twitter
RSS

[Resenha] Amor Sem medidas- Sophie Jackson

>> segunda-feira, 18 de dezembro de 2017



Olá, pessoas!

Olha eu aqui mais uma vez, depois de muita correria e falta de tempo eu venho falar pra vocês sobre o livro Amor sem Medidas (Ed. Arqueiro, 2017, 288p.) da Sophie Jackson, então vamos ao que interessa.

Amor sem medidas é o terceiro livro da trilogia Desejo proibido, mas pra quem ainda não leu os livros anteriores e não se importar com uns pequenos spoilers ocasionais, pode ler esse aqui, apesar das histórias serem entrelaçadas, não são dependentes uma da outra.

"Muita coisa havia sido feita, e muitas palavras foram ditas. Ele tinha aprontado demais, feito péssimas escolhas e magoado aqueles que mais amava."


Riley Moore é um ex-presidiário que cometeu alguns erros ajudando um amigo e por isso acabou sendo preso no passado, mas ele cumpriu sua pena e hoje trabalha em uma oficina e ama seu trabalho, onde é sócio com o amigo, Max. Vive uma vida tranquila e normal, bem, a vida de Riley parecia ok, apesar dos conflitos com o pai que ficou muito decepcionado quando Riley acabou sendo preso, ele seguia sua vida, mas tudo muda quando o pai sofre um ataque cardíaco, e ele larga tudo em New York para voltar a sua cidade natal, Michigan, e estar ao lado da mãe nesse momento e com isso tentar resolver as coisas com o pai, porém, estar em Michigan reabre feridas que nunca cicatrizaram na forma de um amor perdido e um coração partido pela única garota que ele já amou, Lexie Pierce.

É muito difícil esquecer um amor tão poderoso que nasceu de uma amizade muito bonita e faz parte de metade de sua vida, e Riley se vê de frente a esse sentimento novamente quando reencontra Lexie, e apesar de todo esse amor, há também muito ressentimento. Tudo vem a tona depois disso, e nós embarcamos nessa trajetória com personagens encantadores e uma linda história de amor e perdão.

"Dentro dele, a raiva e a decepção lutam contra a saudade e a esperança."

Lexie é uma personagem ótima, forte e cheia de personalidade e atitude desde novinha. Ela acabou tomando algumas decisões erradas que prejudicou a si mesma e ao homem que ela mais amava. Porém, independente de qualquer coisa e dos erros que ela cometeu, ela é uma personagem que gostei demais, que sofreu muito, mas superou as dificuldades que enfrentou ao longo da vida, e uma das características que mais gostei sobre Lexie, é que ela não esconde o que sente, ela não tem medo de expressar seus sentimentos. Agora, Riley... Me encantei por ele, é muito fácil se apaixonar por esse homem, ele é um personagem e tanto, lindo, sexy e bondoso e dono de um coração maravilhoso.


Os personagens secundários embelezam esse livro, a família de Riley esteve muito presente na trama, gostei muito da mãe dele, Joan, ela é muito querida, e seus 3 irmãos tão lindos quanto Riley, foi um amor a parte ver o quanto eles são unidos e leais. O pai, Park, foi durão e distante praticamente durante todo o livro, mas deu o braço a torcer no final das contas, Carter e Kat do primeiro livro e Max e Grace do segundo fizeram pequenas aparições e foi muito legal revê-los.

Amor sem Medidas é narrado em terceira pessoa, com flahsbacks do passado de Riley e Lexie, que foram partes muito especiais pra mim, vê-los crescer e entender como foi construído o amor entre eles foi incrível. A escrita da Sophie Jackson é muito envolvente, ela conseguiu transmitir os sentimentos dos personagens e me deixou agarrada ao livro, e ler a última palavra e ver aquele ponto final me deixou com saudade imediatamente. Uma confissão, eu não gosto de livros em terceira pessoa, eu tenho dificuldade em sentir os personagens e me envolver na história, são poucos os livros que realmente gostei em terceira pessoa, e felizmente, posso dizer que apesar de não gostar, a autora escreve tão bem e com leveza, que a leitura fluiu que eu nem percebi e esqueci o meu bloqueio com esse estilo de narrativa. A capa segue o padrão dos livros anteriores e gostei dela, a diagramação está simples, com páginas amareladas, fonte e tamanho ótimas para a leitura.

"– Não posso esquecer o que sinto por você, da mesma forma que não posso decidir para de respirar. E olha que eu tentei. Acredite. Por anos e anos. Mas não dá."

Amei ter dado uma chance a esse livro, pois, por algum motivo bobo ou sei lá o quê, pensei que não fosse ler essa trilogia completa, eu me sentia satisfeita apenas com o primeiro livro, e então li o conto, Eternamente Você e depois li o segundo livro, Paixão Libertadora, e agora estou aqui contando minha experiência com o terceiro livro, e foi somente em Amor sem Medidas que me emocionei mais, derramei até algumas lágrimas em uma cena especifica e suspirei apaixonada muito mais que nos anteriores, é o livro mais especial dos três pra mim.


Por fim, essa obra é mais do que um simples romance, a autora se preocupou em falar sobre família, amizade, perdão, segundas chances e o amor sem medidas como diz o titulo, foi tocante e emocionante, é um livro recheado de cenas lindas que aquece o coração.

"Você é o mundo inteirinho para mim."

E é claro que recomendo, leiam!

Classificação: 4 estrelas ★ ★ ★ ★

Beijos e até a próxima!


















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL