twitter
RSS

[Resenha] Uma proposta e nada mais - Mary Balogh

>> segunda-feira, 9 de abril de 2018


Olá, pessoal!


Hoje venho falar de um romance de época muito bom, é a primeira vez que falo desse gênero aqui no blog que recentemente peguei um gosto e me viciei totalmente por esse tipo de livro e me arrependo por ter demorado tanto a ler romances tão apaixonantes quanto os que tenho lido ultimamente dentro desse gênero, mas vamos ao que interessa, pois o livro da vez é Uma Proposta e Nada Mais da autora Mary Balogh (Editora Arqueiro, 2018, 272p.).

"Quando alguém enfrentava um grande sofrimento, sempre restava alguma fragilidade, uma vulnerabilidade onde antes houvera integridade e força, até mesmo inocência." 


Uma Proposta e Nada Mais é o primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes e nos conta a história de Gwendoline e Hugo, pessoas com um carga de culpa e que sofreram bastante no passado.

Gwendoline é uma jovem viúva, que resistiu a se casar novamente mesmo já tendo anos da morte do marido, mas durante uma caminhada na praia ela percebe que está se sentindo solitária a algum tempo e pensa sobre a possibilidade de casar de novo, porém com um homem que seja bom e mais tranquilo. É nessa caminhada na praia pensando sobre sua vida que Gwen acaba conhecendo Hugo, um ex-militar carrancudo e cheio de grosserias.

Hugo é herdeiro de uma grande riqueza após a morte de seu pai, um rico negociante, e agora ele é responsável pela sua madrasta e meia-irmã mais nova que precisa ser apresentada a sociedade em breve e quando se vê nessa posição decide que chegou a hora de casar.

Depois de acontecer um pequeno incidente com Gwen durante a caminhada na praia e ela torcer o tornozelo, Hugo a ajuda e a leva para Penderris Hall, a residência onde está hospedado passando uns dias, que na verdade, nada mais é que o chamado Clube dos Sobreviventes onde ele e outras seis pessoas que também serviram na guerra se encontram uma vez ao ano para renovar a amizade e continuarem a apoiar um ao outro, eles se conheceram durante o período de tratamento e recuperação que passaram em Penderris e criaram um laço forte durante isso, eles são George, Flavian, Ralph, Ben, Vincent e Imogen, a única mulher entre eles.


"É preciso de um escoadouro para os segredos, senão eles apodrecem e se transformam num fardo insuportável."

Enquanto Gwen passa alguns dias em Penderris para se recuperar, consequentemente ela e Hugo se aproximam cada vez mais e passam a se conhecer mais e a atração entre eles só faz crescer também, e fica mais difícil não ceder a tentação de se entregar ao desejo. 

A história segue a partir dessa premissa, mas não foca apenas na construção do romance entre Hugo e Gwen, a autora se preocupou em criar um pano de fundo muito bom para este livro, então além disso, conhecemos cada personagem que faz parte da vida de nossos protagonistas, a ambientação da história desde o inicio até o final é maravilhosa, e eu me senti vivendo cada experiência dos personagens, por isso a escrita da Mary Balogh me agradou muito, ela conseguiu passar sentimento na narrativa, criou uma trama envolvente e a desenvolveu muito bem, com ótimos personagens, sem pontas soltas e com um bom fechamento.

"Todos nós precisamos ser amados, Gwendoline, de uma forma plena e incondicional. Mesmo quando carregamos o fardo da culpa e acreditamos não merecer amor. A verdade é que ninguém merece. Não sou religioso, mas acredito que é disso que tratam as religiões. Ninguém merece, mas ao mesmo tempo, todos nós somos dignos de amor."
Ainda não decidi se gostei ou não da capa de Uma Proposta e Nada Mais, quando essa capa foi revelada e eu bati o olho nela achei parecida com uma lápide com essa foto no meio e as cores usadas não me agradou, mas quando o livro chegou em casa e eu analisei um pouco mais até gostei da simplicidade e dos detalhes, as rosas em um tom mais claro de verde por toda capa deram um charme, mas não seria um livro que compraria pela capa. Tô na dúvida, o que vocês acharam dessa capa? Sobre a diagramação, está ótima para a leitura com uma fonte agradável e páginas amareladas.

Mary Balogh nos apresenta nesta obra uma história de amor, amizade, superação, e segundas chances, enquanto também nos faz conhecer personagens cativantes e que conquistam o leitor, e ao final da leitura a vontade que eu eu tinha era ter o próximo livro pra começar a leitura imediatamente, a expectativa só aumentou para conhecer mais a história de um personagem secundário apaixonante que me intrigou muito, Vincent. 

Gostei muito da leitura, e com certeza recomendo pra quem ama romances de época, Um Proposta e Nada Mais vale a pena.

"As pessoas compreendem a linguagem do coração, mesmo que a cabeça nem sempre consiga."


Beijinho e até a próxima!


Classificação: 4 estrelas ★★★★















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL