twitter
RSS

Rose Na Tempestade - Jon katz

>> sexta-feira, 13 de dezembro de 2013





"Ela entendia melhor as ovelhas do que as pessoas, mesmo Sam. Este a confundia com frequência, mas as ovelhas jamais." (pág. 99)

Livros com animais sempre despertam minha vontade de ler e sempre me arrancam lágrimas. E dessa vez não foi diferente.

Rose é uma border collie que vive numa fazenda com seu dono, Sam. Ela tem muitas responsabilidades como cuidar das vacas, de uma mula, das galinhas, dois gatos, carneiros, etc. Ela pastoreia, ajuda nos partos e tenta manter tudo em ordem. Aliás, ela se sente a própria dona da fazenda, e com toda a sua esperteza, inteligência e sagacidade, toma conta de tudo com perfeição! 

Quando uma forte tempestade ameaça a fazenda e seus animais, Rose precisa cuidar de tudo e coloca sua própria vida em risco para salvar os outros animais e para salvar seu dono que acaba sofrendo um acidente. Quando Sam vai para o hospital e Rose fica sozinha na fazenda, ela vive seus piores momentos, mas enfrenta tudo com muita coragem e determinação.

Rose nunca foi muito de carinhos e afagos, sempre viveu para o trabalho, mas quando Katie, namorada de Sam, foi viver na fazenda, as duas desenvolveram uma relação especial. Quando Katie desaparece, apenas nós, leitores, sabemos o que aconteceu, mas Rose não. Sam não permite que Rose saiba o que houve. E suas lembranças juntamente com a busca dela por Katie, utilizando-se do seu olfato e instintos, é emocionante.

"Sabia que Katie não estava na casa da fazenda, mas não sabia aonde ela fora. Vigiava à procura de Katie todos os dias, mas esta não se encontrava ao alcance de sua visão nem audição. No entanto, farejava-a, sentia lhe o cheiro em toda parte da casa, nos pisos, nos armários e na cama, na cozinha, nas maçanetas de porta e nos puxadores de armário. Mas não conseguia colocá-la no mapa. Mesmo assim, ela estava ali." (pág. 22)

O cão selvagem que aparece no meio da história tem um papel especial, e me fez derramar algumas lágrimas.

Mesmo tendo animais e conhecendo a inteligência deles, achei que o autor exagerou (e muito) nas peripécias de Rose. Ela cuidou sozinha da fazenda, salvou a vida de alguns animais e cuidou deles, alimentando-os inclusive, e raciocinando de uma forma que só um ser humano poderia fazer. Mas tudo é possível na ficção e isso não tirou a graça da história.

O que achei bem interessante é que o leitor tem a oportunidade de ver a história pelo ponto de vista do narrador e pelo ponto de vista de Rose. 

Rose na Tempestade (Novo Conceito, 240 páginas, R$29,90) está longe de ser meu livro preferido sobre animais, mas sua história forte e delicada ao mesmo tempo realmente me emocionou, derreteu meu coração e nos mostra o tempo todo o amor incondicional que os animais (especialmente os cães) têm por seus donos, um tipo de amor que nós, humanos, deveríamos ter.




Cláudia Vasconcelos
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL