro de romance (companheira Danielle, você não sabe o quanto esse livro parece com sua história! Minas, distância, até o apelido da mocinha...Haha )! Ler a historia do Fer e da Dani me fez torcer por eles, sofrer junto. Acho tão lindo o amor que nasce de uma amizade. Esse é um daqueles livros que entram facilmente para a lista de favoritos no quesito livros simples e marcantes.

Eu amei as amigas dela, a Aline e Letícia, são muito desencanadas, engraçadas e fieis a Daniela. Na verdade todos os personagens foram bem construídos e são muito carismáticos (menos o Jorge, claro), que aproveitam ao máximo da vida.

Não posso deixar de falar da capa do livro, que achei tão singela, mas tão bonita, tão marcante. Confesso que ao vê-la imaginei o livro com uma historia mais triste, mais dramática, mas para minha surpresa não foi e ainda bem! Estou correndo de livros muito sofridos.
Quilômetros é bem leve, sensível e divertido. Fiquei presa até o final, não pude largá-lo até finalizar a leitura, que iniciou no ônibus na ida para o trabalho, foi retomada no almoço e finalizada na volta para casa. E quando terminei a vontade era de ler tudo novamente, acreditem em mim! Não sei como expressar como um livro com uma história tão simples, tão real, tão comum e me deixou suspirando por dias.

Li uma resenha desse livro no Blog BookShelf - One onde a resenhista termina seu texto da seguinte forma:
Então, leia, divirta-se, lembre-se de momentos de alegria que viveu com suas amigas, ou daquele namoro que hoje você agradece por ter terminado e ter conhecido alguém melhor, leia para suspirar em um romance tão lindo e possível.

Eu não poderia ter escrito melhor! Só posso dizer agora que recomendo para ontem!

Tem uma frase famosa que diz: "Para estar junto, não é preciso estar perto, mas sim do lado de dentro". 




Bjos e até a próxima!












PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL