twitter
RSS

Lírio Vermelho - Nora Roberts

>> quarta-feira, 8 de maio de 2013



–  Mantenha a calma – aconselhou Harper. – Chegaremos a alguma conclusão.
–  É fácil para você dizer isso – retorquiu ela. – Não é você quem está possuído por um fantasma psicopata.
Pág. 110


Nora Roberts com um toque de terror! Acreditem. Apesar de não ter assistido O exorcismo de Emily Rose, algumas cenas de Lírio Vermelho remeteram ao filme. Nem a Trilogia do Círculo, com a vampira-malvadona-mor, foi assustador quanto com algumas cenas desse livro. Uma cena em especial me arrepiou e eu pensei: Putz, Nora arrasou nisso!

Lírio Vermelho (Bertrand Brasil, 336 páginas, R$ 39,90) começa com Roz e Mitch retornando da Lua de Mel. O relacionamento de Stella e Logan está ótimo e só Hayley está sozinha. Ela e Harper. Ela meio que abdicou dos homens quando estava grávida, mas agora que Lily não é mais um bebê de colo, seu corpo sente falta de carinho e claro, sexo. Mas ela não quer sair e paquerar, ela quer Harper (filho de Roz). E isso é um problema, ela acha que Roz ficará chateada se ela der em cima de seu precioso filho, além do medo de estragar a ótima amizade que Hayley tem com ele (ele segurou sua mão quando Lily nasceu e sempre esteve por perto quando ela precisou). Mas ela precisa tentar, porque quando o vê tudo que ela quer é se jogar em seus braços.

E ela faz isso. Dá o primeiro passo. O problema maior não é nem Roz não gostar, o verdadeiro problema é que o fantasma da Noiva Harper nunca irá deixar esse relacionamento ir à frente. Roz, Stella, Hayley, Mitch, Logan, Harper e David (o mordomo) precisam se juntar e descobrir o que aconteceu com a Noiva Harper para que possam descobrir o porque dela ainda assombra a mansão. Eles precisam descobrir qual a coisa pendente que ela tem com o plano terreno, para que possam resolver e ela ir para o além. Amélia (Noiva Harper) está mais poderosa do que nunca. Malvada, revoltada e imprevisível. Ela é capaz de coisas terríveis, incluindo possessão.

As cenas com a Noiva Harper são assustadoras. As cenas entre Hayley e Harper são de pegar fogo (quem diria, sempre achei ele um banana, rs).  Nos livros anteriores, eu não dava muito crédito à Harper. Ele vivia imerso em seu mundo, entre enxertos e hibridização. Mas quando ele descobre que Hayley sente algo por ele, seu sensor macho-alfa é ativado (e como esse personagem cresce!). Ele “vira” aqueles mocinhos de romances medievais, que adoram dar ordens e que querem que sua vontade seja lei. É, ele me surpreendeu! Já Hayley, nossa, ela dá umas mancadinhas que aff, tiram do sério. Numa cena eu tive vontade de dar um sopapo nela e dizer: será que você não aprendeu nada???

Lírio Vermelho, de Nora Roberts (Bertrand Brasil, 336 páginas, R$ 39,90) , mistura ação e romance com um toque assustador.  Nora, como sempre, fechou mais uma trilogia de forma brilhante. Ela é mestre em criar histórias envolventes e personagens pelo quais nos apaixonamos. E, ela ainda consegue acrescentar um toque sobrenatural que por mais louco que seja, é bem incrementado. 

Não importa onde a história se passe, seja no Alasca, na Irlanda ou em Memphis, Nora Roberts sempre cria histórias que agradam!

Trilogia das Flores
2. Rosa Negra


Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL