twitter
RSS

[Resenha] Álbum de casamento - Nora Roberts

>> domingo, 29 de dezembro de 2013


-Buracos e quebra-molas? Bem-vinda ao mundo? Toda estrada tem isso. Temos que contorná-los, evitá-los, passar por cima deles ou sair pelo outro lado. O seu problema é que continua dirigindo em frente, caindo direto no buraco que é a sua mãe, fazendo com que isso estrague o restante da sua viagem. Ela não é culpada por sua pouca habilidade na condução. Você é. (p. 186)

Sou fã da Nora Roberts e ela nunca deixa de me surpreender. Quando acredito que ela já explorou todos dos estilos, passando por mocinhos suspeitos de assassinato a protagonistas feiticeiras, eis que ela nos apresenta essa deliciosa série, que mesmo trazendo fatores tão comuns e histórias que poderiam ser bem reais, me encantou a ponto de já deixar um canto reservado na minha estante para ela. Fiquei muito feliz com a Editora Arqueiro por ter começado a publicar a Nora.

A série conta a história de quatro amigas: Mackensie, Emma, Laurel e Parker, que quando eram crianças passavam horas brincando no jardim e imaginando como seria um dia de casamento perfeito para elas. Anos mais tarde, criam então uma empresa de organização de casamentos chamada Votos e passam a realizar os sonhos de outras mulheres, onde cada uma, de acordo com suas habilidades, cuida de cada parte da empresa. É divertido e enriquecedor saber um pouco de cada detalhe da organização de um casamento, de acordo com cada uma das quatro pontas da empresa. Mas apesar do sucesso profissional, até o momento esse dia perfeito não chegou para nenhuma das quatro mulheres.

Em Álbum de casamento (Arqueiro, 288 páginas, R$ 29,90) vamos nos focar em Mackensie Elliot e sua história, ela é a fotógrafa da empresa que tem um jeito independente de ser e simplesmente ama o que faz.  Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor, pois seu amargo histórico familiar a atormenta até hoje e isso a impede de perceber quando o amor bate a sua porta na forma de Carter Maguire.

"- Droga, Carter Maguire - falou para si mesma. - Por que você tem que ser tão absurdamente fofo? Não dava para ser irritante? Por que não estou irritada? Ai, Deus, vou retornar a ligação. Sei que vou. Estou mesmo encrencada." Mackenzie
O Carter é uma brisa fresquinha no verão, um mocinho sem arrogância, um inteligente e tímido professor de inglês que é apaixonado pela Mac desde a adolescência. Ele é atrapalhado, usa paletó de tweed e mesmo assim, ou quem sabe por isso mesmo, a Mac cai de amores pelo Carter ao mesmo tempo que luta fervorosamente contra esse amor.

Mas o Carter mesmo com seu jeito encantador e desastrado corre atrás do que quer, com a ajuda hilária de seu melhor amigo Bob, disposto a ganhar de vez a Mac e mostrá-la que o seu final feliz é ao lado dele.
-Não tenho como desistir dela - disse Carter. - Tenho esperado por ela quase a minha vida toda. 
O crescimento da relação entre o Carter e a Mac é gostosa de se ler, mesmo quando ela faz burradas. Gostei muito do Carter, inclusive o coloquei na minha lista TOP de Piriguetagem aqui do blog, ele é um mocinho sem traumas, sem segredos e que mesmo assim faz você suspirar por ele. E a Mac é o exemplo de mulher bem sucedida e bonita que muitas vezes idealizamos. Os personagens secundários também são bem construídos. Ah! meninas fiquem olho no Delaney, irmão da Parker e em seu amigo Jack, de acordo com meu faro, acredito que eles ainda vão dar o que falar nos próximos livros da série.

O livro se desenvolve de forma fácil, sem uma trama muito profunda como geralmente são os livros da Nora, mas isso não quer dizer que não seja um bom livro, pelo contrário, ele nos traz dois pontos centrais muito relevantes: a importância da base familiar e a repercussão disso em sua vida e uma amizade feminina verdadeira.  A amizade das quatro protagonistas é outro fato que faz com a série te conquiste, é uma relação muito bonita, onde elas se entendem, discutem e se amam.

Enfim recomendo o livro e já estou ansiosa aguardando o segundo que vai contar a história da Emma, a florista do quarteto. O livro tem uma capa maravilhosa, para falar a verdade, as capas brasileiras até o momento são mais bonitas do que as americanas e as portuguesas. Confiram a capa de Mar de rosas abaixo e vejam se não concordam comigo!















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL