twitter
RSS

Ladrão de almas - Alma Katsu

>> quinta-feira, 31 de outubro de 2013



“ Assim, fui enfeitiçada pela maldição de Jonathan, 
tomada por essa terrível atração, e ambos fomos destinados a sofrer por isso.”
Pág. 29


Já acostumado com os plantões noturnos no hospital, o Dr. Luke Findley esperava que este fosse apenas mais um, isto até receber um chamado e atender Lanore Mac Ilvrae, uma misteriosa jovem de aparência frágil que esta sendo acusada de ter cometido um assassinato, e por quem logo se vê atraído de uma forma inexplicável. Lanny precisa fugir e, em troca de sua ajuda, decide contar o verdadeiro motivo de estar ali, iniciando assim o relato da paixão de uma jovem.  Uma histíria de amor, adoração e traição, que ultrapassou os tempos e a mortalidade, uma história que vai deixando Luke cada vez mais seduzido por ela, a ponto de ajuda-la a fazer qualquer coisa.

– Ok – ele diz, tremendo, mãos sobre os joelhos. – Isso é loucura, mas vá em frente. Estou ouvindo.
Ela respira profundamente e fecha os olhos por um momento, como se estivesse se preparando para mergulhar. E, então, começa a falar.
Pág. 21

A história de Lanore começa com sua infância na virada do século XIX, quando era apenas uma garota apaixonada pelo filho do fundador da cidade, Jonathan. Por ele, ela foi capaz de fazer tudo; algo que lhe custou um preço muito alto, inclusive cair nas garras do inescrupuloso Adair. Agora, nos dias atuais, Lanore tem que lhe dar com as consequências que este amor gerou e, talvez, a única maneira que ela possa encontrar para se libertar disso, possa estar no seu próprio passado.

Jonathan sempre foi visto como o garoto cobiçado por todas as meninas da cidade, não somente por ser o filho do fundador da cidadezinha de St. Andrew, mas também pela sua beleza e encantamento, e isso não fugiu aos olhos de Lanore. Logo, ela se tornou a sua amiga e confidente. E, apesar de sempre ouvir do próprio Jonathan as suas aventuras, Lanny esperava que um dia ela fosse parte delas e que assim continuasse para sempre. Cuidado com o que deseja, porque um dia poderá virar realidade.

Nós queremos eternidade, mas quem consegue fazer tais promessas? Deveria ter sido feliz com o amor companheiro, constante, que Jonathan teve por mim desde a infância. Aquele amor era eterno. Em vez disso, tentei transformar o sentimento dele por mim em algo eu não existia e, nessa tentativa, destruí a única coisa linda e eterna que eu tinha.
Pág. 104

Com um ar envolvente e misterioso, Ladrão de almas (Novo Conceito, 432 páginas, R$ 34,90), nos trás uma historia sobre o poder do amor e o quanto ele pode ser sublime, adorável e destrutivo ao mesmo tempo.  Os personagens são muito bem construídos, de forma que envolve o leitor com suas histórias e mistérios, prendendo-nos a cada página, numa mistura de romance histórico e sobrenatural.

Um ponto interessante é sobre como a questão sobrenatural é tratada, diferente do que vemos em muitos livros por aí, este não é mais um livro sobre fadas, anjos e vampiros e Alma Katsu trabalha isto, de uma forma interessante, explorando  os desejos humanos mais secretos e mostrando o seu lado mais obscuro.


JULIANA BITTENCOURT
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL