twitter
RSS

Síntese histórica - parte 5

>> sábado, 26 de setembro de 2009


Continuando citando o resumo do livro da Val, "durante séculos, os habitantes locais acreditavam que o lendário Fletcher Christian, líder do motim no Bounty, havia forjado o massacre na Ilha de Pitcairn, para que pudesse regressar à Inglaterra."

Minha síntese de hoje é sobre o capitão Fletcher, famoso pelo motim no Bounty. E esse motim será o nosso próximo assunto.

Fletcher Christian (1764 - 1793) foi o primeiro imediato ao serviço de William Bligh em 1789.

Após este episódio, Christian e os amotinados fundaram uma colónia nas Ilhas Pitcairn, mais tarde deslocada para a Ilha Norfolk. Os descendentes que tiveram das suas mulheres Taitianas representam a parte principal das populações destas ilhas.

No livro da Val, ela comenta que a família de Flecther conseguiu esconder a mulher haitiana e filha dele, da população durante 120 anos. Para que vocês entendam direito, Fletcher já era casado, antes de se refugiar nas ilhas Pitcairn, e lá se apaixonou por uma haitiana e teve um filho com ela. E a esposa verdadeira dele, seus filhos e descendentes conseguiram manter em sigilo o caso extra conjugal de Fletcher, que virou uma personalidade notória, depois de ser o responsável pelo grande motim.

Jane a personagem do livro da Val, parte da teoria que: se uma família é capaz de manter segredos por tanto tempo, é possível que um grande segredo ainda poderá estar guardado, e é atrás dessa descoberta, que se desencadeia a trama.

E esse famoso motim, irei postar na segunda, e confesso que estou fascinada com o assunto.
p.s: perceberam que hoje não teve fonte de consulta? rs, estou ficando craque no assunto e lembrando das pesquisas que li.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL