twitter
RSS

As Joias de Manhattan - Carmen Reid

>> segunda-feira, 22 de outubro de 2012



Roubo coisas o tempo todo. Furto. Sou boa nisso. Nunca fui pega. Amber é a garota do dinheiro. Sabe tudo sobre ‘transações financeiras internacionais’. Você é a informante, Sapphire. Só precisa me dizer onde devo estar e quando. Isso é tudo. Isso é tudo!
Pág. 112

Três irmãs texanas foram para New York tentar a sorte grande. Elas querem o famoso Estilo de Vida Americano, querem glamour e claro, sucesso na carreira. Emerald (Em) sonha em ser atriz famosa, Broadway que a aguarde! Sapphire sonhava com casamento e filhos, mas depois que terminou o noivado foi trabalhar numa casa de leilões, em NY. Já Amber trabalha num grande banco.

Até parece que as coisas andam bem para as irmãs, se não fosse o fato delas morarem numa pocilga. Em faz ponta em peças horríveis e ainda precisa trabalhar numa boutique para se sustentar e Amber foi demitida por que deu conselhos a uma ricaça sovina.

Para piorar, Amber e Sapphire estão numa joalheria, olhando as vitrines, quando a loja é assaltada. Elas ficam desesperadas, mas através desse assalto Em tem a grande ideia: E se elas roubassem as joias do leilão e vendessem para algum colecionador? Adeus pocilga, adeus trabalho chato... seja bem vinda mordomia e casacos de pele.

As joias de Manhattan, de Carmen Reid (Bertrand Brasil, 350 páginas, R$ 39,00), é espirituoso. Quando três meninas do interior e de boa família pensariam em fazer algo dessa natureza? Será que elas estão preparadas para fazer isso? E a consciência? Confesso que pensei que a história seria mais engraçada do que realmente foi.  A parte cômica fica por conta das tirinhas que iniciam cada capítulo.

Em é a irmã errada, adora roubar pequenas coisas, é uma péssima atriz mas acredita que será a próxima queridinha da América. Sapphire é aquela caseira, que sonha com o príncipe encantado, mas se apaixona por qualquer sapo. Amber é a pé no chão, a que senta, planeja, questiona, discute.

O que gostei foram as situações inusitadas, Amber começa a namorar o policial responsável pelo assalto na joalheria e ela não sabe mentir, como ele reagirá quando souber que Em quer roubar as joias do leilão? Pior que ela está gostando dele, muito! O novo namorado de Sapphire trabalha com ela, e sabe tudo sobre as joias do leilão, ela é super honesta e jamais faria algo para se prejudicá-lo. Está tudo muito complicado e elas precisam encontrar um novo local para morar, rápido... mas sem dinheiro isso é impossível.

Fiquei incomodada pelo fato das personagens principais quererem fazer algo muito errado por estarem desesperadas, algo do tipo: situações extremas pedem ações extremas, contudo a autora soube conduzir bem a trama e o resultado geral foi bom. Meu personagem principal foi Jack, o policial, pena que ele não foi melhor trabalhado. Ele merecia.

O título original “The Jewels of Manhattan” faz um trocadilho, tanto pode significar as joias que elas querem roubar quanto o sobrenome das irmãs: Jewel.


Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL