twitter
RSS

Como falar dragonês - Cressida Cowell

>> quarta-feira, 1 de dezembro de 2010




"Se você ainda não conhece Soluço, 
está perdendo uma das melhores criações da literatura para crianças."
The Guardian


Soluço Spantosicus Strondus III era garoto magricela, filho do chefe, nada dava certo para ele, ele não era heroi e também não sabia domar um dragão. Mas não é que Banguela, o dragão, virou seu amigo e comparsa de atrapalhadas aventuras? E ele virou um heroi?

Depois, os dois rumaram numa jornada de caça ao tesouro. Agora, ao treinarem sobre como abordar uma nau inimiga, se deparam com inusitados monstros do mar, como os dragões-tubarões, que são uma espécie de dragão parecida com tubarão.

Soluço não estava tão apreensivo, afinal era capaz de entender dragonês, graças às anotações feitas em seu manual de Como falar dragonês. Mas Perna-de-Peixe estava apavorado. O barco seria todo comido!

Ao procurar um barco de pescadores pacíficos acabam adentrando num navio romano. E a grande aventura está para começar...

Banguela é seqüestrado. E dará um dragão-show. Perna-de-Peixe também é sequestrado e obrigado a dividir os aposentos com uma garota estilo machomen, cujo nome não poderia ser outro: Camicazi (rs).

Confesso que série infantil não é meu forte. Não tenho filhos ou sobrinhos pequenos. Mas tenho certeza que essa série ficará guardada para quando os tiver. Fácil, engraçada, cheio de desenhos originais, Como falar dragonês, de Cressida Cowell (Intrínseca, 240 páginas, R$19,90) é um livro mágico para a garotada.

Falando em originalidade o cardápio de sua obesidade, o Cônsul Gordo é 'esplendoroso'! Só para terem ideia, um dos pratos principais é reptilbúrguer duplho com queijo extra e oicadinho de pinguim,. E a sobremesa, Crème brûlée de Pesadelo Monstruoso.

No fim há uma dica importante: Não gosto de finais felizes. Eles são muito perfeitos, tudo certinho. Eu gosto de apimentar um pouco minhas histórias. Portanto, esse não é um final feliz. É só um até-logo-mais-daqui-a-pouco... Palavra que em dragonês, significa  a história continua...”

O 4° volume da série é Como quebrar a maldição de um dragão.

Photobucket



PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL