twitter
RSS

A Mulher Entre Nós- Greer Hendricks e Sarah Pekkanen

>> quarta-feira, 9 de maio de 2018


“No meu casamento, havia três verdades, três realidades diferentes e às vezes conflitantes. A verdade de Richard, a minha verdade e a verdade pura e simples, que é a mais difícil de reconhecer.”
Olá Pessoas! Tudo bem com vocês?

A resenha de hoje, depois de um tempo com bloqueios criativos, é do livro A Mulher Entre Nós (Ed. Paralela, 2018, 352p.) das autoras Greer Hendricks e Sarah Pekkanen.

No início do livro temos dois pontos de vista, o da Nellie que é a atual noiva do Richard e o da Vanessa, a ex de Richard que fará de tudo para que ele não se case com sua substituta. A primeira impressão que a gente tem é que Vanessa está ainda inconformada com a separação e não superou que Richard seguiu em frente.



Só que com o decorrer da leitura, ela vai contando detalhes sobre a sua vida e sobre seu casamento. Com o passar do tempo e também cada vez que ela não conseguia engravidar eles se sentiam frustrados e então começaram os primeiros desentendimentos. Richard tinha um temperamento um tanto quanto complicado, só tinha a irmã Maureen como parente viva, seus pais não foram modelos em casa como pais e como casal. O que certamente ajudou a moldar a personalidade volátil dele.

Ela via que ele fazia com sua substituta o mesmo que fez com ela enquanto estavam noivos, um verdadeiro anjo protetor. Mas era preciso impedir que ele fizesse uma nova vítima, assim como fez com ela. Provar era complicado, Richard tinha uma reputação ilibada e ele poderia usar que Vanessa tinha problemas psicológicos como a mãe, mesmo que isso não fosse verdade.

Confesso que o começo de A mulher entre nós foi um tanto quanto lento, mas com o aprofundar da leitura você se sente preso o suficiente no enredo para querer saber o que é que acontece e como vai ser o desfecho. Quem é do bem? Quem é do mal? Várias são as especulações sobre os personagens, porque ninguém é quem parece ser, ou seja, a gente passa a desconfiar de todos.



O livro é dividido em três partes e cada parte a gente chega a conclusão de: "Só sei que nada sei!" "Onde estou e como vim parar aqui?" Sério,

O enredo das duas autoras, que por sinal, nunca li é muito bem elaborado. As duas conseguiram conversar bem no processo da escrita, pois não tem nenhuma ponta solta. O final é surpreendente, não foi o que eu esperava e ao contrário do que pensei, esse livro não é o thriller como pensei, mas não deixa de ser porque é muito psicológico sim e principalmente porque o que leva ele a ser, se trata de relacionamento abusivo.

Nunca tinha lido um thriller psicológico sobre relacionamento abusivo e me surpreendi demais. Já li muitos sobre relacionamento abusivo, ponto.Mas nenhum que retrate o que se passa na mente das vítimas e o que elas tem vontade de fazer com seus agressores. Vanessa leva muito a sério a frase "agressores não passarão!" Tanto que por uma fração de segundo cheguei a cogitar na hipótese dela ser uma Amy da vida, de Garota Exemplar, ainda bem que eu estava errada.



Sem contar que eu comecei a ler A mulher entre nós contendo um pouco a empolgação por medo de me decepcionar, acho que as melhores leituras que fazemos é justamente quando não depositamos expectativa alguma sobre ela. Quero dar o parabéns à Paralela, que enviou um envelope junto com o livro, contendo alguns alfinetes, barbante e os nomes de personagens e elementos que interligam na história para brincarmos de detetives durante a leitura. Foi genial e me ajudou muito nas minhas teorias.
Então, é isso, se vocês estão se aventurando na leitura de suspense ou tem medo de ler thriller mas quer iniciar, A mulher entre nós é um ótimo livro para tal. Por hoje é isso, espero que tenham gostado da resenha. Um beijo enorme e até a próxima!




















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL