twitter
RSS

Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks

>> quarta-feira, 14 de dezembro de 2011



Um amigo me disse que eu tinha uma dívida com a mulher da fotografia,
porque a foto havia me mantido a salvo, e, se eu não pagasse minha dívida,
não haveria equilíbrio. Repetiu que meu destino era encontrá-la... 
Em um determinado ponto, havia se tornado um desafio: 
se eu ia encontrá-la, quanto tempo demoraria.
Pág. 324


Quando Thibault estava na guerra, entregava sua vida e esperança a uma foto que achou no meio do deserto. Uma foto de uma moça com um sorriso bonito. Thibault não sabia o que tinha na foto, mas ele não conseguia largá-la. Quando algo terrível aconteceu em sua vida, ele sabia que precisava caminhar, ir pra longe. E ele sabia também que precisava encontrar a moça da foto, de algum jeito.

Ela era seu destino. E talvez, a paz que ele tanto ansiava estivesse com ela.

Durante a caminhada, até chegar ao destino final, Thibault espairecia e pensava. Andar era o bálsamo para os horrores da guerra. Quando chegou ao destino final, foi tão fácil encontrar a moça, agora adulta. E ela era linda!

Coloquei a mochila nas costas e comecei a andar. Minha mãe achou que tivesse perdido o juízo. Mas a cada passo que dava na estrada, começava a sentir-me renovado. Como se a viagem fosse o necessário para a minha cura. E quando cheguei a Hampton, sabia que não precisava mais continuar. Era para lá que deveria ter ido.
Pág. 217


Beth. Elizabeth. Era a moça da foto. Linda, divorciada, mãe de menino incrível e neta da dona do canil, que estava precisando de funcionário. O destino estava conspirando a favor de Thibault. Ele conseguiu emprego, alugou uma casa e começou a trabalhar perto de Beh.

Era só questão de tempo, até ele entender o porquê ela era seu destino e o porquê ele foi procurá-la.

Ele só não contava com o ex-marido, quase psicopata, de Beth.

Um Homem de Sorte (Novo Conceito, 349 páginas, R$ 29,90) é primeiro livro, de Nicholas Sparks, que li (juro!). Só tinha visto as adaptações cinematográficas de suas obras e tive uma agradável surpresa. Sua escrita é limpa e fluida. Tive sorte, ele não matou nenhum dos dois protagonistas (ufa), mas o livro tem sua cota de emoção.

Estou in love com Sparks. Recomendo.

Ah, não posso esquecer de avisar! Esse livro, também, virou filme. Estreia em 20 de Abril de 2012.  Ainda não sei a data do Brasil :( Segue trailler:




Photobucket



PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL