twitter
RSS

[Resenha] Num piscar de olhos - Teodora Kostova

>> sexta-feira, 22 de abril de 2016



"Mesmo que sua vida parecesse perfeita, no momento, um futuro incerto pairava sobre ela, e ele poderia mudar num piscar de olhos. Isso não significa que você deva parar de vivê-la."
O que falar de um livro que me surpreendeu em níveis altíssimos? Olhando apenas para capa e sua sinopse, que ali apenas por alto (lembram do meu trauma de spoiler nas sinopses neh?!), não imaginaria que ele me proporcionaria a leitura de um lindo romance, de uma história com uma alta carga emocional, mas contada de forma forte e delicada ao mesmo tempo e que ainda me faria conhecer personagens tão cativantes, não só o casal protagonista, mas como os seus amigos também. 

Falando um pouco sobre a história, Num piscar de olhos ( Editora Charme, 2015, 396 páginas) nos apresenta em seu prologo Stella, que sofre duas perdas muito importantes em sua vida, de uma forma repetina e tão terrível e após isso tem que aprender a viver de uma forma diferente. E além disso, e na verdade devido ao que aconteceu, sua prima Lisa a quem era muito ligada, vai embora para Itália juntamente com sua mãe Nikki. 
Stella segue então com sua vida, depois de sofrer muito, superando a cada dia a falta que sente de sua antiga vida e quando tudo parece entrar entrando novamente nos eixos, a vida lhe da uma nova prova, na forma de uma doença (Teodora foi má viu). Após uma infinidade de tratamentos e aparentemente recuperada, ela deseja ser feliz, esquecer seus problemas, sua vida real e resolve dá uma mudança em sua vida, indo passar o verão na Itália, junto com sua prima Lisa. 

Eu adoro histórias passadas no verão. Sejam apenas uma parte ou todo o livro. Me delicio com as cenas banhadas ao sol, com os amores que sempre surgem, com a despreocupação que essa estação traz e foi nesse pensamento que continuei embarcando nessa leitura. Mas, Teodora, nossa querida autora, não poderia deixar tudo simples assim não é? 

Aproveitando o tempo em Gênova para se distrair e viver plenamente, Stella é arrebatada por uma atração irresistível por um salva-vidas. A atração entre eles é tão forte, pelo menos da parte de Stella já que o livro é narrado pelo seu ponto de vista, que Stella está decidida a investir no rapaz. 
Mas, sempre tem um mas, Max, esse é o nome desse mocinho que é totalmente apaixonável, não é apenas uma salva-vidas qualquer e o romance de verão com o qual Stella sonhou pode não ser tão simples assim. Muitos fatores fazem com que Stella resista a essa relação e isso nos rende boas cenas de paixão reprimida, demonstrações de ciúmes, tensão sexual. Eu adorei isso! 
- Eu não estou pedindo para você se apaixonar por mim, Stella. (...)
- Não é uma questão de pedir. Você é ... incrível. Cada minuto que eu passo com você, percebo o quão maravilhoso você é. Eu não seria capaz de te evitar.
- Então, não evite. Eu quero que você seja tão obcecada por mim como eu sou por você. (...)
Esse livro não é simples, não apenas dramático e sensível. É uma história linda e sofrida que traz muitas lições sobre a vida, amizades verdadeiras, sobre família e amor em vários sentidos. Ao mesmo tempo ele é leve, as histórias coadjuvantes nos fazem desejar que todos tenham suas próprias histórias, seus próprios livros. A escrita da Teodora é fluída, bem desenvolvida e sem apelar demais nas partes mais delicadas e sofridas, o grande saque do livro está nos detalhes das palavras da autora. Tem cada quote lindo no livro, como esses poucos que coloquei aqui na resenha! 

Eu amei todo o livro, terminei sua leitura tão encantada, tão cativada que saí falando dele para todas minhas amigas no whatsapp, dizendo o quanto elas precisavam conhecer essa história. Confesso que tive ressaca literária com ele. Parabéns a Charme por trazer essa serie, sim é uma serie, ao Brasil e já estou na ansiedade pela história de Beppe, um dos melhores personagens coadjuvantes de que já li. 

Ah uma curiosidade! A autora começou a escrever esse livro porque viu essa imagem, enquanto estava procurando por capas, na internet. E segundo ela, quando a viu automaticamente uma história veio a sua mente. Posso estar enganada, mas acredito que esse seja um dos motivos que a Charme manteve a capa original. Só achei o casal da capa com aparência de serem mais velhos do que o nosso casal protagonista, mas ainda sim achei a capa muito bonita.
"Quando a vida te der limões, pegue sal, copos e os encha com tequila. Lute pelo que você realmente quer e nunca, nunca se contente com nada menos.
Não exista. Viva."
Preciso dizer? Mais que recomendo as romancistas de plantão a sua leitura. 















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL