twitter
RSS

Vida Assistida - Tess Gerritsen

>> quarta-feira, 18 de julho de 2012




"Posso sair daqui agora e ser atropelado por um ônibus. 
A vida é assim. 
Sobreviver a um dia tem seus riscos."


Quando eu li Gravidade, Tess Gerritsen ganhou um novo fã. A habilidade na escrita dessa mulher é demais. Sabe quando você vê um trabalho de uma pessoa e pensa assim: "Poxa, ela é especialista no que faz!"? É assim que me sinto ao ler um livro dela. Ela consegue me prender de um jeito incrível, mesmo em partes corriqueiras da história. Dessa vez ela me surpreendeu com Vida Assistida (Record, 400 páginas, R$ 42,90) , um thriller médico de excelência. Tinha um bom tempo que eu não lia um thriller médico, o último que li foi um do Robin Cook. Vejo que a Tess é tão boa quanto ele e sem precisar imitá-lo. Sua personagem, Toby Harper, é tão completa que você esquece que é uma personagem. Mas, vamos a resenha que é o mais importante.

Tudo acontecia tranquilamente no plantão noturno do Hospital Springer, onde a Toby trabalha, até um paciente muito estranho dar entrada na emergência. Harry Slotkin está mentalmente confuso, nu e apresentando convulsões. Os procedimentos padrões são adotados, mas nenhum diagnóstico preliminar foi dado. Com a chegada de um paciente em estado crítico, Toby o deixa sozinho. Quando retorna a sala para atendê-lo novamente, ele havia fugido e não foi encontrado em nenhuma parte do hospital. 

Esse incidente desencadeia sucessivos problemas na vida de Toby. Seu emprego no hospital é colocado em xeque, a saúde de sua mãe vai piorando (ela tem Alzheimer), ela briga com a irmã, etc. Tudo parece dar errado em sua vida.

As coisas vão ficando mais estranhas quando um outro paciente dá entrada com os mesmos sintomas. Dessa vez Toby fica de olhos nele, mas não consegue fazer muita coisa, pois o médico particular do paciente assume a responsabilidade sobre ele. Mas ainda assim Toby acha esquisito e começa a investigar o caso, pois acha estranho o médico impedir que a autópsia seja feita.

Um livro original com muito mistério, conspiração e medo. A Tess conseguiu com maestria e autenticidade montar um quebra-cabeças em que, a princípio, parece não se encaixar, mas que no final, todas as peças se encaixam perfeitamente. Confesso que ela conseguiu me enganar direitinho, só não digo o motivo porque eu teria que revelar detalhes importantes da trama.

Eu gosto sempre de apontar um negativo de um livro nas minhas resenhas, mas juro que não encontrei nenhum nesse livro. O livro tem pouquíssimos erros gramaticais, acho que só encontrei dois durante a leitura, mas isso de modo algum estraga a história. Eu indico esse livro a todos, pode comprar que você não se arrependerá.  


LAERTE LOPES



PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL