twitter
RSS

A Garota de Papel - Guillaume Musso

>> segunda-feira, 5 de março de 2012




Uma comédia animada e picante.
Um suspense romântico e fantástico.
Quando a vida está por um livro!
Ed. Broché


- A Aurore é a mulher da minha vida! Você não consegue entender? Não é capaz de respeitar minha dor?
Milo suspirou.
- Quer mesmo ouvir? Se ela fosse realmente a mulher da sua vida, era ela quem deveria estar aqui hoje, ao seu lado, para te impedir de naufragar nesse delírio devastador.
Pág. 31

A arte imita a vida ou a vida imita a arte? Ficção ou realidade?

A vida de Tom Boyd pode ser desenhada como uma parábola. Tendo crescido num bairro pobre e problemático, ele superou todas as expectativas ao se formar sem ser preso e construir uma carreira, como professor. Sua trajetória ascende quando ele consegue publicar seu primeiro livro e o primeiro de uma trilogia. Comparado aos grandes escritores sobrenaturais, seu livro Memórias de um anjo vira best-seller e ele emplaca no rol dos escritores milionários.

Para piorar melhorar, se apaixona pela pianista do momento, a bela e enigmática, Aurore Valancourt. E então, a vida de magia e sucesso começa a despencar! Aurore rompe abruptamente. Desesperado, Tom investe pesado nos barbitúricos, metanfetamina e bebidas. Está falido, no fim do poço e à beira da morte quando...
- Eu caí.
- Caiu de onde?
- De um livro. Da sua história, caramba!
Olhei para ela incrédulo, sem compreender uma única e maldita palavra de seus devaneios.
Pág. 59

Billie é um das personagens do seu livro. Independente, determinada, sexy e apaixonada por um homem casado. Sua vida sempre foi desregrada e ela é tudo que a imaginação de Tom pôde criar, para não ser recatada como a protagonista. E devido a um erro da gráfica, o segundo volume da trilogia de Tom foi para as livrarias com erro. A história parava, de repente, na metade; a outra metade era de páginas em branco e devido a isso, Billie aterrissou nua - como na trama - na casa de Tom.

É quando a linha que separa ficção e realidade se rompe. Incrédulo, ele demora a aceitar tal fato, mas no fim descobre que eles têm uma missão, ou melhor, um acordo: ela o ajuda a recuperar o amor de Aurore e, em troca, ele escreve o terceiro volume da saga.

Juntamente com Billie, somos apresentados aos dois melhores (e únicos) amigos de Tom: Milo e Carole. Eles são seus amigos desde os tempos da infância pobre no subúrbio e fazem de tudo para que Tom não caia na autodestruição. Viajando de carro dos Estados Unidos ao México, depois Itália e Paris, esse quarteto irá passar por situações que irão transformar e unir suas vidas, mais do que nunca.
- Nosso pacto prescreveu. A Aurore reconstruiu a vida dela, você nunca vai trazê-la de volta para mim.
- Quer apostar?
- Abri os braços sem entender.
- Vá em frente
Ela se aproximou lentamente, colocou a mão em volta do meu pescoço e, com a lentidão de uma carícia, depositou um beijo nos meus lábios. Sua boca era fresca e doce. Senti um arrepio diante daquela surpresa e recuei de leve, sem que ninguém percebesse. Depois senti o coração pulsar, despertando em mim sentimentos havia muito extintos. E se no início daquele beijo inesperado parecia me haver sido roubado, agora eu já não tinha nenhuma vontade de interrompê-lo.
Pág. 180

Fiquei maravilhada com o romance de Guillaume Musso. Os personagens são fantásticos, tem espaço e voz para todos. A mistura entre realidade e ficção ficou tão perfeita que eu imaginava todos os finais possíveis, exceto o final escrito. Além de nos contar uma história digna de filme, Musso dá seu jeito de mostrar o quanto a fama pode ser prejudicial se você não estiver preparado para ela. Como o dinheiro e poder podem ser utilizados para o ‘lado errado’. E mais, um dos temas incrustados, na história, é o terror dos escritores: A síndrome do papel em branco. Tom simplesmente não consegue escrever uma página sequer, as idéias não vêm, é como se a literatura tivesse morrido.

A Garota de Papel, de Guillaume Musso (Verus, 348 páginas, R$ 39,90) é uma história incrível e  ambiciosa, se prepare para rir, para chorar e, principalmente, devorar o livro em poucas horas! Uma coisa bem legal, é que têm várias referências ao Brasil, como a música Garota de Ipanema, o escritor Paulo Coelho e até mesmo a menção do nosso país, em determinada situação.

Super recomendo.


A abertura do capítulo 33 é feita com um trecho de Christian Bonin, que adorei:
Podemos dar muitas coisas àqueles que amamos.
Palavras, tranqüilidade, prazer. Você me deu
o bem mais precioso de todos: a saudade.
Para mim, era impossível viver sem você; mesmo
quando estávamos juntos, eu sentia saudade.
Pág. 292

Pelo book trailer dá para sentir o que está vindo:








Curiosidade: Guillaume Musso foi o escritor que mais vendeu livros em 2011 na França - segundo o Le Figaro, ele passou de 1,5 milhão de exemplares. Sua literatura é conhecida por misturar histórias de amor e intrigas policiais. [Fonte: Estadão]


 Photobucket



PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL