twitter
RSS

[Resenha] Salve-me - Rachel Gibson

>> segunda-feira, 30 de maio de 2016



Eu gosto muito dos livros da Rachel e já li todos os que foram lançados aqui e alguns ainda não lançados e que torço fervorosamente para que cheguem aqui e eu possa coloca-los todos juntos na minha estante.

Em Salve-me (Geração Editorial/Jardim dos Livros, 2016, 266 páginas) vamos conhecer a Sadie Jo que após muitos anos, sem ver seu pai, está de volta a sua cidade natal, Lovett. Uma cidade pequena do Texas, onde seus planos seria passar apenas um final de semana, devido ao convite de ser dama de honra no casamento de uma prima sua. Na estrada, a caminho da cidade ela da carona a um homem, muito bonito, de acordo com a opinião da Sadie Jo (e da minha também) e assim ela conhece o Vince, ex- seal da marinha do EUA que está indo visitar sua peculiar e irreverente tia, Laureleen.

No decorrer da leitura vamos sabendo que Sadie Jo não tem um relacionamento bom com o pai, por culpa de ambos, em minha opinião, e que ela na verdade, não gosta de voltar para a fazenda da família, pois isso remete a sua infância e o que passou durante todos os anos que tentou agradar ao pai e viver em uma cidade em que não se encaixava. 

Vince é um seal da marinha aposentado. Depois de anos a serviço de complexas e arriscadas missões de guerra, planejando, executando e constantemente mudando de país, Vince precisa encontrar um novo propósito de vida. ele saiu traumatizado da guerra no Afeganistão e agora tenta ocupar seus dias investindo em novos empreendimentos. Por um tempo ele ficou com a irmã (que também tem um livro, que faz parte da série que inicia com o volume chamado Simplesmente irresistível, que já foi lançado aqui pela Geração) ajudando-a a cuidar de seu filho, mas agora isso não é suficiente para fazê-lo esquecer dos traumas de guerra, então Vince parte para Lovett em busca de uma nova missão.

Após salvar Vince lhe dando uma carona, Sadie Jo pede que ele a salve acompanhando-a ao casamento da prima e a partir disso o relacionamento deles começa acontecer e o que seria um simples caso sexual, vai ficando cada vez mais complicado e profundo, pois os dois desenvolvem uma relação simples, satisfatória para ambos, onde eles terminam por salvar um ao outro de seus traumas e problemas.

Como já disse acima sou suspeita para falar da Rachel, por gosto muito do estilo da escrita dela, do universo texano de seus livros e como seus romances são construídos. Eu gostei de Salva-me, mas ele não me empolgou, senti falta de emoção no romance desse casal. Gosto quando o relacionamento e os sentimentos acontecem aos poucos, como foi no livro, mas apesar disso, senti que foi dado importância demais a pensamentos e cenas não tão relevantes, muitas vezes contatos em detalhes, do que a construção da história do casal em si. Todos os componentes para um bom chic-lit, um bom romance estão no livro, mas para mim sem emoção falta a liga que cola isso tudo e o faz virar um livro que recomendo.

O livro é o terceiro livro da Série Lovett, Texas, composta pelos quatro livros: Daisy está na Cidade, Maluca por Você, Salve-me, e Run to You. Com exceção do último livro, todos já foram lançados pela Geração Editorial. Cada volume narra a história de amor de um casal diferente, característica que permite que os livros sejam lidos de forma individual, mas reencontremos alguns personagens entre um livro e outro.













PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL