twitter
RSS

[Resenha] Até você ser minha- Samantha Hayes

>> segunda-feira, 11 de maio de 2015

Olá pessoas! Tudo bem com vocês? 
Hoje eu não vou ficar fazendo muitos rodeios, até porque esse livro já tem isso de sobra. Ainda estou sem reação para falar o efeito desse livro em mim... Sério!
 
"A assistente social Claudia Morgan-Brown está prestes a realizar o sonho de sua vida: vai dar à luz uma menininha. Apesar da ausência do marido ao longo da gravidez – James é oficial da Marinha e fica semanas e até meses longe de casa –, ela mal pode esperar para segurar seu bebê nos braços após várias tentativas e perdas.
Porém, as diversas tarefas de Claudia, além da responsabilidade de cuidar dos gêmeos Oscar e Noah, filhos do primeiro casamento de James, deixam o casal preocupado. A próxima partida de James se aproxima, e eles decidem contratar uma babá.
Zoe Harper quer muito o emprego. Com as melhores recomendações, ela conquista os gêmeos e se muda para o lar do casal. 
Mas Claudia logo percebe que a mulher tem outros motivos para se aproximar da família.
As suspeitas de Claudia se transformam em verdadeiro terror quando começa a ocorrer uma série de ataques brutais a mulheres grávidas na cidade. Imersos em problemas familiares, os investigadores Lorraine Fisher e Adam Scott são forçados a deixar suas questões de lado e correr contra o tempo para encontrar o assassino antes que ele cometa mais um crime."

Se você tem a mania de ler a última página do livro, só para descobrir logo o desfecho... Com esse esqueça o ~mau~hábito. Primeiro que como um thriller psicológico, todos os personagens que aparecem são suspeitos, mas no caso desse livro você começa a ler crente de quem é quem e o que vai acontecer. Talvez seja por isso que eu achei o começo/meio meio parado, tudo muito tranquilo. O que me fez ficar mais ansiosa pra saber o que de fato ia acontecer. 
Outra característica bem interessante sobre esse livro é que os casos de assassinatos às grávidas ocorrem em um curto espaço de tempo, marcando claramente que se tratata de uma serial killer. Essa foi a única coisa que eu percebi de cara: era uma assassina! Agora quem? O livro narra a história sob o ponto de vista de três personagens: Cláudia Morgan-Brown, Zoe Harper e Lorraine Fisher. Uma assistente social, uma babá e uma investigadora da polícia, respectivamente. Confesso que a minha dúvida pairava muito sobre Zoe, a babá. Porque sempre é a babá né gente? Hahahahahahahaha 

Com o decorrer da história e quando você vai ficando mais familiarizado com os personagens, muitas duvidas passam a pairar sobre a sua cabeça, você se apega a detalhes (os mínimos deles) para tentar descobrir quem é, de fato. Quando eu tinha certeza da personagem assassina, aconteceu algo que eu bagunçou tudo na minha mente, meu cérebro bugou! A partir daí, fui ficando sem reação alguma até terminar de ler. Porque o desfecho é surpreendente. 
Pessoas, pra terem noção da minha urgência em contar pra vocês sobre esse livro, eu comecei a escrever essa resenha na meia hora (precisava me recuperar do choque) seguinte ao término. E como disse anteriormente, dessa vez não fiz voltas, quis ser bem objetiva porque quem for ler ou já leu, vai entender do que eu estou falando. 

Meus amores eu espero que vocês tenham gostado. Um beijo e até a próxima! 



















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL