twitter
RSS

O Beijo de Chocolate - Laura Florand

>> sexta-feira, 23 de outubro de 2015


" Magalie, eu não queria que tivesse me levado a fazer isto, porque você é muito sensível em relação a competição, mas, se quiser chocolate, posso fazer para você, um que vai derreter suas entranhas."
Decididamente, Laura Florand quer nos colocar a prova com seus livros. Quer saber o quanto resistimos até saborear o doce que ela escolheu como tema para sua história. No primeiro ela faz você desejar barras de chocolates que derretem em sua boca e as aulas sensuais com Sylvain Marquis (veja resenha de Melhor que Chocolate) e agora ela te deixa dividida entre provar xícaras de chocolate quente ou almejar macarron feitos pelas maravilhosas mãos Philippe Lyonnais. 
Então, mais uma vez, querido leitor, eu como uma boa amiga te advirto, ao iniciar a leitura desse livro ( sim, porque você vai querer ler após minha resenha) certifique-se de que tenha um chocolate bem ao seu alcance, seria melhor mesmo uma macarrom, mas como pode ser difícil encontrar um a altura da história, nada como o velho e bom chocolate.

Nesse segundo volume da serie Amor e Chocolate, O Beijo de chocolate ( Editora Única, 2015, 300 páginas) vamos conhecer a historia de Magalie e Philippe. Ele é muito conhecido na França como um dos melhores patissiers do país e todos ficam loucos para conseguir provar as suas delícias. Já a loja de Magalie é conhecida devido ao chocolate quente que serve e ao ar mágico e pitoresco que rodeia a casa de chá, que administra juntamente as suas duas tias. 
 E tudo ia  bem na vida das três mulheres até quando Phillipe decide abrir uma loja na mesma rua da Magalie, e os dois começam então a travar uma luta pela concorrência.

A questão é que para Magali a abertura da loja do significava o fim da La Maison des Sorcières, e com esse pensamento ela vai até ele para ameça-lo e deixar bem claro que não será bem-vindo. Mas aí é que está, já para o arrogante e talentoso Philippe, deveria ser uma honra ser vizinho de uma loja Lyonnais. E ele escolheu aquele local justamente por ser na mesma rua da casa de chá das feiticeiras, poie ele mesmo é um fã e acha a loja única e encantadora.

Tenho que dizer que nesse livro a Laura nos brindou com um casal de mocinho que apesar de terem o gênio forte e a determinação em comum, vem de uma base familiar muito diferente, que influencia diretamente na vida de ambos e nesse ponto mais uma vez agradeço pela história ser narrada em terceira pessoa, porque assim podemos ver o ponto de vista dos dois protagonistas.

Magalie teve uma vida incomum com seus pais e o peculiar casamento deles, cresceu indo e vindo entre a França e os Estados Unidos, o maior tempo que passou num mesmo lugar foi ao lado de suas tias, então para ela a casa de chá é mais que uma loja, é seu porto seguro, seu lar e que está sendo ameaçado pela chegada do príncipe Lyonnais. Num primeiro momento eu tentei compreender ao máximo a Magalie, deve ter sido muito difícil crescer sem poder fazer amigos, mantendo as pessoas longe para não ter que se despedir delas depois. E até gostei de sua personalidade forte, de não ter papas na língua para falar com Philippe somente porque ele “ é o tal”. Ela se mostrou de igual para igual e a química entre eles soltava faíscas sempre que se encontravam mas depois de um determinado momento do livro ela começou a se perder para mim, cair no meu conceito.
Porque não consigo aceitar orgulho acima do amor, sabe aquela a velha historia de não dar o braço a torcer para não querer parecer mais fraca?! Mas gente, no amor, na paixão não tem que ter quebra de braço. Se apaixonar e saber viver isso não é fraqueza, é nesse momento que você percebe que é forte ao ponto de ser corajoso para viver isso. A atitude que eu esperava que fosse do Lyonnais, foi dela. Ele na verdade me surpreendeu e até hoje me arranca suspiros.

Entendam o Philippe: ele traz consigo o nome e a fama de cinco gerações de confeiteiros, é ao lado de Sylvain (de quem tem ciúmes), o mais famoso da França e humildade não faz parte de seu vocabulário. Não o julguem, entendam que ele não é pedante ou pomposo, para ele é natural ser o Principe Lyonnais. Sua família é linda, com pais amorosos, primos, irmã e sobrinhas muito amáveis.
E ele se demonstra nenhum pouco preocupado com a concorrência, ele não precisa disso, para ele é muito mais importante conseguir o coração de Magalie. E é aí que ele me ganhou. A forma como ele pensa nela, como tenta conquistá-la é tão saborosa de se ler. Houve mais cenas quentes nesse livro do que no anterior (e adorei isso!) e os ciúmes, as frustrações e irritação quando algo não saia como Phillippe esperava foi muito divertido. Confesso ter gostado mais de Phillipe do que de Sylvain. Somar arrogância com sedução foi a formula perfeita. 

Vi em muitas resenhas o quanto minhas colegas blogueiras também se encantaram com o livro, com o Philippe principalmente, apesar de que em alguns momentos a autora se prolongou em diálogos e cenas desnecessárias e a resistência da Magalie por muitas vezes também se tornou sem sentido e exaustiva, mas eu podeira falar mais e mais sobre o porque desse livro também ter me conquistado. Então para resumir só posso apenas dizer: leiam!

O terceiro livro da série terá como protagonista da irmã da mocinha do primeiro volume, a Cade. A Jaime Corey vai a Paris para o casamento de sua irmã e lá conhecerá o grande amor de sua vida... mal posso esperar para ler!
"Se ele não fosse quem era, ela podia derreter-se sobre ele bem agora. 
No entanto, se ele nao fosse quem era, Magalie nao ia querer derreter-se tanto assim."


Bjos e até a próxima!




PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito. Para contato: maraise.meninadadabahia@gmail.com

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL