twitter
RSS

[Resenha] Meus dias com você- Clare Swatman

>> segunda-feira, 4 de setembro de 2017


''Será que é tarde demais para mudar o destino?''

''A vida é uma caixinha de surpresas'' é um ditado que se encaixa perfeitamente em Meus dias com você (Editora Arqueiro, 288 páginas, 2017). Tocando em questões profundas, o livro de estreia da autora Clare Swatman, me causou arrepios, reflexões e (algumas) lágrimas, rs.

Uma manhã. Um casal. Uma terrível discussão... Uma partida inesperada e trágica. Quando Ed sofre um acidente após sair de casa naquela manhã de habituais discussões, Zoe se vê sem chão ao perder o grande amor da sua vida: não disse o último ''eu te amo'', tampouco teve a chance de se despedir ou de fazer as pazes. Mas a partida de Ed seria o fim?

Menos de dois meses após perder o marido, Zoe cai e desmaia. Ao acordar, porém, está em um cenário completamente inusitado: o ano é 1993! É o dia em que deixa a casa dos pais e parte para a faculdade... Estaria sonhando ou loucamente estaria revivendo de verdade aquele momento?

''O que você faz quando acorda em sua vida antiga? Existe algum manual, um conjunto de regras a seguir? E quanto tempo vai durar até eu voltar à vida real? Um dia, uma semana, um mês? Para sempre? Estremeço com esse pensamento. ''



Mas, afinal, qual seria o propósito de tudo isso?

Tendo a oportunidade de reviver dias importantes na sua relação com Ed (o título se encaixou
perfeitamente!), Zoe cogita que conseguirá mudar os acontecimentos e evitar a morte do marido. A cada novo dia, ao conferir a data no calendário, ela se recorda do que aconteceu e o que pode fazer, agora, para mudar algo.

Cada momento que reviveu foi importante para Zoe perceber a leveza do início do namoro com Ed. Leveza essa que foi perdida ao longo dos anos, sendo substituída por brigas e pelo afastamento emocional entre os dois. Ao poder reviver aqueles dias, Zoe teve a oportunidade que muitos de nós já imploramos para ter: poder voltar atrás e mudar alguma situação.

Para uma fã de romances como eu, foi lindo de ver o início do relacionamento de Zoe e Ed e as
histórias que eles viveram. Fiquei angustiada a cada crise e em alguns momentos tive vontade de entrar na história e fazê-los parar. Mas depois entendi a importância de cada vivência. E percebi que a autora não economizou nas semelhanças com a vida real. Zoe e Ed é um casal de "carne e osso", poderia facilmente ser algum casal que conhecemos por aí.

"E se eu não tiver feito o suficiente para salvá-lo? E se eu não conseguir fazer isso hoje? E se eu tiver
fracassado?"



Durante a história, fiquei apreensiva quanto ao que aconteceria no final, mas fui surpreendida e confesso que lágrimas foram derramadas. :’) Acredito que se tivesse terminado de outra forma, a essência do livro teria se perdido. Afinal, não basta apenas ter a chance de mudar o destino, é preciso aprender com ele. E Zoe aprendeu.

A capa ficou muuuito linda e o marcador magnético também, fofo demais! Já estou à espera dos próximos livros de Clare Swatman!!!

Saldo final: ★ ★ ★ ★ ★!

Um beijo e até a próxima!


















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL