twitter
RSS

Quatro vezes amor - Stephanie Bond

>> quarta-feira, 24 de junho de 2009


1º livro da série 4-letter word

Essa série, na verdade um dueto, é super engraçada. Muito mesma. Neste livro temos a Lucy, que é noiva, está prestes a se casar, mas quando conhece John, devido a um compromisso de trabalho ela vê faíscas no ar, mas Lucy não era do tipo materna e John tinha nada mais nada menos que 3 filhos pequenos, na verdade 3 pestinhas.

Lucy estava encarregada de decorar a casa de John, mas teria também que cuidar dos filhos dele, nesse meio tempo. Entre tanta confusão o amor entre eles brota. Lucy anda muita atarefada com a reforma da casa de John, que é enorme e nisso o noivo de Lucy, Alan, tem de ir aos compromissos sociais com a melhor amiga de Lucy, Pamela (a história dela é o próximo livro da série).

Tem 3 cenas que merecem destaque: quando ela tem que ir na escola dos meninos, quando John fica excitado e o noivo de Lucy aparece e ele não tem como esconder a ereção, rs, e quando John aparece no casamento de Lucy para detê-la de se casar com quem ela não ama.

Resumo:

Como se soletra a palavra "terror"? C-R-I-A-N-Ç-A-S!

Lucy Montgomery não tinha nada contra crianças... só não queria tê-las. Assim quando descobriu-se obrigada a levar três adoráveis monstrinhos aos mais importante compromisso de sua carreira, ela entrou em pânico.
Então ela conheceu o pai das crianças, o encantador viúvo John Sterling, e soube que seus problemas estavam apenas começando. Porque John era o homem que Lucy havia procurado durante toda a vida. Mas, apensar de todos os encantos do pai, Lucy ainda temia os filhos dele.

Obs1: a série se chama 4 letras pois em inglês crianças [kids] e esposa [wife] tem apenas 4 letras.

Obs2: a Beta do blog Literatura de Mulherzinha escreceu no seu blog: "FALHA GRAVE NA TRADUÇÃO!!! Da página 5 a 12, a protagonista é chamada Anna. Da 13 em diante, sem mais nem menos, ela vira Lucy! E no comentário da autora, na página 123, a personagem volta a ser chamada de Anna. Se alguém descobrir o motivo da façanha e me explicar, juro que vou me esforçar para entender!" e eu confesso que nem percebi isso, kkk, estava tapada ao ler, só pode ser, tive que olhar para ver se estava errado mesmo, e não é que este erro grave aconteceu memso?! Aff... detesto isso, pois as editoras tem revisores para isso. Segue meu protesto também!.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL