twitter
RSS

Kôra, O Pressentimento do Dragão - Ana Flávia Abreu

>> quarta-feira, 11 de maio de 2011



Kôra tem 18 anos e mora na pequena cidade americana de Burton. Um ano atrás foi agredida pelo seu ex-namorado. Ele não aceitou o término do namoro e partiu para agressão física. Desde então ela ficou na defensiva com homens em geral.

Até conhecer Herodes, amigo de seu ‘meio-irmão’ Razele. Herodes provoca uma fascinação que é difícil explicar. Ao mesmo tempo em que quer ficar longe dele, ela não consegue parar de pensar, de ficar junto.

Um serial killer anda devastando a cidade, matando adolescentes indefesos. E Razele e Herodes parecem saber algo sobre isso. Kôra só precisa obter as informações certas. Mas quando a verdade vem à tona... bem, não será fácil entender. Ainda mais quando ela é o principal alvo.

Tendo de aceitar o impossível, Kôra e seus amigos precisam se preparar para a batalha que está por vir.

Kôra, O Pressentimento do Dragão, de Ana Flávia Abreu (Usina de Letras, 256 páginas, R$ 30,00), nos leva à um mundo mitológico, habitado por seres com poderes mais do que especiais. Mas seres que poderiam se passar por mim, por você. Seres que amam e entendem o significado da amizade.

No início estranhei tantos nomes diferentes, mas ao longo da leitura, me adaptei. E a autora me contou que no próximo volume saberemos o porquê de nomes complexos. Cada nome tem um significado.

Outra coisa que estranhei foi o fato da história se passar nos Estados Unidos e os personagens falarem gírias conhecidas do nosso cotidiano. E tirarem carteira de motorista aos 18 anos, sendo que lá se tira aos 16 anos.

Mas são detalhes que não pesam na história em si. Kôra é uma leitura rápida e gostosa. Recomendo.

Sinopse:

De uma forma estranha, sempre me achei diferente das outras pessoas, nem melhor, nem pior, mas intrinsecamente diferente. Porém, nem isso me fazia acreditar que coisas extraordinárias pudessem acontecer comigo, até a chegada do inverno. Com a ajuda da família e amigos, consegui aos poucos voltar a ter minha vida de antes. Mas isso, não durou muito. Podia prever que um furacão estava prestes a devastar minha vida, era só uma questão de tempo. Estranhamente, com a chegada do misterioso e atraente Herodes na cidade, eu estava certa de que algo errado estava acontecendo e de que estava aumentando cada vez mais. Eu não tinha certeza se queria saber a história dele. O medo de ser algo com que eu não soubesse lidar era maior do que qualquer curiosidade que pudesse existir. Mas assim que soube, segurei o choro por ter a certeza de que agora meu pesadelo estava prestes a começar.

Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL