twitter
RSS

Desastre - S. G. Browne

>> segunda-feira, 31 de janeiro de 2011



O Amor não é uma escolha, é um desastre.

O mundo é governado por sentimentos e valores. Eles são como anjos invisíveis. Estão nos olhando de perto para ter certeza do nosso Destino e Fado. E vamos descobrindo que Destino pode ser pior que o Fado, que detém nossa sina. Destino é invejosa e manipuladora. Mas é também uma das mais lindas imortais. Já o Fado está cansado do mesmo trabalho de sempre, seus mais de cinco bilhões de humanos estão fadados ao fracasso.

Fado gosta que o chamem de Fábio, assim coloca sua vestimenta humana e caminha com os mortais. Depois de 250.000 anos desde sua criação, sua existência passou a ser rotineira e monótona. Seus humanos não aprenderam nada durante os séculos que já se passaram.

Bem, o problema de Fado é que ele é pessimista. Mas, sua vida está prestes a mudar de uma maneira que ele jamais pensaria. O nome dela é Sara. Ele não consegue ler sua sina, sinal que ela está na trilha de Destino.

Manter relações com humanos não é proibido, desde que seja contato casual ou um sexo esporádico. Mas algo em Sara o atrai que nem abelha ao mel. Inspirado pelo amor a Sara, Fábio resolve ajudar seus humanos, fazendo-os encontrarem a felicidade e caminharem na trilha de Destino.

Todo ser humano tem uma escolha.
Eles podem escolher felicidade ou podem escolher o sofrimento. Eles podem escolher o perdão ou podem escolher a raiva.
Não há absolutos. Cada situação requer uma escolha. E cada humano escolhe como ele ou ela quer reagir. Mas, inúmeras vezes, os humanos escolher sofrer. Inúmeras vezes, escolhem não perdoar. Inúmeras vezes, escolhem a raiva.
Sei que Jerry me pediu para deixar de interferir, mas eu atravessei uma porta que se fechou e foi trancada atrás de mim. Não posso ignorar mais meus humanos desafiados pelas escolhas.
pg. 166


Mas, um a um, inesperadamente, seus humanos começam a morrer. Não tem como Jerry não ficar sabendo. Ah, Jerry é o Todo Poderoso. Esperando pela misericórdia divina, Fábio fica chocado ao descobrir que além de perder a imortalidade, toda a memória de Sara será apagada. Ela nunca lembrará que o conheceu e que se apaixonou por ele.

Desastre, de S. G. Browne (Leya, 272 páginas, R$ 34,90) foi uma gostosa surpresa. Nunca li nada igual. Fiquei totalmente paralisada pela história. Ela nos envolve, nos surpreende e cativa. A narrativa é animada e ficamos torcendo a todo o momento por Fábio e Sara, desejando que o amor prevaleça e que os humanos sejam capazes de melhorar sua sina. Desastre é uma obra satírica sobre o poder que cada um tem em suas mãos, o poder de comandar o destino e o quanto cada escolha pode determinar nossa sina.

Recomendo.

p.s: O livro está em promoção no Submarino. O site disponibiliza também a leitura do primeiro capítulo.

p.p.s: Não sei o que anda acontecendo comigo, chorei no fim. Só posso colocar a culpa em: ultimamente só ando lendo ótimas histórias!

Photobucket


PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL