twitter
RSS

[Resenha] Depois Daquela Montanha- Charles Martin

>> segunda-feira, 5 de junho de 2017



Olá Pessoas!! Tudo bem com vocês?

A resenha de hoje é do livro Depois Daquela Montanha (Arqueiro, 2016, 304p.), do autor Charles Martin. Sabe quando você lê a sinopse, ela mexe contigo, mas mesmo assim sente que vai ser um clichê de pessoas que sofrem um acidente, ficam isolados e desenvolvem uma relação de amor, por causa da consequência? Paguei minha língua, pois o autor me surpreendeu ao transformar um potencial clichê em algo maravilhoso!!

Para começar, o Dr. Ben Payne, ortopedista e a jornalista Ashley Knox são os únicos sobreviventes de um avião que caiu no alto de uma montanha. Então, não temos um cenário romântico, aliás nem um possível casal até o momento. Até porque o Ben é casado com a Rachel e é tão lindo como ele fala sobre a esposa, a paixão que ele tem por ela, afasta qualquer possibilidade da Ashley fazer uma tentativa de ter algo com o Ben. Ela também nem poderia, porque é noiva.  



A Ashley ficou com uns ferimentos bem graves e como onde eles caíram só tem neve, fica difícil até para o Dr. Ben fazer muita coisa. Na verdade ambos precisam ir para um hospital, mas o tempo só piora, ninguém sabia que eles haviam fretado aquele avião e que as coisas deram errado. O bom humor de ambos foi um remédio bem bacana para que eles aguentassem todo o caos da sobrevivência, as fortes tempestades de neve. E o ponto mais amor para mim é que, como falei anteriormente, a forma como o Ben fala da Rachel para a Ashley, temos a impressão que já a conhecemos e nutrimos todos, nós leitores e a Ashley, um respeito enorme por ela.

O livro é narrado pelo Ben, intercalando passado e presente. O passado é quando mostra Ben falando com um gravador, mandando mensagens para Rachel e outros acontecimentos sobre seu passado, que faz que entendamos como as coisas aconteceram para que eles chegassem até ali, no topo da Montanha. O presente é pós-acidente, narrando sobre ele e a Ashley como sobreviventes, como estão se virando e como está ficando cada vez mais difícil, pois daqui a pouco faltarão recursos básicos como, água e comida.  



A leitura deste livro tão lindo, que fala sobre solidariedade, companheirismo, amizade, respeito, superação. Faz com que reflitamos sobre vários pontos em nossa vida. O Charles ganhou muitos pontos comigo, que até então nunca tinha lido livro nenhum dele, pois me fez ver que temos sempre uma mania infeliz de querer um ‘felizes para sempre’ nas histórias,  passando por cima de tudo e todos os envolvidos. Chega um ponto que a gente desiste de ver o Ben e a Ashley juntos pois parece algo sem sentido, desrespeitoso talvez.

E o Charlie arrasou tanto com a solução sobre isso para os personagens, pois me pegou de surpresa, confesso. A gente vê o amor como uma coisa fundamental, necessário, que em momentos difíceis a gente pode se perder se estivermos sozinhos. O companhia um do outro foi o combustível para que eles aguentassem tudo. Antes que falem que eu falei demais, vou parando por aqui. Só posso dizer que fiquem tranquilos, tudo o que estou  falando é superficial. Com este livro eu JAMAIS poderia estragar a surpresa que o autor construiu de forma tão perfeita para o final.

Os capítulos são curtos, a leitura flui tão rápido, porque é impossível abandonar a leitura, que quando nos damos conta, acabou. E o Charles virou meu mais novo autor favorito. Que eu vou sair recomendando, pois a leitura deste livro é obrigatória.

Espero que tenham gostado da resenha, um beijo enorme e até a próxima!! 






















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL