twitter
RSS

Rostinho Bonito - Mary Hogan

>> quarta-feira, 3 de agosto de 2011



“Seu corpo é perfeito, porque ele é a sua única casa”
Pág. 224


Ouwn, esse livro é tão fofo! Estou encantada pelos personagens e pela Itália.

Hayley está um pouco acima do peso, é gordinha. Nenhum garoto da sua escola a acha sexy, na verdade,... É aquela história de sempre, eles dizem que você tem um rostinho bonito, querem sua ajuda para passar nas provas e viram seu amigo. Afinal, você é apenas a garota inteligente de rostinho bonito, não a garota popular com o corpo de arrastar quarteirão.

A mãe de Hayley é paranóica com calorias. Tudo é controlado. Ela não aceita que sua filha tenha um corpo cheinho, não quando ela é rigorosa com a alimentação. Justamente por isso, pela comida de casa ser tão sem graça, que Hayley come escondido, na escola, no shopping, no cinema.

O pior, essa pressão toda só faz Hayley querer comer mais e mais. Ela é apaixonada por seu ‘melhor amigo’ homem e, quando está para se declarar, descobre que ele é apaixonado por sua melhor amiga. E agora?

Hayley é apaixonado por Drew, que é apaixonado por Jackie. Drew e Jackie são as duas pessoas que ela mais ama na vida. Como resolver a situação sem magoar eles e, principalmente, sem se magoar?

A salvação vem da mãe. Férias na Itália. A mãe percebeu que toda essa pressão, de ter um corpo perfeito, está afetando ela, e toma essa resolução. Hayley não entende muito, Itália, a terra da massa... Sua mãe surtara?

TUDO acontece em Elizabethtown na Itália. Hayley floresce, perde peso, se apaixona.

Eu. Hayley. A garota gorducha com o rostinho bonito. Hoje, me sinto linda.
Pág. 168
Eu sou Hayley: triste às vezes, feliz a maior parte do tempo, com fome ocasionalmente, cheia de determinação e curvas, inteligente, engraçada e (finalmente) capaz de sentir – sentir de verdade – um amor sincero. Genuíno, profundo, autêntico e totalmente verdadeiro.
Sou eu mesma: a garota do rostinho bonito.
Pág. 231
EU me apaixonei pela Itália. A descrição da comida, cheiros e sabores. A paisagem. As cores. Tudo é detalhado com tanto amor e zelo que você nem percebe que está lendo. É um verdadeiro tour virtual pela vida italiana, principalmente da pequena cidade de Assis.

Recomendo.

Se comer é se apaixonar, acabo de conhecer a refeição com quem pretendo me apaixonar.
Pág. 115

É fácil ver porque alguns dos maiores pintores do mundo são italianos – diz ela. – Olhem o que eles têm como inspiração.
Pág. 140

Como é viver em um país tão cheio de História? – pergunto.
- Triste- responde ele. – O mundo inteiro vem visitar, mais ninguém fica.
Pág. 200

Rostinho Bonito, de Mary Hogan (Galera Record, 240 páginas, R$ 29,90).

Photobucket
PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL