twitter
RSS

FLIP e Bienal do Livro de São Paulo

>> terça-feira, 17 de agosto de 2010

Mês de agosto foi um mês muito feliz pra quem gosta de ler. Teve a FLIP, no estado do Rio de Janeiro e está acontecendo a Bienal do Livro, em São Paulo. Como aficionada por livros não poderia ficar de fora.

FLIP - Festa Literária Internacional de Paraty

A grande sensação da FLIP foi a Isabel Allende, que promoveu seu mais novo lançamento A Ilha sob o Mar, pela editora Bertrand Brasil. Olha meu exemplar autografado!!! É meu chamego, do verbo intocável! rs 



Esse livro é um dos livros mais vendidos das últimas semanas, segundo a Livraria da Folha. E um dos dez mais vendidos, do Grupo Editorial Record, na Bienal de Livros de São Paulo.

"Nos Estados Unidos e na Europa não é 'pecado' vender livros. No Chile, sim. Se você vende livros, seus colegas vão odiá-lo", disse Allende.  (via Livraria da Folha)

Infelizmente, não pude ir à Paraty, mas a escritora baiana Miriam Sales, foi e cumpriu a promessa que fez: foi com a camisa que lhe dei de presente, do Quincas Berro D’Água.



21º Bienal do livro de São Paulo


Como perdi a FLIP, não poderia deixar de ir à Bienal. Fui na sexta-feira e retornei na madrugada de ontem. Foi o melhor fim de semana do ano!!!! Conheci tanta, mas tanta gente legal. Ganhei lembranças. Chorei, ri. Me diverti demais. E claro, comprei livros, prestigiei autores.

Tudo começou quando em março, quando resolvi passar uma semana no Rio de Janeiro, ao invés de visitar minha amiga La Sorcière, em SP. Assim, tive que prometer que em agosto, durante à Bienal, iria visitá-la. Comprei as passagens. Conversa vai, conversa vem, enchi a paciência da Luka e Liliana para irem também. Depois Adriana, dos skoobers SP, marcou encontro na bienal. A notícia correu a blogosfera e vários blogueiros confirmaram presença. Postei a relação aqui.



A Luka saiu de Natal, Liliana de Fortaleza, eu da Bahia e os gêmeos do Sobre Livros do RS. A festa começou ainda no desembarque, em Guarulhos. La Sorciére foi nos encontrar.

Dia 13 foi super tranquilo, era uma sexta-feira. Quem fosse fantasiado teria entrada free. Nossa, foi super legal, tinha tropper, homem do saco, loira do banheiro, Robin Hood, ...



À noite teve sessão de autógrafos com Conn Iggulden, no stand do Grupo Editorial Record. Ele é lindo (viu Sol? não chamei de velho feio, rs) e super simpático. Atencioso, perguntou se no meu nome tinha mesmo acento. Não queria errar. Esse livro vai pra lista dos intocáveis, também!



Dia 14.... dia 14 ficará para um outro dia, teve encontro com blogueiras, anjo, autógrafos com escritores nacionais, teve balada... Teve despedida e muito choro, também!



Photobucket

PhotobucketRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL