twitter
RSS

O pessegueiro - Sarah Addison Allen

>> quarta-feira, 19 de junho de 2013




Tudo na vida precisa de um pouquinho de espaço.
Isso deixa lugar para que coisas boas entrem.
Pág. 64


Uau, mais um livro espetacular da Sarah Addison Allen. Sua escrita é mágica, ela consegue misturar temas importantes, romance e um leve tom sobrenatural - #tudojuntoemisturado - que é uma delícia de ler.

E uma coisa legal para quem gostou de Encantos do jardim, Clare e a sobrinha fazem uma pequena ponta nessa história, que gira em torno de alguns moradores de Walls of Water e, claro, sobre a mansão Blue Ridge Madam.

Blue Ridge Madam foi construída pelos parentes de Willa Jackson, mas quando sua avó estava grávida de seu pai, a família Jackson perdeu a mansão. A mansão, atualmente, foi restaurada pela família Osgood e será palco do aniversário de 75 anos do Clube Social Feminino.

Willa Jackson era a piadista do colégio e quando suas atuações foram descobertas, ela mudou de cidade. Ela só retornou à  Walls of Water quando ele faleceu e ela herdou a casa. Foi quando decidiu fincar raízes e construir um futuro digno. Ela é dona de uma pequena loja de alimentos e artigos esportivos. Ela tem uma funcionária adorável, que está fazendo um estudo sobre as pessoas e o café. Ela pode afirmar o humor da pessoa (ou como a pessoa está se sentindo) através do tipo de café escolhido. Rachel é uma graça. E uma espécie de cupido na vida de Willa.

Paxton Osgood é a princesinha da cidade. Todos a adoram, ela sempre anda impecável e tudo que faz dá certo. Porém, nem tudo são flores. Ela tem 30 anos, mora com os pais e está apaixonada por seu melhor amigo... gay.

Colin Osgood, irmão de Paxton, detesta Walls of Water, na verdade ele ainda não se encontrou e, apesar de residir oficialmente em New York, trabalha viajando. Ele é arquiteto paisagista. Quando sua irmã o convida para fazer a parte de paisagismo da reforma de Blue Ridge Madam, ele aceita e resolve que passará 1 mês na pequena cidade, e nada além disso.

Sebastian retornou para Walls of Water um pouco mais de 1 ano e assumiu o consultório do antigo dentista que estava se aposentando. E lá fincou raízes. Justamente nessa cidade que ele nunca considerou sua. Ele só precisa encarar a realidade e confessar algumas verdades.

Durante a reforma de Blue Ridge Madam e a convivência entre si, não só essas quatro vidas, mas outras serão modificadas de um jeito que ninguém esperava. E essa experiência mudará a vida deles para sempre.

O pessegueiro, de Sarah Addison Allen (Planeta, xx páginas, R$ xx,xx), tem os mesmos elementos de seu livro anterior, A garota que perseguiu a lua. Uma cidade pequena, segredos enterrados vindo à tona, magia, romance, sinceridade e, principalmente, o poder da amizade. 

À primeira impressão, os livros da Sarah não são intensos, mas não se engane com a suavidade inicial de suas histórias. No meio da leitura você sentirá que sua reação mudou e pensará com seus botões: uau, que escritora. Essa é a Sarah, ela cativa o leitor aos poucos e, sem que você perceba, estará apaixonada por suas histórias. 

Na resenha do livro anterior, disse que sua história como os churrascos sulistas, delicioso e mágico. Já essa é como os famosos bailes, também da região sul (já que a história se passa na Carolina do Norte), esplendorosa. Super recomendo!


Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL