twitter
RSS

[Coluna] Livros Que Se Tornaram Filmes

>> sábado, 1 de abril de 2017



Olá pessoas, tudo bem?

Na coluna desse mês vamos falar de uma despedida, a despedida de um herói, por vários anos fui fã do Wolverine, esse herói meio que incompreendido, às vezes até interpretado como um anti-herói.


Logan conta uma história baseada na HQ Old Man Logan (Velho Logan em tradução literal), que se passa em uma espécie de mundo depois que muitos dos super-heróis mutantes foram derrotados e estão sendo cassados.

Infelizmente devido aos direitos de adaptação, o filme não foi fiel ao HQ, vários personagens do universo cinematográfico produzido pela Marvel Studios como Hulk, Gavião Arqueiro entre outros não foram inseridos no filme.

Você pode estar me perguntando “nossa Ana mais ficou tão diferente o filme do HQ?”

Simmm ficou, para se ter uma idéia da falta que fez os heróis da Marvel vejam a resenha da HQ, pela primeira vez nessa coluna teremos spoiler...

A SEGUIR SPOILER DO HQ...
Os Estados Unidos foram conquistados e divididos entre os supervilões, com áreas pertencentes ao Abominável (depois conquistado pelo Hulk), Magneto (depois conquistado pelo novo Rei do Crime), Doutor Destino e Caveira Vermelha, que se nomeou presidente. Os heróis foram eliminados, com alguns poucos sobreviventes escondidos e espalhados pelo país. Nesse futuro distópico, Logan vive com sua esposa Maureen e seus filhos Scotty e Jade em um lote de terra estéril em Sacramento, Califórnia, agora parte do território da gangue dos Hulk. Ele precisa de dinheiro para pagar o aluguel para os proprietários deste território: os netos do Hulk, que são produtos de anos de procriação incestuosa entre Banner e sua prima Mulher-Hulk. A fim de pagar o aluguel, Logan aceita um trabalho oferecido pelo Gavião Arqueiro agora cego: ajuda-lo a atravessar todo o país, para Nova Babilônia, e entregar um pacote secreto e ilegal que Logan acha que se trata de drogas, mas será mesmo?

Neste cenário devastado encontramos o nosso personagem ganhando a vida como motorista, já está cansado de lutar e com seu fator de cura se deteriorando por conta do seu envelhecimento.

Quem assistiu o filme vai entender a diferença brutal, do HQ para o filme...

O filme também marca a despedida de Hugh Jackman do papel de Wolverine e se já doeu assistir sabendo dessa despedida imagina quando eu soube depois de assistir que também se tratava da despedida Patrick Stewart que disse que essa foi sua derradeira aparição como Professor Charles Xavier.

Pois é, esse filme foi um dos melhores filmes que vi esse ano, ver o Wolverine como pessoa, como ser humano é algo que me marcou muito.

E vocês assistiram esse filme? Leram a HQ? O que acharam?

Até o mês que vem, na próxima coluna.





















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL