twitter
RSS

Mistérios Noturnos - J.R. Ward, Sherrilyn Kenyon, Susan Squires e Dianna Love

>> terça-feira, 2 de outubro de 2012



"Intrigante coleção de romances maravilhosos."
- Romantic Times


Mistérios Noturnos (Universo dos Livros, 416 páginas, R$ 44,90) é composto por quatro contos de autoras consagradas. Das quatro autoras, três já têm séries publicadas aqui no Brasil. J. R. Ward, publicada pela Universo dos livros, Sherrilyn Kenyon pela Novo Século e Susan Squires pela Nova Cultural (edição de banca).

  • História Familiar – J.R. Ward

Claire é advogada. Uma excêntrica cliente – que herdou na empresa do pai – quer uma rápida visita para avaliar alguns documentos. É véspera do dia do trabalho, mas o cliente sempre tem razão. Claire parte para Caldwell – quem leu Irmandade da Adaga Negra vai reconhecer –, chegando lá descobre que a cliente tinha outros motivos para a visita dela... ela seria “comida de vampiro”.

Michael mora numa ‘masmorra’ desde os doze anos de idade, sua mãe o considerava perigoso para a sociedade, pelo fato de ser vampiro. De ano em ano, lhe era destinada uma mulher, para que se alimentasse dela durante três dias. A mulher desse ano é bem diferente das anteriores. É vivaz, não tem medo. E assim Claire e Michael começam o primeiro dia do resto de suas vidas, juntos.

O que mais me incomodou nesse conto foi Michael. Ele tem cabelo liso na cintura (isso mesmo), usa um roupão de seda vermelha com cinto bordado, e chora após o sexo!!!! Claro, Ward sempre tem uma resposta para tudo. Como ele foi aprisionado desde garoto, não está acostumado a se relacionar com mulheres e, também, nunca foi ao cabeleireiro. Ah, mas vamos combinar... roupão de seda com cinto bordado e choro? Me fez pensar em mulher :(

  • A Sombra da Lua - Sherrilyn Kenyon

Esse conto é um pouco complicado. Angelia nasceu numa tribo Arcadiana. Ela é humana com habilidade de se transformar em animais. Fury é um Katagaria, caçador que é animal e possui habilidade para se transformar em humano. Angelia vive para matar os Katagarias, mas nem sempre foi assim.

Anos atrás, Angelia era a melhor amiga de Fury... até descobrir o que ele era. Esse reencontro é o que ela precisa, mas antes, seus parceiros precisam arrancar uma pequena informação dele. Quando ele nega, é torturado. Angelia não consegue ficar imune àquilo e o resgata, mas no resgate ela se torna prisioneira de Fury que a leva para sua casa, onde vários lobos querem matá-la.

Fury é um humano melhor do que ela; por honra, ele nunca quebra uma promessa, e ele havia prometido não deixar ninguém mata-la e irá cumprir, mesmo que ela o mate.

Esse conto me fez lembrar Um Vampiro Moderno (Nina Bangs), pela quantidade de seres sobrenaturais: homem-leão, homem-urso, homem-lobo e por aí vai. Não lembra em nada a famosa série Dark-Hunter (apesar de um dos guerreiros aparecerem na história). O conto não cativa.

  • Além da Noite - Susan Squires

Drew foi vítima de um clichê: o filho da empregada se apaixonada pela filha do chefe. O chefe dá um jeito de fazê-lo ir preso, ele foge, fica rico e quer vingança. Drew volta à sua cidade natal disposto a casar com a filha do antigo patrão, e não só isso, esse é apenas o primeiro passo para sua vingança. Ele só não esperava que a casa recém-comprada na cidade fosse mal assombrada.

Freya não é um fantasma, mas ela tem algumas habilidades e usa isso para se alimentar. Ela é uma espécie de vampiro. Seu sangue tem um vírus – Companion – e esse vírus tem fome, fome de sangue. Ela precisa se alimentar para não morrer e o Companion não morre, nunca, ele sempre fica a espreita de alguém vivo disposto a lhe dar o que precisa.

Quando Drew e Freya se encontram, a atração sexual é instantânea (Só agora percebi que a chamada desse livro é: “Instigante, erótico e terrivelmente sedutor” e só no penúltimo conto resolvo falar sobre isso, porque será?). Drew não irá sair da casa, nem ela. O impasse começa e Drew fica mortalmente doente. Freya fará de tudo para salvar esse homem que não teve medo dela e pelo contrário, a fez sentir coisas que ela havia esquecido.

Melhor conto deste livro! E Susan Squires é publicada em banca aqui (#orgulhinho). O Companion é conhecido das leitoras de banca da série Bianca Místico – a série Companion é formada por 9 livros . Se for fã de sobrenatural com romance, leia essa série.

  • Beijo de Adeus à Meia Noite – Dianna Love

Pior conto (para mim) e o mais confuso. Uma bruxa invoca seres que deveriam continuar a morar debaixo do Monte Meru. E esse ser – Ekkbar – precisa dela para terminar o serviço. Sua irmã foi possuída por outra entidade e precisa de um exorcismo. E ainda tem Trey.

Alguns anos atrás, eles foram apaixonados, mas - por causa do trabalho secreto dele - se separaram. Trey nunca soube que Sasha era bruxa, tampouco ela sabia que ele era um Belador. Para resumir, eles precisam se juntar para salvar o mundo de temíveis e terríveis criaturas.
---

Não sei, acho que não sou fã de contos. De crônicas sim, mas contos definitivamente me incomodam. As histórias são superficiais, rasas. Tudo começa e acaba rápido, o leitor nem tem tempo para respirar. Quando se está acostumado com a escrita dessas autoras e compara o livro com o conto... nem parece que as mesmas pessoas escreveram. E bem, talvez seja exatamente esse a função do conto, leitura ágil e concisa.

Quanto ao fato de ser erótico, Dark-Hunter, Irmandade da Adaga Negra e Série Companion, são bem mais ‘quentes’, até pelo fato do conto não poder se estender nesse quesito, já que precisa contar toda a história em poucas páginas.

Em dois contos, o membro masculino foi referido como “mastro”. Fiquei curiosa, as autoras realmente utilizaram essa palavra, pelo tamanho avantajado, ou foi o tradutor? Achei estranho.

Ela encontrou as mãos grandes e masculinas e as segurou até que ele se deixou cair sobre os travesseiros. Depois, abriu a parte de baixo do roupão e segurou novamente o enorme mastro em suas mãos.
Pág. 66

- Como você chama seu membro masculino? – ela perguntou. Freya tinha passado tanto tempo em Mirso e não queria parecer estranha.
Ele se afastou, sorrindo, confuso.
- Meu... Mastro. Acho que é isso. Parece um bom nome.
- Então, Drew Carlowe, devo dizer que eu gostaria de dar uma atenção especial ao seu mastro durante as próximas horas.
Pág. 257

A cotacão desse livro na Amazon é boa, 3.8/5 estrelas.

 Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL