twitter
RSS

O símbolo perdido - Dan Brown

>> terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Vocês assistiram ao filme A lenda do tesouro perdido com Nicolas Cage? No filme o personagem vivido por Nicolas está atrás de um grande tesouro, um tesouro escondido pela francomaçonaria, e que de acordo com as pistas, está no subsolo de algum lugar com uma escadaria imensa.



O Símbolo perdido, parte da mesma premissa: existe um grande segredo guardado pelo mais alto grau maçom. Segredo esse que promete abrir as portas para os antigos mistérios. Segundo a lenda os antigos mistérios dará a humanidade o poder de alcançar todo o seu potencial. Alcançar a apoteose.

Mas o mundo não está preparado para sua descoberta. E por isso ela é passada de geração por geração pelo maçom de mais alto grau. Mas Mal'akh quer os antigos mistérios, e passou boa parte de sua vida se preparando para recebê-los: tatuou o corpo para os deuses, castrou para livrar-se dos prazerres terrenos, meditou, matou. Mas só há uma pessoa no mundo que poderá desvender o segredo, o mesmo que desvendou o Código da Vinci, o simbologista mais famoso do mundo, professor Robert Langdom.

Para atraí-lo Mal'akh sequestra seu amigo, e detento da primeira pista que leverá aos  mistérios, Solomon. Em meio ao caos formado pelas pistas que não dizem nada, Mal'akh, CIA, FBI... Langdom tem apenas 24 horas para tentar salvar seu amigo da morte, à irmã dele a inteligentíssima Katherine, à si próprio e o mundo de um humano monstruso, auto-intitulado Mal'akh.

A crítica não gostou muito desse livro. Confesso que eu gostei, a grande maioria no skoob gostou também, e acredito que a decepção foi sobre: O que é "os antigos mistérios" ? No filme de Cage, era um tesouro em ouro, aqui no livro, você nem imagina o que seja até chegar a última página do livro.

Esse livro de Dan Brown faz juz à pesquisa histórica, à emenda da trama entre todos os personagens, ao thriller de suspense. Eu praticamente devorei o livro, porque quanto mais eu lia, mais curiosa e envolvida na história eu ficava.
Recomendo.

Resumo:

Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus profundos conhecimentos de simbologia e sua brilhante habilidade para solucionar problemas.

Em O símbolo perdido, o célebre professor de Harvard é convidado às pressas por seu amigo e mentor Peter Solomon - eminente maçom e filantropo - a dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos. Ao chegar lá, descobre que caiu numa armadilha. Não há palestra nenhuma, Solomon está desaparecido e, ao que tudo indica, correndo grande perigo.

Observação 1: O livro traz um assunto muito importante à tona: Ciência noética. Eu fiz faculdade de física, e na época, 10 anos atrás, eu nunca havia ouvido falar desse assunto, e confesso que Dan Brown me deixou de boca aberta ao explicar com riqueza de detalhes sobre o que ela é, do que trata, e o que ela propõe.

Não leu o livro e ficou curioso sobre ciência noética?? Na Wikipédia tem.

Observação 2: Na época do lançamento do livro a editora Sextante, lançou o site do livro com uma super brincadeira: seja Robert Langdom, desvende nosso segredo e ganhe um super kit. O nível dos participantes foi super alto, nem participei, rs e comprei meu exemplar na livraria. O site tem muita coisa legal, e interessante, para ver clique aqui.

P.S: E eu espero que o filme O símbolo perdido seja lançado!


Você tem Twitter? Aproveite e siga o @MeninadaBahia, e não deixe de assinar nosso Feed para nos acompanhar em tempo real!

Assine também nossa Newsletter:




Menina da Bahia

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL