twitter
RSS

O livro das princesas - Lauren Kate, Meg Cabot, Patrícia Barboza, Paula Pimenta

>> quinta-feira, 8 de agosto de 2013



Recebi essa edição linda da Galera Record, sobre contos de fadas revisitados. O livro das princesas (Galera Record, 288 páginas, R$ 29,90) tá fazendo tanto sucesso que irá rolar novo volume, com novas princesas. Das quatro autoras dessa edição, confesso, a única que já li é a Meg Cabot. Não briguem, mas nunca li Paula Pimenta, Lauren Kate ou a Pat Barboza. Enfim, me redimi agora.

O conto que menos gostei foi da Lauren Kate, superficial demais. Claro, por ser conto, nem todas as situações são exploradas, mas o conto da Lauren tem tanto, tanto buraco que aff, não curti muito. Em compensação, acho que o conto da Paula Pimenta é o maior e a história se desenrola melhor. Meg Cabot e Pat Barboza ficaram no mesmo patamar, eu gostei!

A modelo e o monstro – Meg Cabot
Revisitação de A bela e a Fera. Belle é jovem, com a morte recente da mãe, o pai caiu no abismo e a situação estava difícil para eles. Como seu nome, Belle é bela e caiu nas graças de um olheiro e virou modelo famosa. Seu pai se recuperou e casou. Belle ganhou uma nova irmã e agora a família toda está curtindo férias num cruzeiro. E lá que ela conhece um misterioso sombrio, Adam. Adam é deformado por queloides e, por isso, evita se expor. Não quer ver o olhar de repulsa nos outros, porém algo em Belle o atrai como um ímã. 

Meg Cabot é Meg Cabot e deu uma explicação plausível para Adam ser a fera. A escrita é rápida e gostosa.

Princesa Pop – Paula Pimenta
Revisitação de Cinderela. Esse foi um dos que mais gostei, é extenso, Paula trabalha bem os personagens. Cintia vivia feliz com os pais, até que pegou o pai com outra mulher, que viria a ser sua madrasta. Revoltada, foi morar com a tia, já que a mãe conseguiu um emprego onde precisava viajar demais. O luxo e as mordomias acabaram e ela entrou num luto eterno. Só que a paixão pela música falava mais alto, e sempre que era possível, ela trabalhava de DJ nas festas, mas como ainda era menor de idade, só podia ficar até meia-noite. Numa dessas festas – a pior de todas, das filhas gêmeas de sua madrasta – ela conheceu um cara lindo, Frederico. 

Paula Pimenta usa todos os elementos da versão original, o sapatinho perdido, as irmãs postiças tentando fazer o sapato caber nelas. A madrasta sempre armando pra Cinderela. A história é super bacana e o final é empolgante.

Eclipse do unicórnio – Laren Kate
Revisitação de Bela Adormecida. Sinceramente, eu esperava mais da Lauren Kate. A história até começa bem, mas sei lá... algo se perde no caminho e ela não explorou os personagens, tudo aconteceu rápido demais. 

Talia nasceu destinada a ser grande, porém um dos anjos a amaldiçoou. Ela seria atraída por um lindo unicórnio que a furaria e seria fatal. Porém, o anjo do amor conseguiu distorcer um pouco a maldição, ela não morreria, mas dormiria até receber um beijo do amor verdadeiro, mas teria que ser num céu estrelado, durante um eclipse.

Mil anos se passam, Percy vai à Paris, numa excursão do colégio e durante a viagem vê um castelo escondido, um unicórnio e... 

Como eu disse, é tudo rápido, nem dá tempo de apreciar a história. Foi a pior revisitação da Bela Adormecida que já li.

Do alto da torre – Patrícia Barboza
Revisitação de Rapunzel. Até me identifiquei com a Camila. Ela fala rápido e pensa muito, engraçado que a escrita é que nem a Camila, ágil. Gostei disso, é rápida de um jeito bom, diferente da história da Lauren.

Camila mora com a tia, no alto da torre (quer dizer, no 12º andar de um prédio). Ela ficou muito doente e, com medo de sua morte, sua tia fez uma promessa: Camila só cortaria o cabelo quando fizesse quinze anos. E essa cabeleira toda lhe rendeu o apelido de Rapunzel, até porque sua tia era muito zelosa e ela não saia muito do apartamento. 

Rola uma espécie de triangulo amoroso, alguém gosta de Camila que gosta de outro alguém. É algo bem clichê, mas que todo adolescente se identificará. E tal como a história da Paula Pimenta, Camila também é Pop. Como modo de escape, ela se fantasia e canta. E fez sucesso no Youtube. Camila é pop star.


Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL