twitter
RSS

[Coluna] Eu Indico #5 - Livros que falam de suicídio.

>> quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Olá Pessoas! Tudo bem com vocês?

O mês de Setembro é considerado o mês de combate ao suicídio. Já fiz uma postagem sobre isso lá no nosso Instagram (se ainda não viu, clique aqui). Lá tem dados estatísticos reais sobre o assunto. E sim, precisamos falar muito ainda sobre isso para que os casos diminuam ou até mesmo erradique.
E nada melhor do que conhecer o assunto é ler sobre ele. Separamos (equipe Menina da Bahia) alguns livros que falam sobre ou que tenham algum caso de suicídio na história. São eles:

1- O Último Adeus- Cynthia Hand
O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.
O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante.
O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.

2- Veronika decide morrer- Paulo Coelho 

Aos 24 anos, a eslovena Veronika parece ter tudo : juventude e beleza, pretendentes, uma família amorosa e um emprego gratificante. Mais num dia frio de novembro ela toma um punhado de remédios para dormir com a intenção de nunca mais acordar.
Só que ela acorda - e no Sanatório de Villete, o lugar de onde ninguém jamais havia fugido. Logo fica sabendo que só teria alguns dias de vida e isso desperta emoções até então desconhecidas.
Inspirado em experiências próprias, Paulo Coelho escreve 'Veronika Decide Morrer' para questionar o significado da loucura e celebrar os indivíduos que não se encaixam nos padrões do que a sociedade considera 'normal'.

3- A playlist de Hayden- Michelle Falkoff 
Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente.
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.

4- Virgens Suicidas- Jeffrey Eugenides 

Num típico subúrbio dos Estados Unidos nos anos 1970, cinco irmãs adolescentes se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia, ocorrida no seio de uma família que, em oposição aos efeitos já perceptíveis da revolução sexual, vive sob severas restrições morais e religiosas, é narrada pela voz coletiva e fascinada de um grupo de garotos da vizinhança. O coro lírico que então se forma ajuda a dar um tom sui generis a esta fábula da inocência perdida.

5- Os 13 Porquês- Jay Asher 

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker - uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

6- Por Lugares Incríveis- Jennifer Niven

Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver. Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, a garota se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família. Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.


Além desses, aqui no blog tem resenha de dois dos três livros que aparecem na foto postada no Instagram e que valem muito a pena a leitura: 
Espero que vocês tenham gostado, afinal nada melhor que juntar nossa paixão pela literatura para fazer um post de utilidade pública, não é mesmo?!
Um beijo enorme e até a próxima.
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL