twitter
RSS

Encanto eterno - Kimberly Raye

>> quinta-feira, 14 de janeiro de 2010




2º livro da série Amor à primeira mordida

Eu ia postar o livro 3 dessa série, que é o livro reserva do desafio literário by RG, e descobri que eu tinha lido esse e esquecido de postar. Que absurdo! Absurdo meu.

Dillon era nerd, um nerd estranho, sem vida social, sem namorada. Até o dia em que ele virou vampiro. E virou o rei do sexo. Vampiros, nesse livro, precisam se alimentar sempre de duas coisas: sangue e sexo. Dillon, então, aproveitou que vampiros emanam um poder, que nós, mulheres mortais, não resistimos. É como se ele fosse um pedaço enorme e suculento de picanha, e nós viciadas em carne vermelha de dieta por por meses. Ou seja, vemos, babamos, queremos instantâneamente.

Quem não estava gostando muito dessa nova vida de Dillon, era sua melhor amiga Meg. Dillon era o único com o qual ela tinha vontade de conversar. O único amigo de verdade que ela tinha. E vê-lo, lindo e cheio de mulheres, despertou uma onda de ciúmes que nem ela mesma sabia que tinha.

Ela resolveu que Dillon tinha que ser dela, apenas dela. E partiu para o ataque de sedução. Será que Meg se saiu bem? Só posso contar que esse livro é hot, na verdade, tem muito sexo, mas não muito hot. Como a Carol, do Mulheres Românticas, disse "... aí se fica na dúvida onde está o Desejo Fuego, não estou dizendo para ter só isso, mas... que ficou faltando, isso faltou."


Recomendo. E para quem está participando da Maratona de Banca, esse livro se enquadra na categoria: amigos que se apaixonam.


Resumo:

Dillon Cash era o sujeito mais esquisito de Skull Creek, até ser atacado por um vampiro e se tornar em uma máquina de sexo. Agora, todas as mulheres da cidade querem tirar uma casquinha desse sexy caubói! Meg Sweeney não se conforma com as mudanças do seu amigo Dillon e quer saber como ele conseguiu mudar do dia para a noite! Afinal, se Dillon pode ser um pedaço de mau caminho, ela também quer descobrir a deusa que existe dentro dela. Meg só precisa de algumas lições...E Dillon jamais negou qualquer coisa para sua melhor amiga...

Mas ele não desconfiava que passar uma noite com Meg em sua cama o deixaria morrendo de vontade de viver outra vez

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL