twitter
RSS

Cobiça - Tara Mos

>> segunda-feira, 13 de outubro de 2014


"Em sua pequena cela, o assassino que perdera sua liberdade havia um ano e meio estava totalmente desperto e profundamente imerso em um delírio de recordações sádicas. Ele revivia o ponto alto de sua vida até então, o momento em que teve nas mãos a jovem cuja captura tinha dedicado todo seu tempo e energia. A mulher que ele acreditava, desde o instante em que a vira pela primeira vez, que deveria ser sua.

Cobiça ( Editora Fundamento, 340 páginas) é o terceiro livro da série policial da autora Tara Moss, já resenhei aqui os dois livros anteriores e vale a pena dá uma olhada ( Fetiche, Obsessão).  A série foca a vida da Makedde Vanderwall, a Mak, uma linda modelo internacional e estudante de Psicologia Forense. se envolveu numa serie de assassinatos, conhecidos como crimes do Salto Alto e vive um relacionamento conturbado com o detive Andy Flynn, responsável pela investigação dos crimes. A Mak passou por poucas e boas nos livros anteriores, sobreviveu a situações que muitos não teriam sobrevivido e tudo que ela quer é deixar seu passado para trás.

Aviso: Essa resenha contem spoliers dos livros anteriores, pois os livros são muito interligados e seguem uma sequencia cronológica dos fatos!

Um ano e meio se passou desde que Makedde foi a única entre nove mulheres a escapar de um serial killer na Austrália. Mas, ainda que a jovem queira esquecer o que houve, as recordações continuam a assombrá-la. Principalmente quando ela tem que retornar àquele país para testemunhar no julgamento do ‘Assassino do Salto Alto’ e ter de enfrentar seu agressor Ed, o principal motivo de seus pesadelos. A relação entre a Mak e o Andy continua indo e voltando. Achei que tudo ficaria bem após do final de Obsessão, mas ledo engano. A Mak é tão confusa, esses assassinatos mexeram tanto com seu psicológico, que tento entender o que ela deve estar sentindo, de verdade, mas mesmo assim não consigo não me irritar com ela e sua insistência em culpar o Andy pelas situações que ela viveu. Em afastá-lo sem pestanejar, mesmo amando ele e demonstrando no decorrer dos livros que com ele ela se sente bem... 

Antes do julgamento a Mak está uma pilha de nervos e tudo o que deseja é que isso termine o mais breve possível e quando após o veredito, Mak acredita que a justiça foi feita e que a história terminou para sempre, ela acha que pode enfim viver novamente sua vida livremente de ameças e neuras.Valendo até uma tentativa em dar uma chance a esse amor pelo Andy. No entanto, algo impensável acontece – com a ajuda de um cúmplice de quem ninguém poderia suspeitar ( e que eu fiquei na duvida de quem seria o vilão pior.) o maníaco está de volta às ruas ( ó homem nojento!), disposto a tudo para não deixar que a bela modelo lhe escape mais uma vez.

Tem muitos acontecimentos nesse livro que não posso falar aqui, porque senão seria muito spoiler e estragaria o suspense que é o prato principal nesse gênero literário. Mas posso comentar que muita coisa vai te surpreender e também te deixar com o estomago em nós! hahaha
E a forma da autora colocar capítulos no ponto de vista dos principais personagens, seja o assassino ou os mocinhos é uma tacada psicológica ótima, porque faz com que o leitor entenda melhor a trama.
A tara melhorou muito a sua escrita, a leitura não é complicada, mas ao contrario de algumas colegas resenhistas, para mim esse não foi o melhor livro, justamente por ser o terceiro. Muita coisa ainda aconteceu como nos livros anteriores, fatos que já poderiam ter sido superados. Muitos entraves e barreiras que deveriam ter sido ultrapassados, ponto de vistas e outras direções poderiam ter sido trabalhadas. Como o trabalho do Andy na delegacia, o lado forense da Mak... Eu ainda quero ver a menos a Mak modelo e mais a Mak psicologa forense.

No geral gostei do livro, mas não é o meu melhor do ano. E como já me apeguei ao Andy e a Mak, claro que vou esperar ansiosamente meu livro Instinto chegar. Continuo a afirmar que e você gosta de romances policiais com uma narrativa mais leve, com romance sem muito açúcar ou cenas de sexo… Cobiça é mais que recomendável!

1.Fetiche (Fetich)

2.Obsessão (Split)

3.Cobiça (Cobit)

4. Instinto (Hit)

5.Siren

6.Assassin


Bjos e até a próxima.



















PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL