twitter
RSS

Antes que eu vá - Lauren Oliver

>> terça-feira, 20 de setembro de 2011



Resenha by Felipe Williams:

O que estou querendo dizer é: talvez você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo que você pode se banhar nele, girar, deixar correr como moedas entre os seus dedos. Tanto tempo que você pode desperdiçar. Mas para alguns de nós só existe hoje. E a verdade é que nunca se sabe.
Pág. 205

Confesso que fiquei muito tocado como o livro Antes que eu vá, de Lauren Oliver (Intrínseca, 368 páginas, R$ 39,90).  Na verdade, o livro me deixou com um enorme vazio. 

Samantha Kingston é aquela típica garota popular americana. Mas a infância dela não foi fácil. No passado foi vítima de bullying e recebia apelidos muito maldosos dos seus colegas. Isso aconteceu até conhecer a garota mais popular do colégio – A Lindsay- e virarem grandes amigas, deixando de ser alvo de piadinhas.

... A questão é: Nós podemos fazer coisas desse tipo. Sabe por quê? Porque somos populares. E somos populares porque podemos sair ilesas de tudo. Então é um ciclo vicioso.
Pág. 17

As meninas usavam a sua popularidade para cometer várias atrocidades no colégio, como perturbar os professores, matar aula, humilhar os alunos que - na mente delas - eram fracassados. E é claro, nunca tinham uma devida punição em cima delas. Tudo isso se seguiu até o dia 12 de fevereiro. Sam sabia que o dia do cupido, na escola, era uma prova da superioridade das meninas, já que elas recebiam muitas rosas dos amigos e dos namorados.

Os fracassados não recebiam nada. E quem disse que elas estavam preocupadas com isso? As garotas eram cruéis e faziam de tudo para conseguirem o que queriam. Tudo corria bem nesse dia, até Sam morrer. Mas o inesperado acontece: ela acorda novamente no dia 12 de fevereiro. Todas as decisões que a Sam toma, modifica totalmente o cenário a sua volta.  Esse aspecto é bem parecido com o Filme “Efeito Borboleta”. A partir dos erros cometidos, é que ela trilha um caminho para tentar consertar o que fez.

O livro toca em um assunto que está muito comentado atualmente: bullying. No livro e na realidade, percebemos que bullying pode chegar a circunstâncias muito graves.

No avanço da leitura, você chora, ri e torce pela Samantha Kingston. A personagem sofre uma mudança interior muito grande e conquista o leitor. É um livro excelente para vermos que as ações que tomamos no dia a dia podem influenciar o nosso futuro.


Super recomendo a leitura!
Photobucket

PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL