twitter
RSS

O que voce não me pede chorando, que eu não faço sorrindo?

>> domingo, 11 de dezembro de 2011

Esse post é dedicado à minha amiga Caroline Santos, do blog Mulheres Românticas.

Carol é uma entusiástica da cultura e ficou 'doida' quando viu o lançamento do Dicionário Yorubá-Português, de José Beniste (Bertrand Brasil, 820 páginas, R$ 69,00). Juro, pessoal!

Ela até mandou um texto para eu publicar aqui no blog, rs.




Como uma boa "Menina da Bahia" - na verdade ela é de Sergipe, mas enviou o texto como se fosse 'eu' - não podia deixar de conferir o lançamento da Bertrand Brasil, o Dicionário Yorubá-Português, pois a Bahia é onde as religiões de matriz africana tem atuação mais marcante.
É nesse livro que vamos entender expressões como Exu e outros 18 mil verbetes, além de compreender o preconceito que os praticantes do Candonblé - quem mantém a língua ativa no Brasil - sofrem. O dicionário não é um simples livro de consulta, mas uma obra para compreendermos um pouco da religião que influencia a cultura baiana.
        
Avisei: Carol não é do Candomblé, mas é uma entusiástica da cultura em geral.

Então, #ficadica! Nada de preconceito :)
Photobucket




PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL