twitter
RSS

[Resenha] Soul Rebel- Kimberly Mascarenhas

>> segunda-feira, 25 de setembro de 2017


“Não sei exatamente como ou quando foi, mas entre vícios e virtudes, ele se tornou minha única droga.”

Olá Pessoas!! Tudo bem com vocês?

A resenha de hoje é do livro Soul Rebel- Reviravolta (Editora LeYa, 2016, 400 p.) primeiro livro de uma trilogia, da autora Kimberly Mascarenhas. Soul Rebel é o seu romance de estreia, que por sinal eu conheci quando ainda era uma fanfic (de sucesso, diga-se de passagem) no Wattpad.

O livro é dividido em duas partes, na primeira conhecemos Cassidy ou Caissy como gosta de ser chamada, uma garota de 17 anos que mora em um colégio interno católico porque sua mãe foi internada em uma clínica psiquiátrica e seu pai não sabia o quer fazer com uma filha adolescente. Abandonando-as logo quando descobriu a doença da esposa. O  colégio é cheio de regras e uma delas é que as alunas são proibidas de sair para qualquer lugar. Mas isso não impede que Cassidy e sua melhor amiga Claire deem umas escapadas em noites de muito tédio.



E é em uma dessas escapadas que Caissy conhece um cara sexy, bonito e com todo jeito de bad boy. Ele tenta algo com ela , mas logo leva um fora, ele insiste, ela joga bebida na cara dele porque sua fama é de perigoso e segue o baile porque é dessas. O que ela não esperava é que sua vida daria um giro, pois no dia seguinte a este episódio ela recebe a notícia de que sua mãe faleceu. Eis que surge Deborah, uma amiga da mãe dela da época da faculdade a qual ela nunca teve conhecimento e a convida para ir morar com ela por um tempo.

Claro que Cassidy fica com um pé atrás sobre ir, mas é melhor do ficar naquele colégio. Chegando na casa da Deborah encontra quem? Isso mesmo o boy que ela dispensou e que por sinal ainda está furiosíssimo com ela. Mason não facilita para Caissy em sua estadia, afinal sua fama é de vingativo. Eles se desentendem real e ela se apavora, decidindo fugir de casa sozinha e então acontece uma situação bastante tensa na rua e Mason a salva.

 “- Você sempre faz escolhas idiotas? Você mal me conhece, não pode entregar sua vida para mim dessa forma. Não sou nada.
- Eu não tenho nada, Mason. Nunca tive, na verdade. Por isso faço do "nada", o meu "tudo"."



A partir deste momento, ela não vê outra alternativa a não ser voltar para casa com ele e parece que ligou um botãozinho na Cassidy que enxerga em Mason um ser humano bastante incrível (dentro do contexto em que ele vive). A parte dois se baseia no casal e nos conflitos que eles passam por conta de terem se entregado à paixão. Na verdade, sendo bem sincera, a impressão que tive foi que só Caissy se entregou, porque Mason parecia usa-la como válvula de escape para esquecer sua ex-namorada, Alexia.

Uma coisa que eu achei interessante foram as partes em que mostra Mason trabalhando com sua quadrilha. Eu já tinha entendido que ele era  perigoso, mas não fazia ideia do porquê. E algo que acabou me irritando um pouco foi o fato dele acabar arrastando Cassidy para este submundo. Ele tem 25 anos e ela 17, querendo ou não, aparentando ou não, ela ainda é menor de idade. Porém, esse foi fator bastante interessante para esse livro ter altas tretas, é tiro atrás de tiro.

“ Você devia ter medo de mim. Mas não tem. É a única pessoa do mundo que se entrega para mim dessa forma. Você é completamente louca.”



Achei muito interessante que a autora começou a escrever este livro com apenas 15 anos, porque ele é intenso em um nível que não sei nem explicar. O final é daqueles que a gente fica roendo as unhas para o próximo. Você se sente num mix drama mexicano com Velozes e Furiosos, enfim, uma mistura muito louca e ao mesmo tempo muito interessante. 

Espero que tenham gostado da resenha, um beijo enorme e até a próxima!!
























PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL