twitter
RSS

Post-Mortem - Patricia D. Cornwell

>> segunda-feira, 14 de dezembro de 2009




Dra Kay é a médica legista encarregada da autopsia de série de assassinatos. Mas Kay, é uma daquelas pessoas que querem fazer a diferença, e com isso ela tenta extrair o máximo de informações que puder dos corpos. Ela chega até a traçar um perfil psicológico do assassino.

Todo serial killer tem um padrão, mas a polícia não conseguiu descobrir qual ainda, pois ele mata mulheres de todas as raças e origens, mulheres com trabalhos diferentes, níveis sociais diferentes.

Kay descobre o padrão. E pior descobre quem é o assassino. E agora só lhe resta uma alternativa: conseguir continuar viva.

Recomendo, sob uma ressalva: o livro é bom, mas tem muitos livros policiais bem melhores do que esse.


Resumo:

É um homem metódico, disciplinado, bárbaro: mata por prazer. As pistas até ele se perdem pelas ruas. A doutora Kay Scarpetta, médica-legista, examina as vítimas, mulheres que não podem lhe dizer nada a não ser pelos vestígios que trazem no corpo. E no corpo delas há um brilho produzido por alguma substância química. Qual? A doutora Scarpetta precisa descobrir logo, se quiser evitar a próxima vítima. E precisa conviver com a contradição: usa em suas autópsias os recursos mais avançados da ciência e da tecnologia, mas esse aparato se destina a penetrar em mentes tão perturbadas que parecem aquém de toda humanidade. Em outro plano, precisa lidar ainda com o fato de que alguém próximo, mas interessado em destruir sua carreira, está sabotando a investigação.

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Muito Obrigada pela visita, e te espero no próximo post!

Arquivo

Experimente!

Link-me

Creative Commons License
Menina da Bahia licenciada sob uma Licença Creative Commons

  © Menina da Bahia - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL