twitter
RSS

TOP Piriguetagem Literária 2015

>> quarta-feira, 30 de dezembro de 2015


Eis que hoje, as 45 do segundo tempo, chega a vocês um dos posts mais esperados do ano por vocês e por mim também, afinal sou leitora e não sou de ferro!hahaha
Como já virou tradição trago mais uma edição do delicioso TOP Piriguetagem Literária 2015, para quem não acompanhou as edições anteriores ou quer relembrar é só clicar aqui Piriguetagem 2013 e aqui Piriguetagem 2014. Se você não conhece algum dos mocinhos dessas listas ou da que irei apresentar hoje, corre, pega papel e caneta e providencia esses livros!

Para quem está vendo o top pela primeira vez ele é promovido pelo blog Viagem Literária, da querida Fernanda.  e além das descrições e motivos que já falei nos anos anteriores, quero dizer que nesse TOP eu procuro reunir os mocinhos que são totalmente piriguetáveis para mim. Não basta apenas ser lindo e bom moço (até porque isso já é prorrogativa do mocinho néh?!), ele tem que ser de babar, tem que fazer me fazer suspirar pelas suas  palavras e ações. Ele é tão bom que você morre de vontade de estar no lugar da mocinha. Claro que se ele for lindo, milionário, protetor, másculo, divertido só enriquece os motivos para ele estar na lista!

Para ficar mais claro, olha o conceito do termo Top Piriguetagem que consta no Aurélio TOC Livros e segundo a Luciana Mara:

“De acordo com o dicionário Aureliânus sofre de piriguetismo literário aquele(a) que troca de paixão platônica fictícia toda semana, e usa a expressão 'é meu' quando descreve algum personagem. Este tipo de piriguete usa ou usará óculos e sente frio (característica principal que a diferencia das outras espécies).”

Agora o momento confissão: Esse ano foi ainda muito mais difícil fazer esse post! Li até o momento 178 livros (físicos e em ebook) e infelizmente fui agraciada com uma chuva de mocinhos piriguetáveis. Na minha lista inicial tinham nada mais, nada menos que 30 mocinhos e reduzir a apenas 10 é crueldade não é? Então minha lista oficial esse ano terá mais que 10 mocinhos e como já é praxe, além dos mocinhos que li em ebook e que não foram lançados aqui ainda, mas vocês merecem conhecê-los. Ok?! E coincidência ou não: hoje é meu aniversário!! hahaha

Sem mais delongas vamos a lista, que esse ano fiz de forma diferente: como tive muito bons mocinhos, dessa vez eu não enumerei-os por ordem de mais piriguetável, acho injusto, cada um deles fez meu coração bater mais forte, em cada livro que li, então coloco aqui por ordem de leitura do decorrer do ano, ok?!

John Smith (Um romance inesquecível - JR Ward)

Quem aqui não suspira por um guarda-costas? John Smith é ex-militar, ranger e agente infiltrado, um dos mais requisitado quando o assunto é segurança pessoal. Ele é contratado para proteger a duquesa Grace e mesmo antes de serem oficialmente apresentados a química bateu forte entre eles. John é um tipo de mocinho que conquista com seu jeito sério, másculo e protetor. O livro é muito gostoso de ler e traz uma Ward com uma escrita muito diferente do que já estava acostumada na série da Irmandade Negra. Tem uma historia que poderia facilmente se tornar um filme e com esse mocinho piriguetável mais que recomendo colocá-lo em sua lista. Taylor Kinney é um John Smith perfeito.

Alexandre Ferraz (O amor não tem leis- Camila Moreira)

O Alexandre é um renomado advogado criminalista, muito apaixonado pelo que faz. Bonito, implacável, sexy, charmoso (suspiros bem altos aqui), que assumiu o escritório de sua família, juntamente com seu irmão Diego, após a aposentadoria de seu pai. Ele é rico bonito e pior (ou melhor) sabe disso e não faz questão de esconder. Se acha um presente para as mulheres e mesmo assim não tem como não gostar dele, além do mais a Maria Clara chega para colocá-lo em seu devido lugar. O embate entre os dois, para quem gosta de livros bem sensuais, é muito bom. Quem leu sabe porque o Alexandre está aqui e se você não leu... Sorry, você precisa conhecer o lobo mau. E o Gerard Butler cai como uma luva no jeito que imagino o Alexandre.

Cameron Quinn (Arrebatado pelo Mar- Nora Roberts)
Cam é um piloto de corrida de barcos que já ganhou muitos prêmios e passa a vida usufruindo de mulheres bonitas, mas deixa sua vida boemia de lado quando seu pai sofre um acidente. Cam foi adotado por  Ray e Stella Quinn após tentar roubar o carro deles e então o menino teve uma segunda chance em sua vida e se tornou um dos homens mais conhecido no mundo das corridas. Possui uma personalidade extremamente forte e a sua mocinha Ana é perfeita para ele. Uma assistente social destemida que não morre de medo os olhares enviesados do Quinn. Ele me fez suspirar muito durante todo o livro, com seu jeito ora homens das cavernas, ora menino abandonado. Demorei muito para conhecer essa série da Nora e se você ainda não leu, nem preciso dizer o que vocês devem fazer... E quem melhor do que Hugh Jackman para ser o meu Cam?!

Trenton Maddox ( Bela distração)
Pensei que não gostaria de outro Maddox tanto quanto eu gosto de Travis, mas me enganei e tomei uma rasteira com Trent (porque sou íntima) Maddox. Fala sério, que família é essa?! Realizem aí: você está em uma barzinho ou passeando pela rua e se topa com os meninos Maddox, o que você faria?! Quem conhece essa família sabe do que estou falando... Mas focando em Trent, ele me ganhou com sua inteligência, bom-humor, esperteza, paciência e delicadeza. Ele tem um jeito bem mais maduro e centrado que o Travis, mas nem por isso foge de uma boa briga e quando esses mocinhos partem para briga... Ahh! Testosterona sobe no último grau... Para mim o melhor livro e mocinho da série é esse até o momento (já li o livro do Thomas- Bela redenção) e estou ansiosa por mais cenas do Trenton nos próximos. O cantor Mathew Shadows me lembrou muito o Trent com essas tatuagens e convinhas.


Christian Rothwell- Marquês de Easterbrook ( Segredos de um pecador)
  
Eu esperava muito por esse livro. Precisava conhecer mais sobre esse personagem que foi tão importante em todos os livros anteriores e que tem um poder inexplicável sobre todos a sua volta.
Christian é um homem muito poderoso, muito rico, enigmático e recluso. Ele, como irmão mais velho e herdeiro comanda a família, os ama e os protege, mas ainda sim é bastante inacessível emocionalmente. Em seu livro pude compreendê-lo melhor, conhecer um pouco de seu passado e ser totalmente arrebatada por ele. Nossa ele é muito sedutor, muito arrogante e tem uma inteligência ímpar. Sua frase "porque sou Easterbrook" era a resposta para várias questões durante o livro, dita não só por ele, mas também por outros personagens e quando você lê-lo vai entender e se apaixonar, é inevitável, afinal ele é Easterbrook. Richard Armitage daria um bom Christian Rothwell para mim.

Andrew Hamilton ( Uma noite e nada mais- Whitney.G)

Andrew é um advogado bem sucedido, arrogante, cafajeste com letras maiúsculas. Apenas sai com mulheres através de encontro arranjados e passa apenas uma noite com elas e nada mais. Até conhecer e ser enrolado pelo dedo midinho por Alyssa. Gente sabe aquele cafa estilo Drew ( Atraído) e Bennet ( Cretino irresistível) que mesmo com todos os defeitos e egos enormes é impossível não amá-lo?! Eleve mais um pouco e esse é Andrew. Eu adorei essa trilogia e fiquei muito feliz quando vi que a Universo dos livros trouxe ela para o Brasil. Mas aconselho a comprar os livros todos de uma vez, porque essa trilo é daquelas que a cada final te deixa sem folego e morta de curiosidade...

Sebastian  - Marquês de Dain ( O príncipe dos Canalhas - Loretta James)
 
Sebastian é um lord como poucos. Foi rejeitado pelos pais e sofreu bullying quando criança até perceber que se fosse mais forte e mais poderoso era ele quem iria ser o lado temido. Conhecido como Lorde Belzebu. Aparenta ser um homem sem escrúpulos, arrogante e cruel. Mas ele na verdade é apenas um libertino mulherengo incompreendido que é considerado inaceitável para as damas de respeito. Dain é acostumado a isso até conhecer Jéssica que não o teme e o enfrenta como mais ninguém faz. Muitas vezes tive vontade de colocar ele no colo, pois por nunca ter usufruído do amor de alguém desconhece esse sentimento e acha que não é digno dele. Só aí ele já me ganha, não resisto a mocinhos frágeis que se fazem de forte... Dain me lembra muito a aparência de Javier Barden.

Daniel Daniels ( Sr. Daniels - Brittainy C. Cherry)

Ah suspiros eternos por Daniel Daniels gente... Bem no estilo Will de ser (Métrica) ele não tem nada que faça você desgostar dele. Ele é lindo, sensível, canta, é responsável, sofreu uma tragédia em sua família e mesmo assim segue em frente... Sério, sortuda foi a Ashlyn que o encontrou quando mais precisava. Esse livro é tão lindo e tão triste que mesmo correndo o risco de você querer me matar depois, pelas lágrimas que com certeza você irá derramar, eu digo que você deveria ler Sr. Daniels. Grant Gustin me saiu um Daniel muito lindinho...

Burke Traherne, o marquês de Wingate (um amor escandaloso - Patricia Cabot)

O marquês é um homem viúvo que vive a sombra do escândalo da morte de sua mulher, onde ronda a suspeita de que ele seria o culpado. E declara abertamente que nunca mais irá se casar e nunca dá esperanças vãs as suas frequentes amantes. Burke tem uma filha adolescente que lhe exige uma paciência infinita e que já fez várias preceptoras se demitirem. Ele é ótimo, um pai que não sabe como ser um pai direito, mas que ama sua filha acima de tudo e procurando cumprir os desejos de sua filha. Ele me lembrou em alguns momentos o Presidente do filme Um conto quase de fadas. Esse livro foi um ar fresco nesse ano, dei tantas risadas com a filha do marquês, gente os comentários atrevidos dela são ótimos. A Patricia Cabot não decepcionou nesse livro... O Raul Bova daria um belo Burke Traherne.

Dominic - L.A. Casey
Dominic é o mocinho mais contra verso que li! Arrogante, louco e mega divertido tira  paz de Bronagh. Ele veio  para o colégio transferido dos EUA e juntamente com seus irmãos traz um mistério para Irlanda. Gente, ele briga, faz pirraça, bullying com a mocinha como nunca vi outro mocinho fazer. Mas não pense que por esse motivo você vai ter pena dela, porque a B é das que parte para briga e esses dois juntos são tiro, porrada e bomba. Parabéns a editora BEZZ por trazer os irmãos Slaters para o Brasil.... Essa série é uma das melhores que li esse ano!!

Tensão – Gail McHugh
O que falar de Gavin? Nada que eu fale aqui vai expressar quem esse mocinho realmente é e do que ele é capaz. Ele é charmoso, sexy e faz de tudo e mais um pouco pela mulher amada. Um publicitário bem sucedido que quando se descobre apaixonado, ama sem medidas.

Rule (Na sua pele- Jay Crownover)

Essa série é outra que foi um grande presente para mim. Já tem um tempo que ela está sendo lançada aqui, está no terceiro livro, mas confesso que as capas não me instigavam e depois de conhecer o contexto da série e o perfil dos mocinhos acho que ainda tem menos a ver do que antes. Agora falando do Rule ele é um doce, mas um doce apimentado. Ele é revoltado com os pais que o culpam pela morte do irmão gêmeo e todas as suas atitudes são uma forma de afrontar sua família. E ele nem imagina  que a garota que ele pensa sr intocável é apaixonada por ele há anos... E o Rule apaixonado é algo digno de se ver... Aliás da forma como ele é descrito no livro com seus seus olhos azuis, mesmo com toda a tatuagem e cabelo multicolorido ( ora roxo, ora descolorido) ,ele é totalmente algo dino de se ver. O modelo Stephen James é o meu Rule.


Rome (Armas de sedução- Jay Crownover)
                               
Rome Archer é o irmão mais velho de Rule e sempre foi o protetor, a quem todos buscavam quando necessitavam de um apoio. Um ex soldado que tenta se encaixar numa "vida normal" e se vê perdido até se topar com a colorida Cora. Esse é o segundo livro dessa série na lista de pirguetáveis, então já dá para sentir como ela é neh?! E não tem outra pessoa que poderia ser Rome além de Channing Tatumm.

Lion Romano ( Amos e Masmorras - Lena Valenti)
 

Esse livro foi um presente de final de ano e tenho que agradecer a um amigo que me mostrou ele no intuito que eu desse minha opinião para que ele pudesse presentear uma outra amiga. Mas eis que a sinopse me chamou atenção e comecei a ler os primeiros capítulos na livraria mesmo e não deu outra. Quando conheci o Lion Romano fui fisgada, um sexy agente do FBI e Dom BSDM. Amos e masmorras fala sim e mais uma vez sobre o tema já tão batido BSDM, ou DS como é citado no livro, mas de uma forma muito mais atrativa e interessante, porque a autora inseriu uma história ao universo narrado. Temos investigações do FBI, um romance prestes a explodir e um mocinho que consegue ser um Dom respeitado, mas que em seus pensamentos é um homem apaixonado e inseguro quando se trata da mocinha. O lindo modelo Aaron Diaz é o Lion mais que perfeito para mim... Super recomendo e agradeço a você amigo!

Ufa é muito colírio gente! Isso dá um trabalho para reunir!Hahaha
Mas nessa lista aí ainda poderia colocar Victor de A morte de Sarai- J.A. Redermeski, Colin Payne de Uma semana para se perder - Tessa Dare e Nico de O destruidor de corações - Vi Keeland...

Mas agora, como sempre, torcendo muito para que cheguem nas prateleiras aqui do Brasil tenho minha listinhas de mocinhos altamente piriguetáveis ainda não lançados aqui. Anotem os nomes desses mocinhos e seus livros, porque quando/se forem lançados aqui é compra certa!

Garret Graham (The Deal)- Elle Kenndy ( A CIA das Letras comprou os direitos da série)
Jonathan Stantam ( Mid Love) - Whitney G.
Luca Vitiello (Boun by Honor (Born in blood máfia) – Cora Reilly
Mathew Vitiello ( Bound by haterd - Born in blood máfia) - Cora Reilly
Alec - L.A. Casey

O engraçado é que dos mocinhos que citei aqui nos anos anteriores a maioria foi lançada no Brasil depois (graças!),  isso aconteceu por exemplo, com Colton Donovan, que citei ano passado. O livro DRIVEN foi lançado pela Universo dos livros (olha a Universo de novo!) a pouco tempo e só digo uma coisa: comprem! Super recomendo essa série. Eu li no finalzinho do ano passado. Não poderia ter fechado melhor meu 2014. Mas não é somente Colton que é bom não, a trilogia toda é MARAVILHOSA. Te prende até o final! A mocinha Rylee é do estilo de mocinha que gosto (com atitudes surprendentes e passa longe do mimim) e super se encaixa com o playbloy e piloto de corridas Colton.


Então o que acharam? Fui gulosa esse ano não é? Mas sei que vocês me entendem... Conta pra mim se você conhece algum desses lindos aí e quem estaria na SUA lista de piriguetagem!

Bjos e feliz ano novo para todos!!






PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL